FA Cup e sua importância para o Chelsea e o Futebol Inglês

F.A Cup salvou temporada 2008/2009

Quem não quer ser campeão da F.A Cup, torneio mais tradicional da história do Futebol? Com 141 anos de história e 42 vencedores diferentes, a competição será um grandes alvos do Chelsea para o segundo semestre. Ao contrário da Carling Cup, onde Villas-Boas não valorizou a competição escalando muitos jovens e reservas, a F.A Cup representa ao Chelsea a chance de salvar uma temporada.

Di Matteo, auxiliar de AVB e ídolo dos Blues já declarou em entrevistas a vontade de todos no clube em voltar a ser campeão da competição, após 2 anos. E o treinador português já mostrou que não está de brincadeira: escalou o time titular, com os melhores jogadores que tinha a sua disposição, para a estreia do time contra o Portsmouth, da 2ª divisão.

Mesmo com dificuldades, o time garantiu a vitória no fim com 3 gols – e só após a goleada ser consolidada que Villas-Boas tirou Cole e Torres de campo. O próximo adversário pode ser o Queen Park Rangers, que bateu o Chelsea pela Premier League em Outubro, ou o MK Dons, da 3ª divisão britânica. Vale a torcida para um descuido do QPR.

Competição salva temporadas

Em 2007, o Chelsea assistiu o Manchester United ser campeão inglês, quebrando a hegemonia de duas conquistas consecutivas dos Blues. Como terminar a temporada em alta? Vencer o campeão inglês, no último jogo oficial do Calendário do Futebol Inglês, a 4 minutos dos pênaltis na final da F.A Cup. Muita festa para o último título de Mourinho no Chelsea, conquistado com gol histórico de Didier Drogba.

O Chelsea que fez Wembley explodir naquela ocasião era: Petr Cech; Paulo Ferreira, Michael Essien, John Terry e Wayne Bridge (Ashley Cole); Makelele, Mikel e Lampard; Wright Phillips (Kalou), Drogba e Joe Cole (Robben)

Com desfalques na zaga, Essien, perto de retornar ao Chelsea em Janeiro de 2012, foi improvisado na zaga e segurou o ataque dos Red Devils.

Em 2009, a situação era outra: a campanha desastrosa de Scolari já não permitia ao time sonhar com o título inglês, mesmo com o substituto Hiddink conseguindo grande arrancada. O time fora eliminado na Champions League, garfado de forma vergonhosa contra o Barcelona. O holandês deixaria o clube em Julho para retornar à Seleção Russa.

O elenco se juntou para conquistar o título para Hiddink. Bateria o Everton, em virada por 2-1 e uma final emocionante. Mas outro jogo marcante na competição foi a semi-final, contra o Arsenal, que também colocou o time titular e esperava salvar sua temporada com o sonho em conquistar o tradicionalíssimo título.

Abriu o placar com Walcott, mas esbarrou na excelente fase de Malouda, que diminuiu, e na melhor ainda de Didier Drogba, que mais uma vez foi decisivo contra seu adversário favorito.

 O time de Guus Hiddink contava com: Cech, Ivanovic, Alex, Terry, Ashley Cole, Ballack, Lampard, Essien, Malouda, Anelka (Kalou), Drogba. 

Na temporada seguinte, a vitória por 1×0 sobre o Portsmouth não serviu para salvar a temporada, mas para considerar um grande feito inédito na hsitória do clube: a conquista do Double, uma vez que a equipe já havia conquistado a Premier League semanas antes.

Stamford  Bridge foi a casa da F.A Cup por 3 anos

Casa e um dos maiores símbolos da história do Chelsea, a F.A Cup já hospedou a final da F.A Cup em 3 temporadas diferentes e com públicos incríveis. Todas as finais terminaram com o mesmo placar: 1×0

Em 1920, 50 mil pessoas assistiram o Aston Villa bater o Huddersfield Town por 1×0. No ano seguinte, foram 72 mil assistir o Tottenham bater o Wolverhampton pelo mesmo placar.

O Huddersfield Town, hoje na 3ª divisão, voltaria a Stamford Bridge em 1922 para sua redenção, ao bater o Preston North End, também por um gol a zero.

Além da final da F.A Cup, o estádio, um dos principais da Europa, também recebeu naquela época as semi finais da competição, além de regularmente hospedar partidas do English Team.

