Chelsea vence Porto com autoridade e se classifica para as oitavas de final da Champions League

Comemoram os jogadores dos Blues (Foto: Chelsea FC)
Comemoram os jogadores dos Blues (Foto: Chelsea FC)

Ufa! Um gol em cada tempo assegurou a vitória de 2 a 0 do Chelsea sobre o Porto em Stamford Bridge e permitiu aos Blues progredirem para as oitavas de final da Champions League como vencedores do Grupo G. O time de José Mourinho produziu uma exibição dominante e o time comandado pelo português poderia ter vencido por uma margem ainda maior, mas nossa passagem como um dos 16 melhores times da temporada se deu a partir de um gol contra de Ivan Marcano e um gol no início do segundo do tempo proveniente dos pés do brasileiro Willian. Houveram muitas chances para dilatar a vantagem, com Eden Hazard, Oscar e Diego Costa chegando muito perto, mas o que realmente importou foi a vitória. O fato de vencer e jogar com grande trabalho de equipe encheu a equipe de espírito e os torcedores no estádio ao apito final.

Primeiro tempo de apreensão do Chelsea apesar do gol

O começo de jogo começou frenético com os Blues atacando bastante e chegando com autoridade ao campo ofensivo do Porto, mas a primeira chance foi do Porto, com Yacine Brahimi chutando e Courtois defendendo. Porém, aos 11 minutos foi o Chelsea quem abriu o placar. Ramires encontrou Eden Hazard no meio-campo, e o belga tocou para Diego Costa num passe inteligente. O atacante demonstrou grande força física para escapar do defensor e chutar para o gol. O chute do hispano-brasileiro foi defendido por Casillas e, no rebote, a bola bateu em Ivan Marcano e foi indo para o gol vazio. Maicon tentou impedir que a bola entrasse, mas não foi suficiente. A bola passou a linha e o juiz marcou o gol para o Chelsea.

O Chelsea procurava atacar ainda mais e Oscar não teve a sorte de ampliar o marcado após chute de fora da área, que contou com desvio em Marcano e matou o goleiro Casillas, mas a bola passou muito perto do gol. Com a partida entrando nos seus últimos 10 minutos, não houveram muitas oportunidades claras e Mourinho se mostrou realmente agradado com a solidez defensiva do time.

Segundo tempo de alívio para os Blues

A partida começou na segunda parte com a boa participação de Willian que, após passe de Diego Costa, forçou Casillas a fazer uma boa defesa. Brahimi, que tinha feito a maior ameaça do time adversário até o momento, fez a bola passar perto da trave perto da marca de pênalti do gol defendido por Courtois.

Willian comemora o segundo gol do Chelsea (Foto: UEFA)
Willian comemora o segundo gol do Chelsea (Foto: UEFA)

Coincidentemente, em lance parecido, o Chelsea aumentou a vantagem. Com passe de Hazard, Willian chutou no canto direito de Casillas, não dando alguma chance para o goleiro espanhol e fazendo o 2 a 0. Foi o sétimo gol do brasileiro na temporada e o seu primeiro com bola rolando. O gol obrigou o Porto a substituir Imbula e Maxi Pereira por Aboubakar e Ruben Neves, respectvamente, após 15 minutos da segunda etapa.

Os jogadores de frente do Chelsea estavam bem entrosados e, quando Oscar lançou Hazard, outra oportunidade apareceu. O ala controlou a bola e passou-a para Diego Costa, mas o passe foi interceptado por Marcano. Momentos depois, Hazard lançou novamente Diego Costa entre Maicon, os jogadores disputaram ombro-a-ombro, com o brasileiro levando a melhor.

Do outro lado, Terry desarmou impressionantemente Aboubakar duas vezes num espaço de um minuto, e Zouma não ficou para trás após desarmar perfeitamente Jesús Corona. O Porto não estava morto e também tentava, mas parava em Courtois e nas suas próprias limitações, deixando espaços e contra-ataques para o Chelsea.

Porém, a partida terminou por isso mesmo e o Chelsea conseguiu se classificar como líder de seu grupo na Champions League pela décima vez em 13 anos. Com o futebol europeu parando até Fevereiro, o time de Londres focará na Premier League, e o próximo confronto é contra o Leicester City, na segunda-feira (14) e, como de costume, o Chelsea Brasil cobrirá o evento. Mais cedo, na segunda, o Chelsea saberá seu oponente nas oitavas de final através do sorteio oficial da UEFA Champions League. O Chelsea tem a possibilidade de enfrentar, na próxima fase, Benfica, Gent, Juventus, PSG, PSV ou Roma.

Chelsea (4-2-3-1): Courtois (g); Ivanovic, Zouma, Terry (c), Azpilicueta; Ramires, Matic; Willian, Oscar (80′ Pedro), Hazard (89′ Rémy); Diego Costa (85′ Mikel);

Técnico: José Mourinho.

Porto (4-3-3): Casillas (g); Maxi Pereira (55′ Neves), Maicon (c), Marcano, Martins Indi; Herrera (70′ Tello), Danilo, Imbula (55′ Aboubakar); Corona, Brahimi, Layún;

Técnico: Julen Lopetegui.

Cartões Amarelos: Diego Costa (19′ CHE), Matic (25′ CHE), Pereira (33′ POR), Danilo (40′ POR), Martins Indi (42′ POR);

Estádio: Stamford Bridge (Londres, Inglaterra);

Público: 41.096;

Árbitro: Cuneyt Cakir.

Category: Competições

Tags:

Article by: Luis Felipe Zaguini

Doente pelo Chelsea.