Chelsea e Watford empatam por 2 a 2 no Boxing Day

Hiddink voltou ao comando do clube de Londres (Foto: Premier League)
Hiddink voltou ao comando do clube de Londres (Foto: Premier League)

O primeiro jogo de Guus Hiddink na sua volta ao Chelsea teve lugar em Stamford Bridge e o seu adversário foi o recém-promovido Watford. A partida foi válida pela 18ª rodada da Premier League no famoso Boxing Day, na tarde desse sábado (26). Voltando de lesão, Eden Hazard começou a partida no banco de reservas, dando lugar a Pedro e com Hiddink praticamente repetindo a formação do jogo anterior, apenas substituindo Zouma por Cahill no time titular que venceu o Sunderland por 3 a 1, em Londres.

A equipe visitante tem 28 pontos conquistados, ocupa uma ótima sétima posição e vinha de quatro vitórias consecutivas, sendo sua última um 3 a 0 contra o Liverpool de Jürgen Klopp, em seus domínios, na última rodada. O Chelsea ainda está irregular no campeonato, alternando entre vitórias e derrotas nos últimos quatro jogos e estacionando numa irreconhecível 15ª colocação com 18 pontos. Nos últimos nove confrontos diretos entre os dois, sete vitórias dos Blues, um empate e uma vitória dos Hornets, no longínquo ano de 1999.

Primeiro tempo cadenciado e sem muitas chances de perigo apesar dos gols

O Chelsea começou o jogo estudando o adversário, que apostava em contra-ataques, mas foi justamente em um que o time da casa começou a atacar. Em recuperação de Willian, Pedro cruzou para Diego Costa cabecear perto do gol e fazer os torcedores dos Blues ofegarem pela primeira vez.

Rapidamente o time da casa assumiu o controle do jogo. Em jogada trabalhada, Willian chutou e ganhou escanteio devido a desvio de um jogador do Watford. Houve faltas e escanteios desde então, mas sem perigo real ao gol do brasileiro Gomes.

A equipe londrina acalmou um pouco o jogo e deu espaço para o Watford chegar, possibilitando a primeira chance do time visitante, desperdiçada por Ighalo. No lance seguinte, em boa jogada, Diego Costa quase conseguiu se antecipar a Gomes, mas o goleiro foi mais ágil e ficou com a bola. A partida ficou cadenciada desde então, com o Chelsea se preocupando em garantir solidez defensiva e o Watford querendo explorar contra-ataques, mas sem eficácia ofensiva.

Diego Costa marca novamente e comemora com Ivanovic (Foto: Premier League)
Diego Costa marca novamente e comemora com Ivanovic (Foto: Premier League)

Isso tudo mudou aos 32 minutos, na primeira jogada de perigo real do time da casa. Em bola lançada profundamente, Diego Costa tentou cruzar rasteiro, mas a bola bateu em um defensor do Watford e resultou em escanteio, que foi cobrado por Willian. Na cobrança, a bola sobrou na área e o atacante hispano-brasileiro finalizou com força para o gol de perna esquerda, inaugurando o placar.

Com esse gol, o Chelsea assumiu momentaneamente a 13ª posição, pulando duas posições em relação a anterior. No minuto 38, Ivanovic tabelou com Fàbregas e cruzou para Oscar, que não conseguiu direcionar a bola para o gol num chute forte. Dois minutos depois, Matic deu o bote errado na bola e a tocou com a mão após cobrança de escanteio: pênalti para o Watford. Na batida, Courtois foi para um lado e a bola de Deeney para outro, empatando o jogo.

Após sete tentativas do Chelsea contra cinco do Watford, terminou o primeiro tempo da partida, com o Chelsea novamente em 15º lugar.

Partida movimentada e um empate decepcionante marcam segundo tempo

No início do segundo tempo os dois times foram para o ataque. Primeiramente, Willian lançou bola na esquerda, que foi cruzada mas não alcançou ninguém. Na jogada seguinte, dessa vez do outro lado do campo, Ivanovic impediu um cruzamento. No escanteio, Courtois recuperou a bola e lançou um contra-ataque finalizado pelo zagueiro Catchart, que levou cartão amarelo após cometer falta em Diego Costa.

