Na Europa, Fàbregas destaca-se pela Seleção Espanhola; confira o desempenho de outros blues selecionáveis

Fàbregas destacou-se pela Espanha (Foto: Chelsea FC)
Fàbregas destacou-se pela Espanha (Foto: Chelsea FC)

No continente europeu, a semana foi marcada por amistosos das seleções já classificadas para a Euro 2016 e por partidas de play-offs, de outras que ainda lutam por uma vaga na competição. Assim, em jogos amistosos, Espanha e Bélgica venceram, enquanto a Bósnia e Hezergovina conquistou um importante empate no play-off, já no final da partida.

A Bósnia, de Asmir Begovic, atuou em casa contra a Irlanda e empatou por 1×1. Robbie Brady abriu o placar para os irlandeses, oito minutos antes do fim da partida, mas, imediatamente Edin Dzeko conseguiu o empate para os donos da casa, que voltam a entrar em campo na segunda-feira (16).

Leia também: Pelas equipes de base de Inglaterra, Escócia e Polônia, garotos do Chelsea se destacam

Já a Espanha enfrentou a Seleção Inglesa em partida amistosa e saiu vitoriosa; destaque para Cesc Fàbregas, que criou a assistência para o primeiro gol hispânico, na vitória por 2×0. Assim como o camisa 4 dos Blues, Diego Costa foi titular, mas não conseguiu marcar, a despeito de ter tido boas oportunidades, nas duas etapas da partida, antes de ser substituído por Juan Mata, no minuto 64.

Cesar Azpilicueta e Pedro Rodríguez também estiveram em campo, mas apenas nos minutos finais. Por outro lado, Gary Cahill atuou pela Seleção Inglesa, mas apenas nos cinco minutos finais, substituindo Chris Smalling.

Pela Bélgica, Eden Hazard foi o capitão de uma equipe que venceu bem a Seleção da Itália, em amistoso de preparação para a Euro 2016. Apesar de os italianos terem saído em vantagem, logo no início da partida, com gols de Jan Vertonghen, Kevin De Bruyne e Michy Batshuayi, a Bélgica virou a partida e venceu. Hazard atuou nos 90 minutos.

Bélgica e Espanha se enfrentam na próxima terça-feira (17).

Também em partida amistosa, Branislav Ivanovic e Nemanja Matic representaram a Seleção Sérvia na derrota pesada, por 4×1, contra a República Tcheca. O lateral direito foi o capitão de sua seleção e atuou como zagueiro. A dupla do Chelsea foi titular e disputou toda a partida.

Nas Eliminatórias da América do Sul, Willian representa o Brasil

Na América do Sul, Willian representou a Seleção Brasileira no empate por 1×1 contra a Argentina, fora de casa. O camisa 22 do Chelsea atuou durante os 90 minutos e viu Lucas Lima empatar a partida para o Brasil, após Ezequiel Lavezzi ter aberto o placar para os donos da casa.

Oscar ficou no banco de reservas e os ex-blues Filipe Luís e David Luiz foram titulares, com este último tendo sido expulso ao final partida, recebendo dois cartões amarelos em dois minutos.

Category: Competições

Tags:

Article by: Wladimir de Castro Rodrigues Dias

Advogado graduado pela PUC Minas, mestrando em Ciências da Comunicação (Universidade do Minho), 24 anos. A preferência é o futebol bretão, mas me interesso pelo esférico rolado em qualquer terra. Desde a infância, tenho no atacante Marques e no argentino Pablo Aimar referências; o melhor jogador que vi jogar foi o lúdico Ronaldinho Gaúcho, na temporada 2004/05. Também no O Futebólogo, no Doentes por Futebol e na Corner.