Telegraph: Chelsea estaria mesmo em negociações com Alexandre Pato

Pato pertence ao Corinthians e chegaria por 10 milhões de libras (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Pato pertence ao Corinthians e chegaria por 10 milhões de libras (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Na manhã desta quinta-feira (14/01) o jornalista e colunista da ESPN Brasil, Mauro César Pereira, deu notícia em seu blog do canal de que o Chelsea estaria em negociações avançadas com o atacante brasileiro Alexandre Pato, que atualmente pertence ao Corinthians. Grande parte da imprensa britânica replicou a notícia do jornalista brasileiro e o citou como fonte para sustentar a notícia.

Contudo, após algumas horas, o periódico The Telegraph garante ter apurado a informação e crava que os Blues estariam mesmo interessados na contratação de Pato, que tem dividido opiniões dos torcedores azuis nas redes sociais. O brasileiro custaria algo próximo dos 10 milhões de libras aos cofres do clube, valor considerado baixo para os padrões da Premier League, principalmente por se tratar de um jogador com capacidade técnica apurada, se comparada com a média dos jogadores da competição.

Segundo o jornal, o Chelsea estaria disposto a contratar um atacante nesta janela e Pato seria uma opção bem mais barata do que outros nomes veiculados. Jaime Vardy, por exemplo, destaque do Leicester City, e que já marcou 15 gols na Premier League, custaria algo em torno dos 30 milhões de libras, valor considerado alto para um jogador de 28 anos. Carlos Bacca, outro jogador colado como alvo dos Blues, custaria também valores nesta faixa de preço, mesmo já com 29 anos.

Pato seria bem visto, pois, além de um valor abaixo da média de atacantes sondados no mercado, também é um jogador de apenas 26 anos. Contestado por seu empenho e motivação em campo, o jogador superou os problemas físicos que o acompanharam no Milan e na temporada 2015 do futebol brasileiro, jogando pelo São Paulo, marcou 31 gols pro todas as competições, sendo 15 pelo Campeonato Brasileiro.

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Márcio Canedo