Segundo jornal espanhol, traficante mexicano tinha planos para comprar o Chelsea

(Foto montagem: Jamie Trecker/FOX Soccer)
O Chelsea poderia ter tido um novo dono (Foto montagem: Jamie Trecker/FOX Soccer)

Depois de muito se falar sobre uma possível ida de Alexandre Pato para o Chelsea na manhã e tarde desta quinta-feira (14), o dia se encerrou com a notícia de que Joaquín Guzmán teria tido interesse em adquirir o clube de Roman Abramovich.

Leia mais: Telegraph: Chelsea estaria mesmo em negociações com Alexandre Pato

Guzmán, conhecido por El Chapo, é um dos maiores traficantes de droga do mundo e tem uma fortuna avaliada em US$ 1 bilhão de dólares. A intenção dele era usar cerca de US$868 milhões de seus recursos para se tornar o novo boss do clube situado no oeste de Londres.

El Chapo, que recentemente foi detido pela polícia mexicana, ficou famoso após fugir da cadeia por um túnel de 1,5 km que chegava até uma residência longe do raio do presídio. De acordo com o jornal Sport, de Barcelona, autoridades mexicanas confirmaram a ideia do traficante em comprar os Blues depois de conversas com fontes durante as investigações.

A publicação catalã ainda disse que com a fortuna de Joaquín, seria possível comprar times como Manchester City, Milan e Juventus, que são avaliados em US$863 milhões, US$856 milhões e US$850 milhões respectivamente.

Restaria saber se Roman Abramovich teria interesse em vender o clube que comprou em julho de 2003 por US$201.844.000. Desde a chegada do russo ao comando do clube, foram conquitados vários troféus, entre eles quatro taças da Premier League, quatro FA Cup’s, duas Copas da Liga, duas Supercopas da Inglaterra, uma Liga Europa e um título da Liga dos Campeões.

Segundo a revista Forbes, uma das mais respeitadas no ramo de negócios e economia, o Chelsea seria o sexto clube mais valioso do mundo, com um valor de US$ 1,37 bilhões.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Murilo César