Por conforto ainda maior na liderança, Chelsea enfrenta o Liverpool pela Premier League

Cada vez mais forte na liderança, o Chelsea pode dar um salto ainda maior rumo ao título da Premier League nesta terça-feira (31), quando enfrentará o Liverpool, quarto colocado na competição, em Anfield. A partida válida pela 23ª rodada, que terá início às 18 horas (horário de Brasília), será transmitida pela ESPN+, mas você também poderá acompanhar minuto a minuto da partida através do Twitter @ChelseaBrasil.

Revanche ao primeiro turno

O confronto da quinta rodada se repetirá com perspectivas um pouco diferentes desta vez. Na época disputando a primeira colocação entre si, com Everton e Manchester City também na briga pela posição, hoje, 10 pontos separam a equipe de Liverpool dos Blues, que assumiram a liderança após chegar a marca de 14 vitórias consecutivas na Premier League. Ironicamente porém, o confronto anterior entre os dois rivais marcou o fim da invencibilidade da equipe londrina, com uma derrota por 2 a 1 em Stamford Bridge.

Para o segundo encontro da temporada, no entanto, os Reds verão em campo uma equipe muito diferente da que enfrentaram no fim de 2016. Assim como vem acontecendo desde que Antonio Conte promoveu mudanças radicais em sua equipe após o clássico contra o Arsenal no primeiro turno, os titulares serão os mesmos que iniciaram a última partida pelo Campeonato Inglês, na vitória sobre o Hull City.

As únicas exceções podem ser o goleiro reserva Asmir Begovic e o lateral Branislav Ivanovic. Ambos foram titulares na partida do último fim de semana contra o Brentford, pela Copa da Inglaterra, mas podem estar de saída do clube. Caso sejam negociados nesta terça-feira, último dia da janela de transferência de janeiro, os dois estarão impossibilitados de atuar pelos Blues.

O restante da equipe segue sem alterações, bem como a lista de reservas, já que Conte terá todos os atletas a sua disposição, livres de suspensões ou lesões.

A busca pela reação em Anfield

Da luta pela liderança à quarta colocação na Premier League, o Liverpool sofre com altos e baixos ao longo de sua temporada. Vindo de três derrotas seguidas em casa – uma pela FA Cup, uma pela Copa da Inglaterra e outra pelo Campeonato Inglês – a vitória diante do primeiro colocado pode trazer de volta aos Reds a esperança de conquistar um algo a mais nesta temporada, além de alívio a sua torcida, que anda aflita com o frágil desempenho da equipe.

Para tentar alcançar este objetivo, o Liverpool terá alguns reforços para a partida: Sadio Mané, que estava com a Seleção Senegalesa disputando a Copa Africana das Nações, já retornou à Inglaterra após a eliminação para Camarões, e pode estar a disposição de Jurgen Klopp para esta terça-feira; e Adam Lallana, que vinha se recuperando de lesão, também pode voltar a compor o elenco dos Reds para o jogo. Nathaniel Clyne, no entanto, surge como dúvida, com uma possível lesão na região das costelas.

No mais, sem jogadores suspensos, Klopp deve manter em campo os mesmos jogadores que vem atuando como titulares na principal competição inglesa.

Prováveis escalações:

Liverpool (4-3-3): Mignolet; Clyne, Lovren, Matip, Milner; Lallana, Henderson (c), Wijnaldum; Mane, Sturridge, Coutinho.

Chelsea (4-1-4-1): Courtois; Ivanovic (c), Cahill, David Luiz, Azpilicueta; Kante; Willian, Matic, Oscar, Hazard; Diego Costa.

Entrevistas Pré-jogo

Antonio Conte (Chelsea)

Conte enalteceu o crescimento de seus comandados na competição desde o primeiro confronto diante do Liverpool (Foto: Chelsea FC)

Os surpreendentes resultados negativos que vem sendo colecionados pelo Liverpool tiveram destaque durante as coletivas que antecedem a partida, tanto do lado dos Blues quanto dos Reds. Conte, ao ser questionado, afirmou que a sequência de derrotas não é algo que possa ser considerado normal para uma equipe como a de Klopp.

