Em Jogaço, Inglaterra de Terry e Cole elimina Suécia por 3×2

Todos os jogadores do Chelsea venceram na 2ª rodada da Euro-12

Pela última partida da 2ª rodada da Euro-12, no Grupo D, Inglaterra e Suécia se enfrentaram em um jogo muito movimentado e com boas alternativas no placar. Com gols de Carrol, Walcott e Welbeck, a Inglaterra se aproximou da vaga ao chegar aos 4 pontos e eliminar a Suécia de Ibrahimovic, que ainda não pontuou na competição.

John Terry e Ashley Cole foram titulares durante todo o confronto e tiveram mais uma sólida atuação, sem erros na defesa e com Cole ainda ajudando em algumas transições da defesa para o ataque e Terry quase marcando de cabeça. O nome da partida foi o meia Theo Walcott, do Arsenal, que entrou no lugar do fraco Milner e mudou a partida ao marcar um gol e dar passe para o outro, conseguindo a virada para a Inglaterra.

Os ingleses foram para o intervalo com a vantagem de 1×0. Na volta, apostando na categoria de Larsson, jogador da Premier League, na cobrança de bolas paradas, alcançaram a virada por 2×1 com dois gols do defensor Melberg, embora o primeiro tenha sido creditado como contra de Johnson. O mesmo Johnson que deixou o zagueiro subir sozinho no segundo gol sueco.

Foi aí que Walcott entrou no lugar do desnorteado Milner. Em belo cruzamento de Gerrard, Terry cabeceou na pequena área e o goleiro Isaksson fez milagre. No entanto, falhou feio após a cobrança de escanteio, quando Walcott apanhou o rebote e chutou sem grandes pretensões no meio do gol.

A virada veio com outra jogada de Walcott, que caiu pela direita e tocou para Welbeck marcar belo gol de calcanhar. Os ingleses apenas seguraram o placar e agora basta confirmar a classificação com um empate diante da Ucrânia, em partida que marcará a volta de Wayne Rooney, suspenso dos dois jogos iniciais do torneio.

Malouda não participa de vitória da França

Em partida marcada por uma tempestade que teve de interromper o jogo, a França não encontrou dificuldades para bater a hospedeira Ucrânia por 2×0. Florent Malouda perdeu a vaga de titular para Menez, ficando no banco durante toda a partida.

O próprio Menez inaugurou o placar, que foi fechado por Cabaye. Aos franceses, basta confirmar a classificação em partida contra a já eliminada Suécia.

Category: Competições

Tags:

Article by: Rodrigo Q