Redknapp garante permanencia de Modric no Tottenham

No último dia da janela de transferência, os olhos dos adeptos do Chelsea estão voltados para Modric. Porém, as primeiras informações recebidas não são animadoras. Ainda ansiando pela transferência, o croata se reapresentou normalmente ao Tottenham para o treino da manhã, no momento em que Redknapp reafirmou, mais uma vez, a permanência do jogador.

“O presidente se manteve firme, ele não está à venda”, disse Redknapp. “Luka não vai, o que é ótimo. Isso não vai acontecer, sem chance. Um milhão por cento. Isso não vai acontecer.”

Como a janela de transferência se encerra hoje, a fala de Redknapp ganha status  de episódio final, porém, a imprensa inglesa não descarta uma nova e definitiva investida do Chelsea nas próximas horas.

Category: Mercado de Transferências

Tags:

8 comments

  1. Acho que ele vem. Vamos ver… Se nao vier seremos campeões sem ele mesmo.

  2. Acho que ele vem. Vamos ver… Se nao vier seremos campeões sem ele mesmo.

  3. Q se foda,sua garantia!Quando os blues,chegar com o malote,eles vendem até o k ú.

  4. Q se foda,sua garantia!Quando os blues,chegar com o malote,eles vendem até o k ú.

  5. Hahaha, bando de otários! O Modric vai armar jogadas pros adversários até o final da sua estada no Totenham…

    Em vez do nosso tio chegar pra Inter e falar “toma 35m de Euros mais Prato Feito de brinde e me da um Sneijder” não… fica nessa putaiada de Modric.

  6. Hahaha, bando de otários! O Modric vai armar jogadas pros adversários até o final da sua estada no Totenham…

    Em vez do nosso tio chegar pra Inter e falar “toma 35m de Euros mais Prato Feito de brinde e me da um Sneijder” não… fica nessa putaiada de Modric.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.