Chelsea e West Bromwich Albion empatam em Stamford Bridge

Gol de Gardner que empatou o jogo pela primeira vez (Foto: Premier League)
Gol de Gardner que empatou o jogo pela primeira vez (Foto: Premier League)

Em partida válida pela 21ª rodada da Premier League, o Chelsea recebeu na tarde de hoje (13) o West Bromwich Albion, no Stamford Bridge. O jogo terminou em 2 a 2 com gols marcados por Azpilicueta e McCauley (contra) para o time da casa e Gardner e McClean para o time visitante. Após voltar de lesão, Nemanja Matic retornou ao time principal, assim como o atacante Loïc Rémy, porém são reservas. O time de Guus Hiddink só teve três mudanças em relação ao da última partida, alterando Asmir Begovic por Thibaut Courtois, Gary Cahill substituído por John Terry e Ramires no lugar de John Obi Mikel. Hazard, ainda machucado, não tem previsão para volta.

A equipe caseira começou o jogo em 14º lugar na tabela da Premier League, buscando a reabilitação da boa fase. Não muito distante estava o West Brom, com apenas três pontos a mais e na 12ª colocação. As casas de aposta indicavam um largo favoritismo para o time da casa, que tinha todas as condições possíveis de vencer a partida e começar, de fato, a sua reação no campeonato, mas não podia subestimar seu rival.

Primeiro tempo polêmico e melhor para o time visitante

Logo no começo, a primeira jogada ofensiva foi do Chelsea. Após toque de Fàbregas, Costa partiu para cima da defesa do West Brom e chutou forte, porém a bola foi para fora. Instantes depois, o time visitante deu as caras: após cruzamento efetuado com muito espaço na ala esquerda do Chelsea, McClean cabeceou livre, mas sem perigo para Courtois.

No minuto sete, Willian fez boa jogada individual e fuzilou cruzado de fora da área. O melhor jogador da temporada fez a bola passar muito perto do gol defendido por Myhill na segunda boa bola trabalhada pelo Chelsea.

Após isso, o West Bromwich Albion começou a atacar e fez o time da casa recuar suas linhas e fazendo Courtois trabalhar na partida. O jogo estava franco até os 20 minutos. Nesse minuto, Ivanovic cruzou rasteiro do lado direito do campo para Azpilicueta completar e fazer o 1 a 0 para os Blues.

No minuto seguinte, Pedro saiu jogando errado e Fletcher roubou a bola. Gardner recebeu e chutou rasteiro de longe, fora da área. Courtois não foi capaz de alcançar e aceitou o primeiro gol dos visitantes. A equipe de West Bromwich não tinha muita posse de bola, mas oferecia perigo excessivo ao time azul real.

A equipe de fora continuou atacando a frouxa defesa do Chelsea. Fletcher esteva muito bem no jogo, explorando espaços e tocando a bola. Numa jogada, ele tocou para Rondón, que chutou alto de fora da área, passando a pouco do gol do time da casa, sem eficiência no ataque.

No último lance do primeiro tempo, já nos acréscimos, o West Bromwich bateu uma falta perto do fim do tempo extra. Na sobra, Willian armou um contra-ataque e o juiz, polemicamente, decretou o final do primeiro tempo com Azpilicueta avançando com a bola nos pés e em vantagem numérica. Fim da primeira etapa com o placar mostrando 1 a 1 e um lance polêmico para a conta de Anthony Taylor.

Segunda etapa movimentada e o empate no placar

No intervalo, Kenedy substituiu Pedro para sua sexta aparição no time do Chelsea. No primeiro lance, Willian reclamou de um toque de mão de McClean, mas o árbitro não apitou a favor do time da casa. A jogada continuou e Ivanovic conseguiu um escanteio. Na cobrança, Olsson escorou de cabeça dando outra oportunidade para os Blues. Na nova batida, Myhill ficou com a bola após sofrer falta de Oscar.

