Löw evita comparar Chelsea e Grécia

Joaquim Löw, técnico da seleção alemã, sabe que terá um confronto de defesa contra ataque na sexta-feira, dia 22 de junho quando enfrenta a seleção grega, válido pelas quartas-de-finais da Eurocopa 2012. A seleção da Grécia é uma das seleções que menos tomou gol na atual Eurocopa.

Segundo Löw, a Grécia se assemelha ao Chelsea em números de gols e com uma defesa sólida, difícil de se quebrar. Nestes requisitos o time londrino venceu a Liga dos Campeões também em cima de um time da Alemannha, o Bayern de Munique. Mas o técnico alemão prefere não comparar o Chelsea a Grécia, até porque, segundo ainda Löw, são times estilos totalmente diferentes.

– Ouvi muito sobre o Chelsea jogando defensivamente. Acontece que os gregos jogam nesse estilo há anos, sei que o técnico (Fernando Santos) gosta de uma boa combinação de jogo e fazem isso muito bem. A linha de defesa é muito boa, até no um contra um. Talvez até em 2004 tenha sido a mesma coisa, no contra-ataque, como fizeram contra a Rússia. Eles estão sempre ali, podem viver assim. Já o Chelsea joga em uma liga diferente e não foi parecido nas semifinais e final da Champions – disse.

O treinador da Alemanha afirmou também saber o que quer do seu elenco:

– Deverá ser um jogo fechado porque a Grécia não é um time que se abre com facilidade. Temos nossas opções. É importante utilizá-las com instinto e paciência. Eles são muito fortes na defesa e podem colocar nove jogadores na grande área. Mas nós vamos ter de achar uma maneira de criar chances – afirmou.

Category: Competições

Tags:

Article by: Renato Felipe