Foto do Dia

Mateja Kezman foi contratado pelo Chelsea na temporada 2004 por £5.3 mil e herdou a camisa #9 de Hasselbaink. Atuou em 40 partidas e marcou sete vezes com a camisa azul. Foi dele o gol que garantiu o título do Chelsea final da Carling Cup de 2005 contra o Liverpool.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

12 comments

  1. Lembrei de um certo espanhol quando li essa frese.”Atuou em 40 partidas e marcou sete vezes com a camisa azul.”

  2. Lembrei de um certo espanhol quando li essa frese.”Atuou em 40 partidas e marcou sete vezes com a camisa azul.”

  3. Eu sempre gostei do Kezman e acompanhei depois que saiu do Chelsea. Sei lá, eu gostava dele. Não era genial, mas sabia jogar.
    Não teve muito espaço no Chelsea por causa do Drogba, mas sempre gostei dele.

  4. Eu sempre gostei do Kezman e acompanhei depois que saiu do Chelsea. Sei lá, eu gostava dele. Não era genial, mas sabia jogar.
    Não teve muito espaço no Chelsea por causa do Drogba, mas sempre gostei dele.

  5. Era promessa, mas não vingou. Naquela época era difícil, tinha A fase do Drobga.

  6. Era promessa, mas não vingou. Naquela época era difícil, tinha A fase do Drobga.

  7. Não vingou porque não só tinha o Drogba como também o Crespo que tomou a 9 dele e Gudjohnsen que já estava a mais tempo no Chelsea e era matador na cara do gol, tinhamos exelentes reservas no ataque todos eram bons atacantes e hoje temos que nos contentar com Kalou como reserva. (Devido ao nosso técnico e de nossa brilhante diretoria que não tomam vergonha na cara pra fortalecer esse elenco limitado que temos).

  8. Não vingou porque não só tinha o Drogba como também o Crespo que tomou a 9 dele e Gudjohnsen que já estava a mais tempo no Chelsea e era matador na cara do gol, tinhamos exelentes reservas no ataque todos eram bons atacantes e hoje temos que nos contentar com Kalou como reserva. (Devido ao nosso técnico e de nossa brilhante diretoria que não tomam vergonha na cara pra fortalecer esse elenco limitado que temos).

  9. Hasselbaink jogava muito. Era fora de sério.
    E como o Joéliton disse, tinha o Crespo também. E foi justamente o argentino quem mais teve sorte e conseguiu fazer uma dupla com o Drogba.

  10. Hasselbaink jogava muito. Era fora de sério.
    E como o Joéliton disse, tinha o Crespo também. E foi justamente o argentino quem mais teve sorte e conseguiu fazer uma dupla com o Drogba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Maria Akemi

Pernambaiana, torcedora do Chelsea desde muito tempo.