Ferreira sobre Jesus: “O treinador mais importante da minha carreira”

Paulo Ferreira devota seus agradecimentos a uma pessoa que o ajudou durante o início da carreira como profissional. Quem seria essa pessoa? Jorge Jesus, treinador do Benfica, rival do Chelsea na partida de hoje, pela Champions League.

Jesus era treinador do Vitoria Setubal, clube em que Ferreira iniciou sua carreira como profissional. “Ele foi uma pessoa importante no começo da minha carreira profissional. Ensinou-me coisas táticas sobre um lateral-direito, porque eu havia jogado nessa posição pela seleção quando retornei a Setubal” comentou Ferreira.

“Joguei contra a Holanda como lateral-direito, porque o titular estava suspenso. O treinador da seleção falou comigo e perguntou se eu poderia atuar naquela posição. Eu estava feliz por ajudar. Jogar pela seleção nacional foi realmente muito importante para mim. Empatamos em 1×1 e quando eu voltei para Setubal, tínhamos um novo treinador [Jorge Jesus].”

“Na minha primeira temporada com Jesus, ele me colocou como lateral-direito. Ele assistiu ao jogo entre Portugal e Holanda e gostou da minha movimentação, então me torneio lateral. No começo, foi difícil para mim aprender os ofícios defensivos e ter uma rápida reação. Ele me ensinou várias coisas sobre atuar defensivamente. Jesus foi o treinador mais importante da minha carreira.”

Hoje Ferreira terá outra chance para mostrar a Jesus que seus ensinamentos deram certo, ajudando o Chelsea a se classificar para a semifinal da competição.

Category: Competições

Tags:

3 comments

  1. Antes ele era zagueiro ou volante, se não me engano.

    Ferreira não vai ser titular hoje, né? Fala sério! Só Jesus salva, se é que vocês me entendem. =P

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Maria Akemi

Pernambaiana, torcedora do Chelsea desde muito tempo.