O Chelsea começou pressionando, sabendo que precisava do resultado de acordo com as atuais situações do time no campeonato. Apesar da pressão do time londrino, foi o Watford que conseguiu a primeira chance para ir à frente do placar. Capoue tentava finalizar ao gol mas sempre era bloqueado por defensores e pelo goleiro do Chelsea, até que em boa jogada individual, Ighalo chutou e a bola enganou Courtois após desvio em Cahill, virando o jogo aos 55 minutos. O pesadelo continuava.

Alguns minutos depois, Ivanovic tocou no vazio para Oscar, que fintou o defensor e tocou para trás, mas a bola não chegou ao gol de Gomes. No lance seguinte, Willian deixou Holebas tonto e cruzou para a área, mas a bola foi recuperada pelo goleiro brasileiro do Watford.

Não demorou muito até o Chelsea empatar. Em ótima bola enfiada por Willian, Diego Costa apareceu sozinho dentro da área, deslocou Gomes e mandou no cantinho pra explodir a torcida em Stamford Bridge. Que passe magistral do camisa 22!

Diego quase fez seu hat-trick ao minuto 66, quando Oscar salvou a bola em cima da linha lateral e cruzou de três dedos, Costa escorou com o pé e a bola bateu em Gomes, mas o árbitro concedeu tiro de meta ao time visitante.

O Chelsea continuou em cima, apesar do jogo cadenciar um pouco e o Watford se defender. Aos 76, Willian bateu uma falta que passou muito perto do gol de Gomes. No primeiro lance de Hazard, Behrami entrou perigosamente no belga dentro da área e o juiz assinalou pênalti para o time da casa. A cobrança seria responsabilidade de Oscar, que escorregou e isolou a bola, desperdiçando a oportunidade de voltar a liderar a partida.

Oscar perdeu o pênalti que daria a liderança e a vitória para o Chelsea (Foto: Getty Images)
Oscar perdeu o pênalti que daria a liderança e a vitória para o Chelsea (Foto: Getty Images)

Nem por isso os Blues pararam de lutar. Aos 84, Willian lançou Hazard que cruzou com força, mas a defesa do Watford afastou a bola. Apesar da luta do Chelsea, o Watford estava vivo e Ighalo tentou chutar para o gol mas parou em Courtois, na sobra, Deeney chutou para o gol, porém a bola bateu no rosto de um zagueiro do Chelsea. Noventa minutos completos e o empate persistia.

Quatro minutos de acréscimo e nada do gol da vitória aparecer. Mikel tentou chutar de fora da área e a bola passou muito perto do gol, mas as coisas não mudaram. Apesar das tentativas e dos dois gols de Diego Costa, a partida terminou empatada por 2 a 2, e ambos os times continuaram nas suas posições iniciais do começo da partida.

O próximo jogo do Chelsea é contra o Manchester United, em Trafford, dentro de dois dias (28), enquanto o Watford recebe o Tottenham na mesma data.

Chelsea (4-2-3-1): Courtois (g); Ivanovic, Cahill, Terry (c), Azpilicueta; Matic, Fàbregas (46′ Mikel); Pedro (74′ Hazard), Oscar, Willian; Costa;

Substitutos não utilizados: Begovic (g), Baba, Ramires, Rémy, Zouma;

Técnico: Guus Hiddink.

Watford (4-4-2): Gomes (g); Nyom, Cathcart, Britos, Holebas; Abdi (68′ Behrami), Watson, Capoue, Jurado (73′ Anya); Ighalo, Deeney (90+1′ Guedioura);

Substitutos não utilizados: Arlauskis (g), Berghuis, Diamanti, Prodl;

Técnico: Quique Flores.

Cartões amarelos: Britos (43′ WAT), Cathcart (47′ WAT), Holebas (81′ WAT), Behrami (83′ WAT), Costa (87′ CHE);

Estádio: Stamford Bridge (Londres, Inglaterra);

Público: 41.620;

Árbitro: Andre Marriner.

Category: Competições

Tags:

Article by: Luis Felipe Zaguini

Doente pelo Chelsea.