Chelsea enfrentou o West Ham na Premier League

Chelsea vence West Ham na Premier League

O Chelsea venceu a sétima partida na Premier League. Nesta segunda-feira (21), a equipe de Stamford Bridge venceu o West Ham por 3 a 0. O primeiro gol foi marcado por Thiago Silva, na etapa complementar, com assistência de Mason Mount. Posteriormente, na etapa final, Tammy Abraham marcou dois gols em três minutos e deu números finais ao duelo entre clubes de Londres. Além disso, com o resultado, o Chelsea chega aos 25 pontos em 14 jogos na competição inglesa. Ao todo, o time da Fulham Road soma sete vitórias, quatro empates e três derrotas na Premier League.

Thiago Silva marca e Chelsea vence primeiro tempo

Thiago Silva abre o placar para o Chelsea. Primeiramente, cruzamento de Mason Mount. Posteriormente, cabeceio do zagueiro brasileiro.
Thiago Silva abre o placar para o Chelsea. Primeiramente, cruzamento de Mason Mount. Posteriormente, cabeceio do zagueiro brasileiro. (Chelsea FC / Twitter)

A primeira tentativa foi do Chelsea. Aos dois minutos, Mount cruzou e a bola foi rechaçada pela zaga do West Ham. No rebote, Jorginho finalizou de fora da área, mas a bola foi por cima do gol de Fabianski. Logo após, aos cinco minutos, Chilwell torceu o tornozelo em uma dividida com Bowen. O defensor foi atendido e retornou ao duelo. No minuto seguinte, os Hammers cobraram falta rapidamente e Rice, dentro da área, balançou as redes. Entretanto, o meio-campista do West Ham estava em posição irregular. Posteriormente, Chilwell não conseguiu permanecer em campo. Aos nove minutos, Emerson entrou no lugar do lateral-esquerdo inglês.

No minuto seguinte, o Chelsea abre o placar com Thiago Silva! Aos 10 minutos, Mount cobrou escanteio e o zagueiro brasileiro cabeceou firme para o fundo do gol adversário. Aos 10 minutos, 1 a 0 para os Blues. Assim sendo, aos 15 minutos de jogo, 77% de posse de bola para o Chelsea contra 23 do West Ham. Aos 25 minutos, Azpilicueta não intercepta passe em profundidade e Cresswell finaliza com perigo. Entretanto, a bola foi para fora.

Na reta final do primeiro tempo, a posse de bola dos visitantes aumentou. Além disso, a marcação do West Ham também pressionou mais a saída de bola do Chelsea. Aos 42 minutos, Christian Pulisic saiu da marcação, arrancou em velocidade e fez o passe para Timo Werner. O alemão finalizou dentro da área, mas Fabianski fez a importante defesa. Posteriormente, a arbitragem assinalou três minutos de acréscimo no embate. Entretanto o placar parcial permaneceu com a vantagem do Chelsea por 1 a 0.

Abraham marca duas vezes e Chelsea garante os três pontos

Abraham iniciou a partida na vaga de Giroud. Assim sendo, Jorginho, Azpilicueta e o atacante foram as novidades na formação inicial.
Abraham iniciou a partida na vaga de Giroud. Assim sendo, Jorginho, Azpilicueta e o atacante foram as novidades na formação inicial. (Chelsea FC / Twitter)

No terceiro muito de jogo, Cresswell fez o cruzamento e Haller cabeceou para a linha de fundo. Essa foi a primeira chance na etapa complementar. No minuto seguinte, Pulisic acionou Abraham em profundidade. O centroavante fez o cruzamento, mas Werner – dentro da área -não conseguiu chegar no tempo certo para finalizar.  Nos primeiros minutos do segundo tempo, o West Ham buscou o desarme dentro do campo mandante. Logo, a saída de bola do Chelsea ficou comprometida nos minutos iniciais.

A equipe visitante conseguiu manter posse majoritária da bola no início do segundo tempo. Feito inédito até então. Buscando mais ofensividade, o West Ham optou por Benrahma no lugar de Fornals. Por outro lado, Frank Lampard tirou Jorginho e colocou Mateo Kovacic em campo. Com 26 minutos de segunda etapa, o West Ham era dono da posse de bola, mas não incomodava a meta mandante. Por outro lado, o Chelsea esperava as ações do West Ham e não conseguia o tão sonhado contra-ataque.

Os dois gols de Abraham

Aso 32 minutos, Abraham ampliou o placar. Timo Werner tentou finalizar, mas pegou mal. A bola atravessou a área do WHU e Abraham empurrou para o fundo do gol aos 33 minutos do segundo tempo. 2 a 0 para o Chelsea. Dois minutos depois, novamente Abraham empurrou a bola para o fundo das redes. Pulisic iniciou a jogada no centro do campo e passou a bola para Mount. O atleta fez o cruzamento, Pulisic tentou o cabeceio, mas a bola sobrou para Abraham. O centroavante empurro para as redes adversárias aos 35 minutos da etapa final. 3 a 0. Aos 43, Werner finalizou dentro da área e a bola bateu no travessão de Fabianski.

Por fim, o árbitro adicionou três minutos de acréscimo, mas não tinha tempo para novas ações. Vitória do Chelsea por 3 a 0 contra o West Ham.

Próximo Jogo

Os dois próximos compromissos do Chelsea serão válidos pela Premier League. Primeiramente, o clássico contra o Arsenal, no sábado (26), às 14h30 (horário de Brasília), no Emirates Stadium. Posteriormente, na segunda-feira (28), às 14h30 (Brasília), o Chelsea mede forças contra o Aston Villa, em Stamford Bridge. Os embates serão válidos pela 15ª e 16ª rodada da competição inglesa.

Ficha Técnica

Chelsea: Mendy; Azpilicueta (cap.), Zouma, Thiago Silva e Chilwell (Emerson 9); Kanté, Jorginho (Kovacic 65), Mount; Pulisic (Havertz 83), Abraham e Werner.

Reservas: Kepa, Rudiger, Christensen, Gilmour, Hudson-Odoi e Giroud.

Técnico: Frank Lampard

Gols: Thiago Silva 10’1T, Abraham 33’2T e 35’2T

West Ham: Fabianski; Coufal, Balbuena, Ogbonna e Cresswell; Noble (cap.), Rice, Soucek; Fornals (Benrahma 65). Bowen (Fredericks 90) e Haller

Reservas: Randolph, Martín, Diop, Dawson, Johnson, Yarmolenko, Snodgrass.

Técnico: David Moyes

Informações da Jogo

Data: 21 de dezembro de 2020

Horário: 17h (horário de Brasília). Transmissão da ESPN Brasil.

Competição: 14ª rodada da Premier League 2020/21

Local: Stamford Bridge, em Londres

Árbitro: Chris Kavanagh

Assistentes: Dan Cook, Sian Massey-Ellis

Quarto árbitro: Simon Hooper.

VAR: David Coote

Assistente VAR: Nick Hopton

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.