Chelsea foi goleado em casa

Chelsea joga mal e é goleado em casa pelo West Bromwich

Caiu a invencibilidade de Thomas Tuchel no Chelsea e não foi com uma derrota qualquer. Os Blues perderam para o West Bromwich por 5 a 2, em casa. O gols dos Baggies foram marcados por Matheus Pereira (2x), Callum Robinson (2x) e Diagne, Christian Pulisic e Mason Mount descontaram para o lado londrino.

Os destaques da partida foram Matheus Pereira e Callum Robinson que marcaram dois gols cada e castigaram a defesa que vinha de ótimo desempenho. Em dois encontros contra o West Brom, o Chelsea levou oito gols, quatro deles de Robinson. A performance de Matheus não fica atrás, ele deu três assistências.

A derrota dos Blues faz com que o time estacione nos 51 pontos, mas abra a possibilidade de ser ultrapassado por West Ham e Tottenham que ainda jogam amanhã e na segunda-feira. Agora, eles se concentram no duelo contra o Porto, pelas oitavas de final da UEFA Champions League, na próxima quarta-feira (7).

Chelsea começa bem, mas Matheus Pereira muda o jogo

Os prognósticos davam amplo favoritismo ao time londrino no jogo. Isso por que eles enfrentavam o décimo nono colocado, que está virtualmente rebaixado. E a partida começou dessa forma, com os Blues tendo controle das ações iniciais, com mais posse de bola e empurrando o adversário para seu campo.

Entretanto, os 66% de domínio da bola não se concretizava em chances claras. O gol de Pulisic saiu aos 27, após rebote da cobrança de falta de Marcos Alonso. Ali, parecia que a partida estaria controlada e que os londrinos seriam senhores do jogo. Ledo engano. Dois minutos depois, Thiago Silva recebeu injustamente o segundo cartão amarelo e foi expulso e, a partir disso, tudo mudou.

Tuchel teve que recompor a defesa e lançou Christensen no lugar de Ziyech, que mostrou clara chateação ao sair. Mesmo após a expulsão, o Chelsea ainda teve um certo controle e não sofreu tanto com as ações adversárias. Foi nos acréscimos da etapa iniciou que os Baggies conseguiram o empate.

Após lançamento de Sam Johnstone, Zouma errou o tempo de bola e Matheus Pereira saiu livre para dar um toque por cima de Mendy e deixar tudo igual. Dois minutos depois, Jorginho errou na saída de bola, Matheus recebeu na entrada da área, cortou e bateu para dar números finais no primeiro tempo.

Time aberto e carrascos definem

Na segunda etapa, Tuchel lançou Mason Mount no lugar de Pulisic para tentar ter mais controle do meio de campo. Funcionou inicialmente. O Chelsea tinha mais a bola no começo e tentava chegar, porém, com um a menos o time ficava mais exposto nos contra-ataques.

Dessa forma, o meia brasileiro do West Brom deitou e rolou. Ele tinha espaço partindo da ponta direita para o meio e conseguiu criar muitos lances de perigo. Aos 18 do segundo tempo, Callum Robinson recebeu de Furlong e bateu de primeira, sem chances para Mendy.

Cinco minutos depois, Matheus Pereira achou Diagne livre para bater cruzado e ampliar a diferença. O gol de Mason Mount deu um respiro e um fio de esperança. A entrada de Kai Havertz, no lugar de Jorginho demonstrava que Tuchel queria buscar o resultado, mas de nada teve efeito. Ao contrário, abriu mais espaço e, em mais um contra-golpe, Matheus Pereira achou Callum Robinson que tocou por cima de Mendy e deu números finais ao jogo.

Ficha Técnica

Evento: Chelsea 2×5 West Bromwich

Competição: Premier League – Rodada 30

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Thiago Silva, Zouma; James, Kovacic, Jorginho (Havertz), Alonso; Ziyech (Christensen), Pulisic (Mount) e Werner – Thomas Tuchel

Gols: Pulisic (27′) e Mount (71′)

Cartões Amarelos: Thiago Silva 2x e Kovacic

Cartões Vermelhos: Thiago Silva

West Bromwich: Johnstone; Furlong, O’Shea (Ivanovic, depois Callum Robinson), Bartley, Ajayi, Townsend; Yokuslu, Maitland-Niles, Phillips (Livermore), Matheus Pereira; Diagne – Sam Allardyce

Gols: Matheus Pereira (47′ e 49′), Callum Robinson (63′ e 91′) e Diagne (68)

Arbitragem: David Coote

Category: Competições

Tags:

Article by: Cleisson Lima

Tio do Júlio César, Estagiário de Redação na Rádio Transamérica, e Chefe de Redação no Futebol das Gerais. O caminho é um só...