Lampard confirma que Hudson-Odoi atuará contra Sevilla

Lampard confirma que Hudson-Odoi atuará contra Sevilla

Frank Lampard destinou boa parte de sua entrevista coletiva para falar sobre Callum Hudson-Odoi. O atleta fez uma partida de destaque contra o Rennes, inclusive marcando um dos gols visitantes do Chelsea no duelo. Entretanto, no jogo seguinte contra o Tottenham, não constava o nove do jovem atleta na lista de relacionados para o clássico. Por isso, Lampard falou sobre a decisão anterior e confirmou que Hudson-Odoi terá minutos de jogo contra o Sevilla.

Como foi a decisão de não relacioná-lo?

“Foi difícil. Eu tenho ficado satisfeito com o treinamento dele ultimamente. Eu conversei com ele diversas vezes desde que eu cheguei aqui e sua ética de trabalho e sua atitude é muito grande. Isso se reflete no gol contra o Rennes e jogando bem. Logo após, ele jogou contra o Newcastle e foi brilhante. Posteriormente, ele atuou com a Inglaterra Sub-21 e novamente jogou bem”, iniciou Frank Lampard.

Hudson-Odoi no treinamento antes da viagem para a Espanha. Anteriormente, o atleta fez um dos gols contra o Rennes, na vitória por 2 a 1.
Hudson-Odoi no treinamento antes da viagem para a Espanha. Anteriormente, o atleta fez um dos gols contra o Rennes, na vitória por 2 a 1. (Chelsea FC / Site)

“Quando tenho um plantel totalmente apto, como é o caso atual, tenho difíceis decisões de deixar atletas de fora das convocações. Atletas que trabalharam duro durante a semana e estão com muita vontade de atuar pela equipe, mas tenho que tomar essa decisão. Portanto, eu falei com Callum pessoalmente [antes do jogo contra o Tottenham], pois queria que ele entendesse o cenário que ele está nesse momento. Em uma progressão que está melhorando para mim”, disse Lampard.

“Eu quero ver mais do mesmo da parte dele. Afinal, quero ver esse progresso de Callum continuando. Se tem momento que ele está inserido ou se tem momento que ele está fora do time, o mais importante é ele continuar positivo e faz parte do meu trabalho ter esse nível de comunicação. Há momentos que outros jogadores vão ter que ficar de fora e essa conversa será feita com eles.

A reação de Callum Hudson-Odoi

“Não é uma conversa fácil, todos os jogadores querem jogar, e eu espero isso. E ele terá a oportunidade, terá minutos amanhã. Cabe a ele continuar mostrando que merece começar, pois há competição nessa área. Essa é a atual realidade do Chelsea”.

“Eu não estou preocupado com o barulho em torno disso ou sobre o que as escolhas podem significar no futuro. Eu estou apenas preocupado em escolher os times certos e, ao mesmo tempo, quando estou tirando alguém do plantel, e o jogador merece estar incluído, eu tenho que ser direto e honesto com ele nessa situação. I tento trabalhar para mantê-los positivos e na direção certa”.

Evolução do atleta

O momento que Hudson-Odoi abre o placar para o Chelsea. Anteriormente, Mason Mount concedeu passe brilhante para o camisa 20 dos Blues.
O momento que Hudson-Odoi abre o placar para o Chelsea contra o Rennes. Anteriormente, Mason Mount concedeu passe brilhante para o camisa 20 dos Blues. (Chelsea FC / Site)
[Sobre evolução], todos nós temos degraus na escada e o início da carreira de Callum, quando ele entrou no time, foi estranho. Tinha muita conversa em torno dele antes de eu chegar, e então ele teve uma lesão muito grave. Para o final da temporada passada e, até mesmo nesta temporada, eu acho que Callum deixou claro quando estava no serviço internacional que sentia um pouco a lesão”.

“Não é bom dizer para um atleta que ele não está na equipe, mas eu tenho que observar o quadro geral e sei que Callum tem centenas de jogos pela frente e tem um progresso para ser feito. Ele causará um grande impacto por causa do seu talento. Entretanto, ele tem que continuar fazendo o trabalho duro que ele mostra atualmente”, concluiu Frank Lampard.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.