“Os resultados recentes do Liverpool são difíceis de explicar, e eu só posso acreditar que tenham sido falta de sorte” – declarou o treinador.

Repórteres também comentaram sobre a diferença entre os momentos das duas equipes e como as circunstâncias mudaram para ambas desde o primeiro confronto, ainda no ano passado.

“Nós crescemos desde nosso primeiro encontro com o Liverpool, e provamos nosso valor no que diz respeito a identidade e a confiança da equipe desde então. Quando você enfrenta equipes do seu nível, é importante vencer pela confiança que se conquista, mas é claro que a dificuldade também é maior” – completou.

Jurgen Klopp (Liverpool)

Apesar dos maus resultados nas últimas partidas, Klopp ainda acredita que os Reds possam conquistar algo na Premier League (Foto: Liverpool FC)

Como não poderia deixar de ser, as três derrotas seguidas também tiveram destaque na coletiva de Klopp, que tentou dar uma ótica um pouco mais otimista ao momento que vivem seus comandados.

“Perder três jogos seguidos em casa parece ser algo abaixo da média, mas perder três jogos em três competições diferentes é melhor do que perder três em uma única competição”, afirmou Klopp.

Sem mencionar a possibilidade de voltar a brigar pelo título da Premier League apesar da ampla distância para o líder, o treinador ainda acredita em conquistas para essa temporada, como a classificação para uma das grandes competições europeias.

“Eu realmente acredito que devemos tentar de tudo e dar nosso melhor com a base que já temos construída. Vamos ser positivos. Ainda é possível que nos qualifiquemos para a Champions League.” – acrescentou de maneira otimista.

Fique de olho

Philippe Coutinho

Estrela do elenco do Liverpool nesta temporada, Philippe Coutinho já esta no clube há quatro anos (Foto: Liverpool FC)

Não é de hoje que o jovem brasileiro vem chamando a atenção com a camisa dos Reds. Após temporadas irregulares na Inglaterra, Coutinho teve atuações excepcionais no último ano, tornando-se uma das estrelas do elenco do Liverpool. Integrante da atual Seleção Brasileira, o camisa 10 assumiu o lugar do ídolo Steven Gerrard após sua saída do clube, tendo grande exito na posição. No início de janeiro deste ano, foi eleito o melhor brasileiro a atuar na Europa em 2016, desbancando o atacante Neymar, e vinha sendo especulado como o novo sucessor de Iniesta no Barcelona, até renovar seu contrato, há poucos dias.

Histórico recente

O último confronto terminou com vitória dos Reds em Stamford Bridge, quebrando a invencibilidade da equipe londrina na competição (Foto: David Rawcliffe/Propaganda)

No que diz respeito aos últimos confrontos entre Chelsea e Liverpool, a equipe do noroeste do país leva pequena vantagem. Em cinco encontros, os Blues somaram apenas uma vitória, em 2015, acompanhada de duas derrotas e dois empates. Na última partida, válida pela atual temporada da Premier League, os Reds venceram em Stamford Bridge por 2 a 1, com gols de Henderson e Lovren para os visitantes, e de Diego Costa para os donos da casa.

Curiosidades

  • Diego Costa marcou 15 gols em seus últimos 21 jogos pelo Campeonato Inglês (tendo um total de 16 gols na temporada);
  • O Liverpool não é derrotado pelo Chelsea na Premier League há quatro jogos consecutivos. Entretanto, não vence a equipe de londres em Anfield a mesma quantidade de partidas;
  • O Chelsea venceu 15 de seus últimos 16 jogos pela liga, perdendo apenas para o Tottenham, no clássico londrino;
  • Os Reds não venceram nenhuma partida da Premier League sem Sadio Mane, marcando apenas três gols em todas as partidas sem o atacante;
  • A equipe londrina conquistou 13 clean sheets (partidas finalizadas sem sofrer gols) nesta temporada.

Category: Competições

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.