Um verdadeiro lutador: conheça a história de Sam Hutchinson, o garoto que não desistiu de seu sonho

O jovem guerreiro retorna aos gramados e é capitão
Aposentado aos 21 devido a uma persistente lesão, Hutchinson retorna aos gramados como um guerreiro

 Ainda nos tempos em que o Chelsea era comandado por ninguém menos do que o polêmico Jose Mourinho, um jovem parecia brilhar mais do que seus companheiros. Tido pelo próprio Mourinho como o sucessor natural de John Terry no comando do Chelsea, Sam Hutchinson apresentava um talento incrível que poderia levá-lo ao topo em alguns anos. Isto é, poderia.

Sua carreira foi encerrada com abastada precocidade, uma cruel infelicidade para um jovem tão promissor. Seu joelho direito, que apresentava uma lesão persistente, acabou por lhe forçar uma aposentadoria prematura, com apenas 21 anos, em agosto de 2010. Mas sua incrível jornada ainda não estava acabada. Na noite desta segunda-feira, Hutchinson estufou o peito, e, com a braçadeira de capitão devidamente colocada, liderou os reservas do Chelsea na partida contra o Aston Villa.

Hutchinson é um tipo de joia rara em Stamford Bridge. Conhecido como o garoto que não desiste nunca, Sam tem uma afinidade especial com o clube. Ele é um dos únicos jogadores que foram trazidos da própria vizinhança do Chelsea e conseguiu marcar sua presença na categoria de base, rapidamente ganhando reconhecimento. Mas esse caminho percorrido não tem sido fácil.

Um ano depois de sua precoce aposentadoria, e destinado a driblar suas dificuldades e trilhar o caminho do sucesso, Hutchinson estava justamente onde ele queria: dando trabalho em campo aos adversários. Seu comprometimento é inquestionável, avançando velozmente pela lateral direita para então rasgar o pulmão e retornar aos trabalhos defensivos. Jogou os 90 minutos.

A determinação do jovem inglês surpreendeu até a equipe médica do Chelsea. Estão todos boquiabertos com a resistência do jogador após um ano parado.

Apesar de ainda ser cedo para se falar em um novo contrato com o Chelsea, o diretor e técnico da academia de base, Neil Bath, estava nas tribunas observando o que, para Hutchinson, foi a volta por cima das voltas por cima.

O Chelsea foi bom para o jovem jogador, ficando ao lado dele depois de sua aposentadoria e lhe oferecendo um papel de mentor com os recrutas da academia no ano passado. Hutchinson fez cursos de formação de técnicos e assistentes e continuou recebendo o apoio do clube londrino. Às vezes ainda deixava transparecer suas emoções, quando ia para o campo de treinamento todos os dias e observava seus antigos companheiros sendo treinados por Barth.

Hutchinson começou uma graduação de psicologia no intuito de se preparar para uma função longe dos gramados quando sua dor começou a dar sinais de melhora. Ele convenceu Barth de que poderia jogar de novo, conseguindo ser novamente chamado para os reserves e sempre na esperança de atingir sua meta a longo prazo: conseguir um lugar entre os titulares do Chelsea.

Sua recusa em desistir lhe garantiu lugar entre os reserves
Sua recusa em desistir lhe garantiu lugar entre os reserves

 Barth se pronunciou a respeito da volta de Sam: “Nós tivemos que tratar a situação com muita cautela, porque foi uma decisão de Sam se aposentar. Em agosto de 2010 sua dor atingiu o limiar e seu joelho não aguentou mais.”

“O clube ofereceu seu apoio a ele pois era um momento muito delicado para ele e sua família. Com apenas 21 e um lugar no time titular ao alcance das mãos, sua carreira estava acabada.”

“Ele assumiu o papel de técnico por uns tempos, mas o ideal era mantê-lo afastado dos gramados para que pudesse colocar as ideias em ordem. Ele nadava, praticava tênis e golfe, apenas para fazer algo diferente.”

Os resultados iam aparecendo, e a dor em seu osso patelar, que tanto lhe causou frustração desde os 12 anos, dava indícios de que estava indo embora. Sam sempre teve problemas em seus dois joelhos durante a adolescência, que penavam para sustentar seu peso ósseo, dito maior do que as pessoas em geral. E o esmalte por trás de sua patela começou a desgastar-se, uma condição degenerativa que não pode ser curada rapidamente. Não era uma lesão incomum, mas com 4 treinos e 2 jogos por semana, Hutchinson simplesmente não tinha tempo para se recuperar.

Ele não recebeu qualquer tipo de pagamento devido a seguro quando foi forçado a se aposentar e agora não pode obter um seguro por causa de sua lesão. Ele joga por sua própria conta e risco, mas continua a fazê-lo tamanho é o seu desejo de permanecer jogando. Uma fonte do Chelsea falou:

“A reação inicial da maioria das pessoas a uma lesão é fazer uma cirurgia, mas isso é brincar com o fogo. Ninguém achou uma solução cirúrgica para o problema dele e nem sempre essa é a resposta. Um monte de jogadores têm problemas com suas juntas. Alguns deles sequer sentem dor e não sabem o dano que estão causando a si mesmos, mas com alguns a coisa é mais precisa.”

