Hudson-Odoi fala sobre necessidade de recuperação na PL

Hudson-Odoi fala sobre necessidade de recuperação na PL

Callum Hudson-Odoi concedeu entrevista sobre os duelos do Chelsea neste final do ano. O jovem atleta iniciou suas considerações sobre o revés contra o Arsenal. Em contrapartida, Hudson-Odoi mencionou as necessidades no próximo duelo da Premier League, diante do Aston Villa, nesta segunda-feira (28). O jogo está agendado para às 14h30 (horário de Brasília), com transmissão da ESPN Brasil.

A derrota contra o Arsenal

“Com um 2 a 0 no placar, você entre no jogo e está pensando sobre como você pode impactar no jogo. Além disso, [pensar em] como você pode tentar mudar o placar. Portanto, em minha cabeça, eu só queria dar o meu melhor e tentar alterar a situação”, disse Callum Hudson-Odoi sobre a sua entrada no segundo tempo de Arsenal e Chelsea.

“Foi uma falta de sorte que eles fizeram outro gol. Entretanto, mesmo com o 3 a 0, continuamos confiantes e tentamos diminuir a desvantagem. Continuamos, mas infelizmente não conseguimos o resultado”, afirmou o atleta.

“Nós sabemos que podemos fazer muito mais e melhor do que fizemos. Deveríamos ter mesma energia do segundo tempo na primeira etapa. Além disso, deveríamos ter a mesma atitude e atuar fortemente os 90 minutos. Estamos muito desapontados. Nós começamos muito lentos e sabemos disso. Além disso, saberíamos que seria um jogo difícil. É o Arsenal, um bom time. Ou seja, queríamos somar os três pontos lá, mas não conseguimos.

Próximo jogo contra o Aston Villa

“Temos que refletir sobre nós entre esses jogos. Esperançosamente, vamos nos recuperar no próximo jogo. Poderíamos ter feito bem melhor em todos os aspectos do jogo [contra o Arsenal]. Entretanto, agora temos que voltar ao centro de treinamento e trabalhar em tudo que fizemos de errado”, disse.

“Não importa onde estamos da Premier League. Vamos continuar perseguindo a primeira colocação e não importa qual jogo seja. Nós somos o Chelsea. Ou seja, queremos dar o nosso melhor e subir na tabela. Queremos os três pontos contra cada oponente que jogamos, marcar gols e conceder menos gols”, disse Callum Hudson-Odoi.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.