Chelsea enfrentou Everton, fora de casa, na 12ª rodada da Premier League.

Chelsea sofre segunda derrota na Premier League

Em jogo válido pela 12ª rodada da Premier League, o Chelsea enfrentou o Everton, em Goodison Park, e foi derrotado por 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Sigurdsson, aos 22 minutos do primeiro tempo, convertendo penalidade máxima. Com o resultado, a equipe de Liverpool encerrou um pequeno jejum de duas partidas sem vitórias. Por outro lado, a equipe de Londres sonhava com a vitória para dormir na liderança da Premier League. Por fim, a equipe de Stamford Bridge somou o segundo revés da competição inglesa.

Chelsea cria chances, mas Everton avence etapa inicial

Kai Havertz iniciou o embate contra o Everton. Entretanto, a primeira etapa do futebolista alemão foi bem discreta.
Kai Havertz iniciou o embate contra o Everton. Entretanto, a participação do futebolista alemão foi bem discreta em Goodison Park. (Chelsea FC / Twitter)

A primeira finalização foi da equipe da casa. Richarlison invadiu a área do Chelsea e chutou fraco para defesa de Mendy, Três minutos depois, após escanteio, Mina cabeceou por cima do gol visitante. O Chelsea manteve a posse de bola e buscava espaço diante de um Everton bem postado. No 17º minuto, após falta cobrada pelo Everton, Mendy se chocou contra Reece James. Primeiramente, o goleiro ficou no chão após o lance. Posteriormente, ele foi atendido e seguiu em campo.

Aos 20 minutos, Calvert-Lewin disputou a bola com a zaga do Chelsea e conseguiu resvalar na bola. Logo após, Mendy perdeu o tempo, saiu mal do gol e atingiu o atacante do Everton. O árbitro Johnatan Moss marcou a penalidade máxima. Na marca da cal, Sigurdsson bateu e converteu o pênalti. 1 a 0 para o time de Goodison Park. Dois minutos depois, a primeira tentativa perigosa do Chelsea. James cobrou falta com perigo e Pickford fez a defesa. No lance seguinte, James finalizou de fora da área e acertou a trave do Everton.

Aos 27 minutos, o Chelsea cobrou falta, Giroud desviou e Zouma finalizou no centro do gol. Em seguida, Pickford fez a defesa. Aos 34, Iwobi passou por Chilwell, entrou na área e finalizou em cima da zaga rival. Dois minutos depois, Kovacic cruzou baixo e Werner tentou o desviou. A bola subiu demais e foi por cima do gol de Pickford. Aos 39, Richarlison recebeu passe de Iwobi e finalizou. Por fim, Mendy defendeu o chute do brasileiro. Fim de primeiro tempo no Goodison Park, vitória parcial do Everton por 1 a 0.

Chelsea acerta a trave; placar não sofre alterações no segundo tempo

Mateo Kovacic fez a sua 50ª partida como titular pelo Chelsea em jogos da Premier League.
Mateo Kovacic fez a sua 50ª partida como titular pelo Chelsea em jogos da Premier League. (Chelsea FC / Site)

No primeiro minuto de jogo, Mason Mount acertou o travessão de Pickford. O atleta do Chelsea aproveitou que o goleiro mandante perdeu o tempo de bola e finalizou por cima do arqueiro. Por fim, a bola bateu caprichosamente do travessão. Aos seis minutos, Richarlison finalizou colocado e Mendy espalmou a tentativa do atleta do Everton. Dois minutos depois, Sigurdsson cobrou falta perigosamente, mas a bola foi por cima do gol. Finalização muito perigosa do islandês.

Aos 17 minutos, Johnatan Moss assinalou mais um pênalti para o Everton. Ben Chilwell foi o autor da falta contra Dominic Calvert-Lewin. Entretanto, o VAR entrou em ação por impedimento em lance anterior. Ou seja, penalidade máxima retirada em Goodison Park. A primeira alteração do Chelsea foi a saída de Kai Havertz, muito discreto no jogo, para a entrada de Tammy Abraham.

Nos 15 minutos finais, a equipe de Londres se lançou ao ataque. Aos 35 minutos, Mason Mount cobrou falta no contrapé do goleiro. Entretanto, a bola acertou a trave do Everton. Além disso, a segunda mudança do Chelsea foi a saída de Kovacic para a entrada de Billy Gilmour. Aos 38, Timo Werner cruzou no lado direito e, dentro da área, Giroud finalizou por cima do gol. Boa chance desperdiçada pelo centroavante. Por outro lado, o Everton gastava tempo com a posse de bola e se resguardava dos ataques do Chelsea. Na reta final do embate, o Chelsea apostou nas ligações diretas. Sem sucesso.

Em conclusão, o apito final em Liverpool. Vitória do Everton por 1 a 0.

Próximo Jogo

Os dois próximos jogos do Chelsea serão válidos pela Premier League. Primeiramente, A equipe de Londres enfrenta o Wolverhampton, fora de casa, pela 13ª rodada da competição inglesa. Terça-feira (15), às 15h (Brasília), no Molineux. Posteriormente, o Chelsea mede forças contra o West Ham. O embate está agendado para segunda-feira (21), às 17h (Brasília), em Stamford Bridge.

Ficha Técnica

Everton: Pickford; Holgate, Keane, Mina; Godfrey, Doucouré, Allan e Sigurdsson (Gomes 82); Iwobi (Davies 85), Calvert-Lewin e Richarlison (Kenny 89)

Reservas: Olsen, Tosun, Bernard, Gordon.

Técnico: Carlo Ancelotti

Gols: Sigurdsson 22’1T

Cartões amarelos: Richarlison, Doucouré

Chelsea: Mendy; James, Thiago Silva (cap.), Zouma e Chilwell; Kovacic (Gilmour 81), Kanté, Mount; Havertz (Abraham 67), Giroud e Werner.

Reservas: Kepa, Rudiger, Jorginho, Azpilicueta e Anjorin.

Técnico: Frank Lampard

Cartões amarelos: James, Thiago Silva

Informações da Partida

Data: 12 de dezembro de 2020

Horário: 17h (horário de Brasília). Transmissão da Fox Sports.

Competição: 12ª rodada da Premier League 2020/21

Local: Goodison Park, em Liverpool.

Árbitro: Jonathan Moss

Assistentes: Marc Perry, Dan Robathan

Quarto árbitro: Lee Mason

VAR: Andre Marriner

Assistente VAR: Andy Halliday

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.