O descanso ao qual foi submetido junto a um programa de reabilitação produziu efeitos a curto prazo. Hutchinson deu duro na academia para reforçar a região ao redor de seu joelho. Apesar de não poder treinar na mesma intensidade de alguns de seus companheiros, o Chelsea começa a acreditar que ele pode realmente esculpir uma carreira profissional.

Barth não estava convencido quando Hutchinson o questionou sobre uma possível volta aos gramados. Agora, um ano depois, o jovem guerreiro está mais do que nunca determinado a provar que pode superar as adversidades e briga ferozmente para realizar seu sonho.

Uma boa sorte ao grande Sam Hutchinson! Que ele consiga superar todos os obstáculos e se tornar uma lenda no Chelsea!!!

Avante Chelsea, avante Sam Hutchinson!

Category: Conteúdos Especiais

Tags:

23 comments

  1. Emocionante esse post! Parabéns Guilherme!
    Sou fã desse rapaz há um tempão. Fiquei muito triste quando ele anunciou a aposentadoria e sempre torci pela sua felicidade.
    Felizmente, esse rapaz é guerreiro e não desistiu de seu sonho. Voltou a treinar e a jogar futebol! Um dia ele será o nosso capitão no time principal!
    FORÇA SAM! Você é um menino de ouro!

  2. Emocionante esse post! Parabéns Guilherme!
    Sou fã desse rapaz há um tempão. Fiquei muito triste quando ele anunciou a aposentadoria e sempre torci pela sua felicidade.
    Felizmente, esse rapaz é guerreiro e não desistiu de seu sonho. Voltou a treinar e a jogar futebol! Um dia ele será o nosso capitão no time principal!
    FORÇA SAM! Você é um menino de ouro!

  3. Nunca antes de conhecer este site nunca tinha ou visto falar neste garoto mas,pelo q vcs dizem q ele tem grande potencial e é uma história de superação acho q ele vai conseguir vencer essa luta!
    Acredito eu q ele vai conseguir jogar no time titular mas,vai ser tipo aqueles jogadores q tem q jogar 1 jogo e parar 2 enfim,pelo potencial q ele tem acho q vale a pena!

  4. Nunca antes de conhecer este site nunca tinha ou visto falar neste garoto mas,pelo q vcs dizem q ele tem grande potencial e é uma história de superação acho q ele vai conseguir vencer essa luta!
    Acredito eu q ele vai conseguir jogar no time titular mas,vai ser tipo aqueles jogadores q tem q jogar 1 jogo e parar 2 enfim,pelo potencial q ele tem acho q vale a pena!

  5. Se esse cara conseguir chegar no time principal,e tomara que chegue, vai ser um dos melhores na posição e vai ser um ídolo.

  6. Se esse cara conseguir chegar no time principal,e tomara que chegue, vai ser um dos melhores na posição e vai ser um ídolo.

  7. poha, que post bom, parabens. Força Sam, um dia vai rilhar mt nos blues!

  8. poha, que post bom, parabens. Força Sam, um dia vai rilhar mt nos blues!

  9. ESSE É GUERREIRO!
    Se ele for lateral direito, põe o Bosingwa nos reserves e puxa ele pros titulares, AVB!

    Ah, e PARABÉNS ao Blue Guilherme Bento por esse INCRÍVEL post! Isso deixa qualquer torcedor do Chelsea boquiaberto!

  10. ESSE É GUERREIRO!
    Se ele for lateral direito, põe o Bosingwa nos reserves e puxa ele pros titulares, AVB!

    Ah, e PARABÉNS ao Blue Guilherme Bento por esse INCRÍVEL post! Isso deixa qualquer torcedor do Chelsea boquiaberto!

  11. Muito obrigado por todos os elogios pessoal! Faz a gente ter vontade de estar sempre melhorando!

    Abraços!

  12. Muito obrigado por todos os elogios pessoal! Faz a gente ter vontade de estar sempre melhorando!

    Abraços!

  13. Só conhecia esse jogador de nome, na era Mourinho. Espero que ele tenha sorte e que a ciência possa ajudá-lo. Se ele não achar a cura por intermédio de cirurgia, vai ter que parar logo. Pena é que ele tem muita vontade de jogar no Chelsea e não pode, devido o seu problema no joelho. A cabeça dele funciona melhor do que a de muitos jogadores que tem por aí.

  14. Só conhecia esse jogador de nome, na era Mourinho. Espero que ele tenha sorte e que a ciência possa ajudá-lo. Se ele não achar a cura por intermédio de cirurgia, vai ter que parar logo. Pena é que ele tem muita vontade de jogar no Chelsea e não pode, devido o seu problema no joelho. A cabeça dele funciona melhor do que a de muitos jogadores que tem por aí.

  15. Ótimo post. O garoto é um guerreiro, digno de vestir a camisa do Chelsea, e como já disseram anteriormente, se ele chegar à equipe principal dos Blues, vai se tornar um ótimo jogador e talvez se torne um ídolo.

    Novamente, parabéns pelo post Guilherme. Excelente!

  16. Ótimo post. O garoto é um guerreiro, digno de vestir a camisa do Chelsea, e como já disseram anteriormente, se ele chegar à equipe principal dos Blues, vai se tornar um ótimo jogador e talvez se torne um ídolo.

    Novamente, parabéns pelo post Guilherme. Excelente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.