Com gol aos 44 minutos, Chelsea vence e mantém diferença na liderança

Willian comemora o gol da vitória ao lado de Drogba (FOTO: Dailymail)
Willian comemora o gol da vitória ao lado de Drogba

Emocionante. Assim pode se resumir a vitória do Chelsea na noite desta quarta-feira (11) por 1 a 0 contra o Everton. Em partida válida pela vigésima quinta rodada da Premier League, o Chelsea dominou a partida criando várias chances principalmente nos primeiros 30 minutos da primeira etapa. Depois disso o Everton soube acertar a marcação e dificultou muito o jogo.

No segundo tempo, os Blues buscaram a vitória, mas o goleiro Tim Howard começou a aparecer na partida, salvado os Toffes. Mas mostrando que quer voltar a ser titular, Petr Cech salvou o Chelsea na única oportunidade que os adversários tiveram numa espetacular defesa. Já no fim da partida, o sufoco veio em forma de cruzamentos. E aos 44 minutos da segunda etapa, após um cruzamento, a bola sobrou para o decisivo Willian que acertou um belo chute de fora da área, garantindo a vitória e a vantagem de sete pontos na liderança do campeonato.

As duas equipes só voltam a campo na próxima semana por competições europeias. O Chelsea jogará a partida de ida das oitavas-de-final da UEFA Champions League contra o Paris SG na terça-feira (17) às 17H45 (horário de Brasília). Dois dias depois, 19, o Everton irá até a Suiça enfrentar o Young Boys.

Chelsea domina, mas não consegue abrir o marcador

A partida já começou agitada como prometido. Com pouco mais de um minuto de jogo, Matic carregou a bola pelo meio, cortou dois adversários e finalizou por sobre o gol, assustando Howard. Com três minutos o primeiro lance polêmico da partida. Naismith desvia a bola com a mão dentro da área e o árbitro não assinalou penal. Com cinco minutos o Chelsea já mostrava que ia pressionar o jogo todo. Willian recebeu a bola na ponta esquerda, carregou pelo meio e finalizou com efeito no ângulo, mas por cima do gol.

Já na primeira jogada de perigo do Everton, Lukaku quase marcou. Aos sete minutos, num passe errado de John Terry, nos pés de Aaron Lennon passou para o atacante belga que invadiu a área e finalizou no canto, obrigando Petr Cech a fazer a defesa com os pés. Aos 13 minutos outro lance de perigo do Chelsea. Azpilicueta faz o cruzamento, com desvio e Remy cabeceia a bola no canto e Howard pratica grande defesa. 16 minutos a pressão continuava. Hazard recebeu a bola no meio campo, carregou para dentro da área, cortou o zagueiro e passou para Remy que chutou travado por Stones. Aos 19 minutos, veio o primeiro contra ataque. Ramires antecipou um passe, tocou para Cuadrado que atravessou o meio de campo e passou para Remy que invadiu a área e bateu cruzado, quase abrindo o marcador.

Chelsea dominava o primeiro tempo completamente, já com oito finalizações contra apenas três do Everton, com 30 minutos de partida. Depois dos 35 minutos, os Blues começaram a ter mais dificuldade para invadir a área e criar chances. Última lance de perigo no primeiro tempo aconteceu aos 42 minutos, numa cobrança de escanteio, Terry antecipou Naismith e cabeceou por sobre o gol.

Goleiros se destacam, mas Willian garante mais uma vitória

O Chelsea começou a segunda etapa da mesma forma que terminou a primeira. Rodando a bola no ataque, mas sem levar perigo e errando muitos passes. Primeiro lance de perigo só foi acontecer aos sete minutos. Lennon tentou surpreender o goleiro Cech, chutando ao ínves de cruzar, mas não levou perigo. Primeira oportunidade do Chelsea só aconteceu aos nove minutos. Cruzamento de Azpilicueta e Ivanovic cabeceou de muito longe para defesa tranquila de Howard.

As jogadas de mais perigo aconteciam com Hazard. O meia tentava criar vários lances de perigo. Aos 15 minutos, ele passou por dois marcados pela ponta direita e finalizou forte, para grande defesa do goleiro americano. Um minuto depois, o goleiro fez outra grande defesa. Cobrança de falta perfeita de Matic, por sobre a barreira e o goleiro espalmou para escanteio. E Howard começou a se destacar na partida e salvando o Everton. Aos 21 minutos, Willian recebeu a bola na área, levou pra perna direita e e bateu no canto para mais uma grande do goleiro. Mas não foi só o goleiro americano que se destacou. Na primeira grande chance do Everton na partida, aos 25 minutos, cruzamento rasteiro de Oviedo nos pés de Lukaku que finalizou livre para linda defesa de Cech com os pés.

Outro lance de perigo só foi surgir aos 37 minutos, quando Mirallas arriscou um chute de fora da área assustando o goleiro tcheco. Nos últimos dez minutos o Chelsea foi para a pressão e começou a abusar de bolas cruzadas na área adversária. Aos 41 minutos, Matic, arrisca chute de fora da área, a bola desvia e vai para o gol. Só que o desvio foi de Ivanovic e o bandeira marcou impedimento corretamente. Mais aos 44 minutos, após a expulsão de Barry e uma bola cruzada mandada pra área. O rebote sobrou para Willian que chutou rasteiro de fora da área, no canto, fazendo o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA:

CHELSEA: Cech; Ivanovic, Zouma, Terry (c), Azpilicueta; Ramires, Matic; Cuadrado (69′ Fabregas), Willian (91′ Cahill), Hazard; Remy (69′ Drogba)
Reservas não utilizados: Courtois, Ake, Filipe Luis, Loftus-Cheek

Everton: Howard, Coleman, Stones, Jagielka, Oviedo, Barry, Besic (45′ McCarthy), Barkley (73′ Gibson), Lennon (73′ Mirallas), Naismith, Lukaku
Reservas não utilizados: Joel, Kone, Garbutt, Alcaraz

Gols: 89′ Willian (CHE)

Cartões Amarelos: 4′ Besic (EVE), 14′ Azpilicueta (CHE), 23′ 87′ Barry (EVE), 57′ Coleman (EVE), 87′ Fàbregas (CHE), 87′ Ramires (CHE)

Cartões Vermelhos: 87′ Barry (EVE)

Estádio: Stamford Brigde

Árbitro: Jonathan Moss | Assistentes: John Brooks e Edward Smart

Category: Competições

Tags:

Article by: Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.