Resumo Diário (19/01): Pato cada vez mais perto e ex-técnico defende Mourinho

No Resumo Diário desta terça (19/01), muitos rumores envolvendo o Chelsea em transferências, tanto de chegada quanto de saída. Guus Hiddink chamou um jovem para treinar com time principal e e um ex-treinador dos Blues defendeu José Mourinho.

The Telegraph: Chelsea muito próximo de acertar com Alexandre Pato

Alexandre Pato perto do Chelsea (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
Alexandre Pato perto do Chelsea (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Ao que tudo indica, o Chelsea realmente vai fechar a contratação do atacante do Corinthians, Alexandre Pato. Segundo o tabloide, Pato já teria perguntado para o Willian e para Marco Amelia como é a vida e o trabalho em Londres. Uma proposta é esperada pelo valor de £10 milhões.

Daily Mail: Guus Hiddink chama Charly Musonda para treinar com o time principal

Hiddink dará oportunidade ao jovem belga de treinar com o time principal após atuar muito bem no amistoso com a equipe sub-21 contra o QPR, partida vencida por 5 a 0. Musonda abriu o placar com um gol de falta. A partida contou também com a volta de Patrick Bamford ao Chelsea. O jovem atacante anotou um belo gol.

Sky Sports: David Luiz deixa portas abertas do PSG para Diego Costa

David Luiz quer Diego no PSG (Getty Images)
David Luiz quer Diego no PSG (Getty Images)

Em entrevista, David Luiz disse que as portas do Parque do Príncipes estão abertas para Diego Costa, caso o atacante se canse da Inglaterra. Desafetos na temporada passada, Luiz disse que aquilo “terminou em abraços”:

“Se ele estiver cansado da Inglaterra e quiser um novo desafio, seria muito bem vindo aqui. Diego é um dos atacantes mais cirúrgicos da Europa e seria uma grande aquisição para qualquer time. O PSG já deixou claro nos últimos quatro anos que só contrata os melhores.”

The Guardian: André Villas-Boas defende Mourinho e diz que sua saída foi “inacreditável”

O ex-técnico do Chelsea, André Villas-Boas comentou em entrevista a saída de seu compatriota e ex-mentor José Mourinho. Para Villas-Boas, foi “inacreditável” a saída de Mourinho e que Roman Abramovich “faz isso com todos”:

“É um pouco inacreditável que ele fez isso (demitir Mourinho). E isso foi aplicado ao treinador mais querido da torcida, o mais vencedor do clube. Mas no final, não vemos nada de diferente. Abramovich demitiu todos os técnicos que teve. E não é diferente. Aconteceu com o melhor. Pelo mesmo critério que ele me demitiu, demitiu também Rafa Benítez, Ancelotti e até Mourinho.”

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Diego Lepre

Carioca, estudante de Jornalismo e apaixonado pelo Chelsea.