Zagueiros do elenco, como Rüdiger, podem deixar o Chelsea

Chelsea pode perder zagueiros do elenco atual na próxima janela e já mira novos reforços

Não é novidade que o Chelsea é um time agressivo no mercado de transferências. Na última janela, o time fez contratações para remodelar o elenco e gastou cerca de 223 milhões de euros. Para a próxima temporada, o clube mira em zagueiros para reforçar o sistema defensivo.

A defesa dos Blues era um dos pontos mais criticados da equipe quando Frank Lampard era o técnico. Na campanha passada, a defesa azul sofreu 54 gols, seu o maior índice nas últimas edições de Premier League. Entretanto, acabou terminando o ano em quarto lugar na tabela.

Mesmo com Edouard Mendy, Thiago Silva e Ben Chilwell como reforços, os problemas na zaga se mantiveram na temporada atual, o que acabou culminando na demissão de Lampard. Agora, com Thomas Tuchel no comando, a história é outra. O Chelsea tem a segunda melhor defesa do campeonato, quatro gols atrás do Manchester City.

O elenco conta atualmente com Thiago Silva, Kurt Zouma, Andreas Christensen, Antonio Rüdiger, César Azpilicueta para a primeira linha. Os três últimos tem contrato até o meio de 2022 e, por enquanto, apenas Christensen está na mira para renovar o vínculo. Thiago assinou por uma temporada, mas já há conversa para extensão e Zouma tem acordo até junho de 2023.

O bom desempenho defensivo com Tuchel pode fazer a diretoria azul apostar mais uma vez nos atletas que já estão no clube. Entretanto, já se especula que o clube mira em novos atletas para reforçar o setor.

Os Blues ainda terão os retornos dos zagueiros Ethan Ampadu, Fikayo Tomori e Malang Sarr. Ampadu foi emprestado para o Sheffield United e faz boa temporada por lá, já Tomori assinou com o Milan, mas tem o valor fixado em 25 milhões de libras. Sarr foi contratado de graça em julho e atualmente joga pelo Porto.

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Cleisson Lima

Tio do Júlio César, Estagiário de Redação na Rádio Transamérica, e Chefe de Redação no Futebol das Gerais. O caminho é um só...