Em jogo fácil, Chelsea joga para o gasto e vence Maccabi Tel Aviv

William marcou mais um gol de falta nesta Champions (Foto: Chelsea Twitter)
William marcou mais um gol de falta nesta Champions (Foto: Chelsea Twitter)

Após conquistar importante vitória no último final de semana, em partida válida pela Premier League, o Chelsea foi até Israel e venceu o modesto Maccabi Tel Aviv por 4 a 0, gols de Gary Cahill, William, Oscar e Kurt Zouma em encontro válido pela quinta rodada da fase de grupos da UEFA Champions League.

Se o Dynamo de Kiev não tivesse vencido o Porto, o Chelsea estaria automaticamente classificado para as oitavas de final da competição. Entretanto, agora o clube londrino terá que vencer o time português na última rodada em Stamford Bridge para garantir a classificação.

Maccabi começa assustando, mas Chelsea controla o primeiro tempo

Logo no primeiro minuto de jogo, Dasa fez boa jogada individual pela direita e cruzou na área. Ben Haim subiu sozinho e desviou por cima do gol, sem grandes perigos ao gol azul. Aos quatro minutos, Zahavi recebeu pela meia esquerda e entrou na área, mas foi travado por Cahill na hora do arremate. A bola ainda sobrou para Igiebor, que acabou isolando.

Após isso, o time da casa diminuiu o ritmo e os Blues começaram a dominar a posse da bola, mas sem criar nenhuma chance clara nos minutos iniciais. O trio de ataque, Hazard, William e Oscar, se movimentava bastante, mas faltava objetividade na hora de finalizar.

Mesmo sem pressionar, o Chelsea abriu o placar. Aos 19 minutos, Willian bateu escanteio pelo lado direito e alçou a bola na área. Cahill subiu lá em cima e cabeceou bem no canto, o goleiro do Maccabi fez ótima defesa, mas a bola sobrou novamente para o zagueiro do Chelsea empurrar para a rede, abrindo o placar em Israel.

Depois do gol, os Blues continuaram dominando o jogo, mas sem levar perigo ao goleiro da casa. Antes de acabar o primeiro tempo, o zagueiro Ben Haim, do Maccabi, deu um pontapé em Diego Costa e foi expulso, complicando ainda mais o jogo para o time da casa.

O primeiro tempo foi fácil para os Blues, mas sem nenhum brilho por ambas equipes. O Chelsea aproveitou a única chance clara de gol que teve para sair na frente e dominar a partida.

Brasileiros definem na etapa final e Chelsea goleia

Mesmo com um a menos, o Maccabi começou a etapa final disposto a fazer bonito perante sua torcida. Aos quatro minutos, Dasa foi lançado por Alberman pelo lado direito do ataque israelense, entrou na área e bateu para o gol. Begovic fez grande defesa!

O Chelsea voltou para a segunda etapa como terminou a primeira, lento e pouco inspirado, deixando o time da casa se empolgar na partida.

O que não teve de emoção na etapa inicial, na segunda começou logo prometendo. Aos 15′, Hazard recebeu na entrada da área e soltou uma bomba. Rajkovic fez grande defesa. Logo em seguida, Baba Rahman cruzou e Azpilicueta chegou chutando. Novamente, o goleiro adversário fez mais uma grande defesa. Em resposta rápida, Zahavi foi acionado em velocidade pelo lado direito, entrou na área e bateu cruzado, obrigando Begovic a espalmar pra fora.

Após esses lances, o Chelsea voltou a ter o domínio e em cinco minutos matou o jogo de vez. Em mais uma bela cobrança de falta na entrada área, William marcou o segundo gol da partida. Logo em seguida, Baba Rahman desceu pela esquerda e fez um cruzamento na medida. Oscar subiu livre na pequena área e fez o terceiro dos Blues.

Após os gols, ambos os treinadores mudaram suas equipes, mas os jogadores que entraram pouco interferiram no resultado final.

No fim, ainda deu tempo de o zagueiro Zouma marcar o dele e liquidar a goleada em Israel. Oscar bateu escanteio pelo lado direito e alçou a bola na área. O jovem beque francês subiu sozinho e mandou para o fundo do gol.

Ficha Técnica

Escalações

Chelsea (4-2-3-1): Begovic; Azpilicueta, Cahill, Terry (72′ Zouma), Baba Rahman; Matic, Fàbregas; William (79′ Remy), Oscar, Hazard (69′ Pedro); Diego Costa.

Téc.: José Mourinho

Reservas não utilizados: Blackman, Ivanovic, Mikel, Loftus-Cheek.

Maccabi Tel Aviv (4-2-3-1): Rajković, Dasa, Ben Harush, Ben Haim, García, Alberman (85′ Azulay), Zahavi (89′ Itzhaki), Rikan, Igiebior, Peretz, Ben Chaim (80′ Ben Basat).

Téc.: Slavisa Jokanovic

Reservas não utilizados: Lifshitz, E.Tibi,Mitrovic, Vermouth.

Gols: Cahil (19′ CHE), William (73′ CHE), Oscar (77′ CHE), e Zouma (90′ CHE)

Cartões Amarelos: Matic (59′ CHE) e Fábregas (84′ CHE)

Cartão Vermelho: Ben Haim (40′ MAC)

Category: Competições

Tags:

Article by: David Marques