Rajkovic e seu visto de trabalho

Os Blues estão esperançosos que nesta temporada Slobodan Rajkovic finalmente obtenha o seu visto de trabalho. O sérvio é jogador do Chelsea desde 2007, mas até então não conseguiu permissão de trabalho na Inglaterra.

Slobodan se juntou ao Chelsea depois de ser contratado junto ao OFK Belgrado. Ele passou os últimos três anos jogando respectivamente no PSV, Twente e Vitesse. Na temporada passada fez 24 partidas no campeonato holandês.

Na Ásia não é necessário um visto de trabalho para atuar como jogador de futebol, por esse motivo Slobodan Rajkovic pôde mostrar seu potencial à Villas-Boas, conseguindo impressionar bastante o novo técnico do Chelsea.

No entanto, ainda é necessário o visto de trabalho para atuar como jogador na Premier League. Rajkovic seria a solução mais rápida para o setor defensivo, setor o qual André Villas-Boas pretende contar com mais um zagueiro. Se o jogador não conseguir o seu visto de trabalho, André pode tentar a contratação de Gary Cahill, o inglês não australiano, zagueiro não atacante e do Bolton.

Chega de confusões com nomes.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

4 comments

  1. Informações que eu tenho é que já teve seu empréstimo acertado. Mas essa noticia também foi há muito tempo atrás, tipo 1 mês.

    L – Slobodan Rajkovic — Destino: Vitesse — Tipo: Empréstimo
    (Vide post Mercado de Transferências)

    E agora vem essa noticia que talvez ele consiga o seu visto de trabalho.

    Vamos vê o que vai acontecer. Eu sempre prefiro que os jogadores da casa fiquem em casa. Prefiro por exemplo um jogador de base com o Rajkovic do que um jogador de casa Rival, West Ham, vindo de fora.

  2. Informações que eu tenho é que já teve seu empréstimo acertado. Mas essa noticia também foi há muito tempo atrás, tipo 1 mês.

    L – Slobodan Rajkovic — Destino: Vitesse — Tipo: Empréstimo
    (Vide post Mercado de Transferências)

    E agora vem essa noticia que talvez ele consiga o seu visto de trabalho.

    Vamos vê o que vai acontecer. Eu sempre prefiro que os jogadores da casa fiquem em casa. Prefiro por exemplo um jogador de base com o Rajkovic do que um jogador de casa Rival, West Ham, vindo de fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Thiago Lyon