Lampard e Zouma

Chelsea vira contra o Leeds e chega à liderança

O Chelsea venceu o Leeds United por três a um de virada em Stamford Bridge. Os gols foram marcados por Patrick Bamford para o Leeds e Olivier Giroud, Kurt Zouma e Christian Pulisic para os azuis de Londres. O duelo marcou o retorno da torcida dos Blues ao Stamford Bridge, o que animou os jogadores e deu outra atmosfera ao confronto. Foram dois mil presentes nas arquibancadas.

Primeiro tempo equilibrado

O clube chegava para a partida invicto há oito jogos na Premier League, com apenas o Tottenham tendo uma sequência de invencibilidade mais longa (nove). Além disso, nenhum time da divisão manteve mais jogos sem sofrer gols do que os comandados de Frank Lampard, com cinco.

Já o Leeds havia vencido três de seus cinco jogos fora de casa nesta temporada. Eles conseguiram clean sheets em todas essas três vitórias.

O primeiro tempo começou intenso, com Ziyech e Giroud quase abrindo o placar nos primeiros segundos. Porém, foi Patrick Bamford que marcou para o Leeds aos quatro minutos após desentendimento entre Zouma e Mendy. O atacante recebeu ótimo passe de Kalvin Phillips e driblou Mendy para fazer um belo gol.

Bamford comemora
A “lei do ex” deu as caras em Stamford Bridge com gol de Bamford (Foto: AP)

Na sequência, Robin Koch se machucou e teve que ser substituído por Diego Llorente. Aos nove, Werner perdeu uma chance inacreditável embaixo da trave após assistência de Giroud para o desespero dos torcedores presentes.

Aos 20, Giroud perdeu nova chance após erro do goleiro Meslier na saída de bola. Cinco minutos depois, Bamford chutou de fora da área para defesa tranquila de Mendy.

Foi então que, aos 26, Ziyech fez linda jogada e rolou para James cruzar no pé de Giroud, que apareceu na primeira trave para empatar o jogo para o Chelsea.

Giroud e James comemoram

Infelizmente, o marroquino sentiu uma dor muscular e foi logo substituído e aplaudido pelos torcedores em sua saída. Ele deu espaço para Pulisic no ataque.

O Chelsea seguiu pressionando o resto do primeiro tempo, mas não conseguiu criar muitas outras chances. O Leeds, como era de se esperar, tentou jogar ofensivamente e criou algumas oportunidades.  O destaque positivo para o Chelsea foi Giroud, que participou muito. Negativamente, pode-se destacar Havertz, que parecia fora de sintonia com o time.

Segundo tempo no mais alto nível

No início do segundo tempo, James bateu falta e Havertz cabeceou para fora em uma boa jogada ensaiada. Aos 55, após cobrança de escanteio ensaiada, Raphinha chutou de primeira e obrigou Thiago Silva a tirar  a bola quase em cima da linha. A bola ainda voltou para o atacante brasileiro outra vez, mas o segundo chute foi por cima do gol do Chelsea.

Aos 60, Mason Mount cobrou escanteio na direção de Zouma, que subiu com muita impulsão e virou o jogo para os Blues em uma linda cabeçada. A equipe começou o segundo tempo com muita intensidade e fez por merecer o segundo gol. Em termos de marcação, a pressão do time de Lampard melhorou muito em relação ao primeiro tempo.

Kovacic substituiu Havertz aos 66. Foi um jogo decepcionante do alemão que recentemente contraiu coronavírus e ficou um bom tempo parado.

O jogo seguiu com algumas chances não aproveitadas por Pulisic, Mount, Werner e Giroud. Thiago Silva, por sua vez, foi brilhante o jogo inteiro. É impressionante o nível do brasileiro mesmo estando com 36 anos de idade. Desarmes, interceptações, força no jogo aéreo, ele tem tudo isso e muito mais.

Giroud, que teve grande atuação, foi substituído por Abraham aos 79 e recebeu muitos aplausos da torcida.

Torcida de volta
Dois mil torcedores puderam assistir ao jogo nas arquibancadas para deixar a atmosfera mais animada (Foto: Getty Images)

No final do jogo, Werner fez ótima jogada pela direita e cruzou para Pulisic fechar o placar e colocar o time na liderança da Permier League, mesmo que provisoriamente.

Dessa forma, o Chelsea chegou aos 22 pontos, enquanto Liverpool e Tottenham estão com um ponto e um jogo a menos. Já o Manchester United também tem um jogo a fazer, mas está com 19 pontos.

Próximos jogos

A próxima partida será contra o Krasnodar pela UEFA Champions League. O encontro ocorrerá na terça (08), às 17 horas (horário de Brasília). Os Blues já estão com o primeiro lugar do grupo E garantido e devem poupar vários titulares.

Já pela Premier League, o próximo jogo será contra o Everton em Goodison Park. A partida irá acontecer no dia 12 de dezembro às 17 horas.

Ficha técnica

Chelsea: Mendy, James, Zouma, Thiago Silva (cap), Chilwell, Havertz (Kovacic 66, Kanté, Mount, Ziyech (Pulisic 30), Giroud (Abraham 79), Werner

Reservas: Kepa Arrizabalaga, Rüdiger, Azpilicueta, Jorginho

Técnico: Frank Lampard

Cartões amarelos: –

Leeds United: Meslier, Ayling, Koch (Llorente 9), Cooper, Dallas, Raphinha, Klich, Phillips, Alioski (Rodrigo 69), Harrison (Poveda-Ocampo 58), Bamford

Reservas:Roberts, Casilla, Helder Costa, Struijk

Técnico: Marcelo Bielsa

Cartões amarelos: Llorente

Informações do jogo

Data: 05/12/2020

Horário: 17h (horário de Brasília). Transmissão do DAZN

Competição: 11ª rodada da Premier League 2020/21

Local: Stamford Bridge, em Londres

Árbitro: Kevin Friend

Assistentes: Simon Beck, Scott Ledger

Quarto árbitro: Simon Hooper

VAR: Michael Oliver

Assistente VAR: Constantine Hatzidakis

Category: Competições

Tags:

Article by: Bruno Pizarro

Jornalista Esportivo que acredita no desempenho acima do resultado. Entusiasta da Premier League e apaixonado pelo Chelsea Football Club desde a infância. Siga-me no Instagram: brunosafortes