Edouard Mendy concede primeira entrevista como jogador do Chelsea

Mendy foi apresentado na quinta-feira (24) pela equipe de Stamford Bridge

A contratação de Edouard Mendy foi oficializada pelo Chelsea na quinta-feira (24). O goleiro veio do Rennes (França) e foi indicado por Petr Cech para a equipe de Stamford Bridge. Por isso, a equipe londrina soma três goleiros na equipe principal: Kepa Arrizabalaga, Willy Caballero e, após confirmação oficial, Edouard Mendy. Além disso, Mendy concedeu entrevista ao site do Chelsea sobre a sua expectativa na Inglaterra, após se destacar no Campeonato Francês. Confira o diálogo do novo goleiro do Chelsea com o site oficial do clube.

Fã do Chelsea

“Estou muito orgulhoso. Quando um clube como o Chelsea está interessado em você, significa que você fez um grande trabalho semanalmente. Todo mundo sabe que o Chelsea é uma das maiores equipes do mundo e todos gostariam de atuar por esse time, mas nem todo mundo pode. Ter a chance de vestir essa camisa e defender as cores do clube é um privilégio”, iniciou Mendy.

“Sim, eu sou torcedor desde pequeno. Eu adoro esse clube. Quando eu tinha 12 anos, tive a chance de ir para Brighton, em um clube que atuei, e assistimos uma partida. Achei o futebol inglês incrível. Entramos em uma loja e vi uma camisa do Chelsea, foi por volta de 2003, quando [Claudio] Ranieri era o técnico e eu comprei essa camisa. Sempre gostei desse clube”, disse.

Ídolos

Mendy é mais um atleta do Chelsea que atua em uma seleção do continente africano. Futebolista de Senegal, o goleiro relembrou alguns nomes de sucesso do time londrino. “A maioria dos talentos que vieram da África jogaram por esse time. Drogba, Essien, Eto’o, Mikel etc. Quando você vê isso, me deixa realmente orgulhoso, é também uma grande responsabilidade”, afirmou.

Por fim, confira também a resposta de Mendy sobre outros tópicos na entrevista.

Expectativa para a Premier League

“Há muito jogo, muita intensidade e muitos gols como ocorreu no último final de semana. É uma liga muito atraente, os estádios são fantásticos e, quando [os estádios] não estão fechados, a paixão dos fãs é incrível”, disse o atleta.

Um mês sem jogar. Como está o condicionamento físico?

“Sim, estou em forma. Embora eu não tenha atuado ultimamente, eu vinha treinando da mesma forma no Rennes. Eu participei de um jogo-treino recentemente, portanto, estou me sentindo bem”, salientou.

A jornada até o Chelsea

Além disso, o entrevistador [do Chelsea FC] ressaltou o fato de que seis anos atrás, Mendy estava atuando na terceira divisão francesa pelo Cherbourg. Por isso, o goleiro falou em continuar o caminho ascendente de sua carreira. “Quando essa história é mencionada, eu percebo o caminho que tenho seguido em minha carreira. É incrível. As pessoas dizem que trabalho árduo compensa e vale a pena. Eu trabalhei muito. Eu estive em Marselha, Reims, Rennes e agora no Chelsea. Tem sido um progresso constante e agora estou pronto para continuar nesse caminho ascendente”, apontou Mendy.

Já jogou contra Thiago Silva na França?

“Enfrentei ele duas vezes. Ele me venceu em uma oportunidade e eu venci no outro jogo. Estamos quites. Agora vestimos a mesma camisa, ele fala francês muito bem, o que pode me ajudar, mas falaremos em inglês. É ótimo ter um jogador como ele no clube”, salientou.

Você falou com Cech?

“Sim, ele me ligou durante a transferência e me tranquilizou. Foi ótimo ter alguém do clube falando comigo. Isso me mostrou que eles realmente me queiram e eu fiquei muito contente com isso”.

O que espera alcançar no Chelsea?

“Quero me adaptar, continuar o meu progresso que tem sido constante por vários anos e vencer. Em um clube como o Chelsea, você tem que vencer”, concluiu Edouard Mendy, novo goleiro do Chelsea.

Por outro lado, não é a primeira vez que um goleiro se transfere do Rennes para atuar no Chelsea. Petr Cech também protagonizou essa trajetória em sua carreira. Primeiramente, Petr iniciou no Rennes na temporada 2002/03 e, posteriormente, fechou com o Chelsea na temporada 2004/05. Além disso, Cech foi responsável pela indicação de Edouard Mendy ao clube londrino.

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.