Frank Lampard concede entrevista sobre Champions League e jogos da primeira fase

Lampard elogia peças da equipe e desempenho coletivo contra Burnley

Frank Lampard concedeu entrevista ao site oficial do clube sobre o desempenho da equipe de Londres. Entretanto, o técnico do Chelsea respondeu questionamentos sobre algumas peças da equipe. Primeiramente, Edouard Mendy foi mencionado pelo treinador. Posteriormente, Mason Mount, Thiago Silva e Kai Havertz foram apontados como destaques positivos.

Mendy e sua segurança

“Desde o primeiro jogo que ele entrou, ele jogou bem”, iniciou Frank Lampard sobre Edouard Mendy. “Ele mostrou sua própria segurança e é isso que estávamos buscando. Quando o trouxemos, era claramente para a competição do plantel e cabe aos jogadores mostrar a sua qualidade. E ele mostrou”, afirmou o técnico do Chelsea.

“Estou muito satisfeito com a maneira que ele [Mendy] começou. Ele está muito bem adaptado, se envolvendo bastante, treina forte e quer conversar e se relacionar com outros atletas do time. Por isso, foi um começo muito bom para ele”, afirmou Lampard.

Elogios ao sistema defensivo também; destaque para Thiago Silva

Thiago Silva concedeu entrevista ao Chelsea FC Programme
Thiago Silva foi elogiado por Frank Lampard. Além disso, Edouard Mendy foi destacado pelo técnico do Chelsea. (Chelsea FC / Website)

“E não é somente o Mendy, devemos olhar a equipe e a forma como defendemos. O Thiago [Silva] entrou no setor defensivo também e estamos trabalhando na disciplina da equipe e como devemos no defender nas proximidades da área. Tem sido uma constante para nós. Assim sendo, temos que dar crédito aos indivíduos dentro de um coletivo. Ele saiu muito bem também”, salientou Frank Lampard.

Olhar sob o meio-campo

“Gostei do equilíbrio do meio-campo. N’Golo Kanté foi fantástico próximo ao Mason [Mount] e Kai [Havertz]. Havia uma fluidez quanto ao setor. Eles podiam se lançar e pegar a bola em áreas mais ‘profundas’ do campo. Havia muita energia no meio-campo. Além disso, havia qualidade também”, disse.

“Jogamos de uma forma um pouco diferente dos últimos jogos e tivemos muitos aspectos positivos. Isso não significa que não podemos mudar novamente, mas é ótimo ver o que a alteração fez por Kai e pelo Mason. Trouxe os melhores atributos do que as pessoas falam sobre jogadores ofensivos”, apontou.

“Eu fiquei realmente impressionado com a humildade e a ética de trabalho dos dois [Mason e Kai]. Eles estavam preparados para desempenhar as funções do ‘número 8’. Isso é o que eu quero dos jogadores que atuam na posição. Eu quero que eles se juntem, possam construir, concedam assistências e marquem gols. Em suma, eles fizeram isso”.

Mason e Kai

Mason Mount disputa bola contra rival. Além disso, Lampard escalou Pulisic para o embate. Entretanto, o camisa 10 sentiu uma lesão no aquecimento.
Mason Mount disputa bola contra rival. Além disso, o meio-campista foi muito elogiado pelo desempenho na criação do time visitante. (Premier League / Site)

“Eu nunca duvidei do profissionalismo de Mason. Há coisas que vejo nos bastidores que as pessoas de fora do clube não veem. Sua atitude é de primeira classe em cada minuto de trabalho e no dia a dia”, iniciou Lampard.

“Kai Havertz mostrou muito o seu modo de jogar nas últimas partidas. Pegando a bola em determinada área e chegando até o setor defensivo rival. Certamente isso me deu bons sentimentos e algumas ideias. Não treinamos muito, estamos jogando as partidas e melhorando dentro dos jogos. Além disso, as vezes é preciso um pequeno processo de ajustes na formação para vermos qual é o melhor caminho a seguir. Continuamos nos aprimorando, mas quando você vê performances como essa, você fica com um sentimento positivo”, disse Frank Lampard.

Além disso, o Chelsea Brasil está muito próximo de ser reconhecido novamente como Torcida Oficial dos Blues. Por isso, clique no banner abaixo e nos ajude.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.