Diego Costa, sempre agressivo, recebeu o seu oitavo cartão amarelo na Premier League e o décimo em todas as competições. A equipe visitante continuou em cima. Rondón cruzou para McClean e o mesmo cabeceou para o gol, mas parou em Courtois. Aos 56, em boa jogada, Kenedy avançou e Claudio Yacob puxou Diego Costa fora do lance da bola, passível de expulsão. Yacob, já amarelado, foi pressionado pela expulsão, mas o juiz não fez assim. Marcou apenas a falta, desperdiçada por Willian.

Com medo de ficar com um jogador a menos em campo, Pullis substituiu Yacob (sob vaias) por Saido Berahino. O Chelsea tinha dificuldades para vencer uma equipe de meio de tabela em seus próprios domínios. O jovem inglês recebeu uma boa bola em mesmo número com os jogadores defensivos do time da casa e tentou bater para o gol, mas a bola bateu em seu companheiro McClean e foi para a linha de fundo. O último expressou grande indignação com o ocorrido.

A equipe do Chelsea finalmente foi para cima, mas ainda sem resultados. Ivanovic sofreu roubada de bola e ocasionou conta-ataque. Berahino avançou sobre Zouma e conseguiu escanteio. Na cobrança, a bola ficou viva dentro da área e Courtois saiu estranho. Na sobra, McClean pegou estranho e a bola foi para fora, para a sorte do goleiro belga.

Momento do gol contra de McAuley (Foto: Kevin Quigley)
Momento do gol contra de McAuley (Foto: Kevin Quigley)

No lance seguinte, Fàbregas lançou Willian na direita, o brasileiro cruzou para outro brasileiro: Kenedy. A bola foi para o fundo das redes e o Chelsea desempatou o jogo. A Premier League reconheceu como gol contra de McAuley, apesar do desvio do jovem jogador do Brasil, que teria feito seu primeiro gol na Premier League (e ele comemorou como se fosse dele).

Os Blues acordaram. Diego Costa foi para cima e chutou cruzado, obrigando Myhill a fazer boa defesa. No rebote, a defesa do West Brom afastou. No minuto 80, após receber a bola, Kenedy girou, ganhou de vários jogadores e chutou forte de fora da área, assustando o guarda-redes do time do West Brom. Grande esforço para boa jogada do brasileiro.

A equipe visitante começou a apertar a marcação e avançar sua marcação. Aos 84, Azpilicueta cometeu falta em McClean e entrou na lista de amarelados do juiz. No decorrer do lance, McClean chutou para o gol após sobra de defesa no canto de Courtois para empatar novamente o jogo em 2 a 2.

Sérios problemas defensivos do time de Stamford Bridge. Frente a falta de reação do time, a torcida entoou “José Mourinho” nos arredores do estádio. Após decisões duvidosas de Anthony Taylor, a partida terminou em 2 a 2. Daqui há três dias (16), o Everton será o adversário do Chelsea no estádio do time londrino, com cobertura do Chelsea Brasil.

Chelsea (4-2-3-1): Courtois (g); Ivanovic, Zouma, Terry (c), Azpilicueta; Mikel, Fabregas (77′ Matic); Willian, Oscar, Pedro (46′ Kenedy); Costa;

Substitutos não utilizados: Begovic (g), Cahill, Loftus-Cheek, Ramires, Rémy;

Técnico: Guus Hiddink.

West Bromwich Albion (4-4-1-1): Myhill (g); Dawson, McAuley, Olsson, Evans; McClean, Yacob (58′ Berahino), Fletcher (c), Brunt; Morrison (6′ Gardner); Rondón (66′ Sessegnon);

Substitutos não utilizados: Foster (g), Anichebe, Chester, McManaman;

Técnico: Tony Pullis.

Cartões amarelos: Yacob (24′ WBA), Costa (49′ CHE), Myhill (68′ WBA), Courtois (69′ CHE), McClean (69′ WBA);

Estádio: Stamford Bridge (Londres, Inglaterra);

Público: 40.945;

Árbitro: Anthony Taylor.

Category: Competições

Tags:

Article by: Luis Felipe Zaguini

Doente pelo Chelsea.