No ano após o Huddersfield Town se sagrar campeão em Stamford Bridge, 1923, o estádio de Wembley foi terminado e todas as partidas de relevância em Copas, além dos jogos da Seleção Inglesa, passaram a ser realizados lá, como a final da F.A Cup daquele ano, entre Bolton e West Ham.

Stamford Bridge foi a última sede da final da F.A Cup antes da construção de Wembley.

Chelsea tem o maior vencedor da história do torneio no elenco

O talismã é Ashley Cole, que inclusive esteve em campo na vitória por 4×0 em cima do Portsmouth, sendo substituído perto do fim pelo jovem Bertrand. O lateral esquerdo foi campeão da competição 6 vezes, 3 pelo Arsenal, 3 pelo Chelsea. É o maior vencedor individual da história da competição.

Ele tem o mesmo número de conquistas totais dos Blues na competição, em toda sua história. O Chelsea também participa de um recorde negativo, mas com final feliz: Em 2009, Luis Saha, do Everton, marcou nos Blues aos 25 segundos o que é até hoje o gol mais rápido da história das finais da competição. Felizmente, o Chelsea virou com Drogba e Lampard e sagrou-se campeão.

Os Blues tem 6 conquistas da competição, sendo o 5º maior ganhador, ao lado de Blackburn e Newcastle. O título este ano significaria subir para a 4ª colocação e empatar com Liverpool e Aston Villa, que tem 7 conquistas. O maior vencedor é o Manchester United, com 11, número perfeitamente alcançável

O Chelsea já esteve em 10 finais da competição, perdendo ela 4 vezes. Vale a pena destacar que a competição classifica o clube para o Community Shield, conhecido como Supercopa da Inglaterra, no inicio da temporada seguinte. Uma bela chance de disputar outro título tradicionalíssimo.

Confira toda as finais disputadas pelo Chelsea, com os autores dos gols dos Blues entre parênteses:

1915 – Sheffield United 3 x 0 Chelsea

1967 – Tottenham 2 x 1 Chelsea (Tambling)

1970 – Chelsea 2 x 2 Leeds United (Houseman e Hutchinson)
Replay:Chelsea 2 x 1 Leeds United (Osgood, Webb) – CAMPEÃO

1994 – Manchester United 4 x 0 Chelsea

1997 – Chelsea 2 x 0 Middlesbrough (Di Matteo, Newton) – CAMPEÃO

2000 – Chelsea 1 x 0 Aston Villa (Di Matteo) – CAMPEÃO

2002 – Arsenal 2 x 0 Chelsea

2007 – Chelsea 1 x 0 Manchester United (Drogba) – CAMPEÃO

2009 – Chelsea 2 x 1 Everton (Lampard, Drogba) – CAMPEÃO

2010 – Chelsea 1 x 0 Portsmouth (Drogba) – CAMPEÃO

Category: Conteúdos Especiais

6 comments

  1. Sempre gostei muito da FA Cup e por ser tão antiga, conquistá-la novamente seria algo maravilhoso.
    Gostei desses dados das finais que o Chelsea participou.
    Vamos lá, Blues!!!

  2. Sempre gostei muito da FA Cup e por ser tão antiga, conquistá-la novamente seria algo maravilhoso.
    Gostei desses dados das finais que o Chelsea participou.
    Vamos lá, Blues!!!

  3. 2012 – Chelsea 2 x 0 Liverpool (Torres, Sturridge) – CAMPEÃO

  4. 2012 – Chelsea 2 x 0 Liverpool (Torres, Sturridge) – CAMPEÃO

  5. Essa temporada 2008/2009 foi bastante conturbada, mas o Chelsea conseguiu se manter firme na liga dos campeões onde fomos roubados em Stamford Bridge. O Chelsea tem que vencer essa competição e tomar a vaga do tottenhan e ver até onde vai essa UCL Villas-Boas tem que reforça esse time agora essa é a hora.

  6. Essa temporada 2008/2009 foi bastante conturbada, mas o Chelsea conseguiu se manter firme na liga dos campeões onde fomos roubados em Stamford Bridge. O Chelsea tem que vencer essa competição e tomar a vaga do tottenhan e ver até onde vai essa UCL Villas-Boas tem que reforça esse time agora essa é a hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.