O Chelsea enfrentou o Arsenal, fora de casa, em jogo válido pela Premier League 2020/21. (Chelsea FC / Site)

Chelsea sofre a quarta derrota na Premier League

Em jogo válido pela Premier League, o Chelsea foi superado pelo Arsenal por 3 a 1, no Emirates Stadium. Logo no primeiro tempo, a equipe da casa fez dois gols. Primeiramente, Lacazette inaugurou o marcador aos 35 minutos. O francês converteu penalidade máxima. Posteriormente, Xhaka cobrou falta e ampliou a vantagem para 2 a 0. Por fim, na etapa complementar, o Arsenal marcou o terceiro gol com Saka. O futebolista marcou aos 11 minutos do período final. Em conclusão, aos 40 minutos do segundo tempo, Tammy Abraham descontou o prejuízo. 3 a 1 para o Arsenal e números finais do embate.

Arsenal abre 2 a 0 na etapa inicial

"Ben

O Arsenal criou a primeira chance do jogo. Bellerín fez o cruzamento, Thiago Silva desviou a trajetória da bola e Martinelli finalizou para fora. Além disso, o Arsenal iniciou o duelo tomando a iniciativa nos cinco primeiros minutos e somou dois escanteios nas primeiras movimentações. Aos 12 minutos, falta na entrada da área para o Chelsea. Mount cobrou, mas a bola resvalou na trave.

Aos 15 minutos, o primeiro cartão amarelo do jogo. Pablo Mari impediu contra-ataque puxado por Kovacic. Por isso, o atleta do Arsenal recebeu advertência pela falta. Em seguida, novo escanteio do Chelsea. Mason Mount cobrou e Kurt Zouma cabeceou por cima de gol de Leno. Três minutos depois, o Arsenal aproveitou bobeira da zaga do Chelsea. Primeiramente, Bellerín fez cruzamento por baixo e Smith Howe perdeu o tempo da finalização. Posteriormente, aos 30 minutos, Pulisic iniciou a jogada e acionou Mount. Por fim, o inglês arriscou de fora da área e a bola foi direto pela linha de fundo.

Aos 32 minutos, Michael Oliver assinalou pênalti para o Arsenal. Três minutos depois, após revisão do VAR, Lacazette converteu da marca da cal. Assim sendo, 1 a 0 para o Arsenal. Logo após, Werner arriscou de fora da área, mas a bola foi para fora. Aos 45 minutos, o Arsenal ampliou em precisa cobrança de falta de Xhaka. 2 a 0 e fim da etapa inicial no Emirates Stadium.

Abraham desconta, mas Arsenal vence clássico

"Pulisic

Frank Lampard fez duas alterações no intervalo. Entraram Jorginho e Hudson-Odoi, saíram Mateo Kovacic e Timo Werner. No primeiro minuto, Hudson-Odoi cruzou e Bellerín cabeceou para aliviar o perigo de gol do Chelsea. Além disso, o Chelsea iniciou o embate com mais posse de bola. Além disso, o time tentava se aproximar da área rival. A entrada de Jorginho permitiu a “subida” de Kanté para apoio ofensivo.

Entretanto, no 10º minuto do segundo tempo, Saka ampliou o marcador. O camisa 7 do Arsenal aproveitou o posicionamento avançado de Mendy e finalizou por cima do arqueiro do Chelsea. 3 a 0 para o Arsenal, no Emirates Stadium. Aso 15 minutos, Gabriel Martinelli tentou finalização de ‘meia-bicicleta’, mas Mendy fez a defesa. O Chelsea insista em bolas alçadas na área, mas sem sucesso. Aos 20 minutos, Pulisic fez cruzamento, Kanté tentou o desvio, mas Leno ficou com a bola.

A terceira e última substituição do Chelsea aconteceu no minuto 28. Saiu Kanté e entrou Havertz. No minuto seguinte, Mount fez novo cruzamento e Thiago Silva cabeceou perigosamente para fora. Posteriormente aos 34, novo cruzamento de Hudson-Odoi e Abraham cabeceou por cima da meta mandante. Quatro minutos depois, Elneny finalizou de fora da área. Periogosamente, a bola carimbou o travessão de Mendy

Gol dos Blues e pênalti desperdiçado

Aos 40 minutos de jogo, Hudson-Odoi faz novo cruzamento e Tammy Abraham finaliza de peito para o fundo do gol. Posteriormente, o lance passou por revisão do VAR e o gol foi validado. 3 a 1 para o Arsenal, Abraham descontou no marcador.

Posteriormente, pênalti marcado para o Chelsea. Aos 45 minutos, Havertz sofreu, Jorginho cobrou e Leno fez a defesa na marca da cal. Ou seja, uma grande chance desperdiçada pela equipe visitante. Por fim, Michael Oliver, árbitro do jogo, adicionou cinco minutos de acréscimo. Entretanto, placar seguiu o mesmo. 3 a 1 para o Arsenal, vitória da equipe da casa.

Próximos jogos

Primeiramente, o Chelsea recebe o Aston Villa na segunda-feira (28). O jogo está agendado para às 14h30 (horário de Brasília), em Stamford Bridge. Posteriormente, já em 2021, o Chelsea mede forças contra o Manchester City. O duelo previsto para domingo (3/1), às 13h30 (Brasília), será novamente em Stamford Bridge, casa dos Blues.

Ficha Técnica

Arsenal: Leno, Holding, Pablo Mari e Tierney; Bellerín, Elneny, Xhaka e Saka; Smith Rowe (Willock 64), Lacazette (Mustafi 91) e Martinelli (Pépé 70).

Reservas: Runarsson, Cedric, Maitland-Nailes, Ceballos, Nketiah e Aubameyang.

Técnico: Mikel Arteta

Gols: Lacazette 35’1T, Xhaka 45’1T, Saka 11’2T

Cartões amarelos: Pablo Mari

Chelsea: Mendy; James, Zouma, Thiago Silva (cap.) e Chilwell; Kovacic (Jorginho – intervalo), Kanté (Havertz 73) e Mount; Pulisic, Abraham e Werner (Hudson-Odoi – intervalo).

Reservas: Kepa, Azpilicueta, Rudiger, Emerson, Gilmour, Hudson-Odoi e Giroud.

Técnico: Frank Lampard

Gol: Abraham 42’2T

Cartão amarelos: Thiago Silva

Informações do jogo

Data: 26 de dezembro de 2020

Horário: 14h30 (horário de Brasília). Transmissão da ESPN Brasil.

Competição: 15ª rodada da Premier League 2020/21

Local: Emirates Stadium, em Londres

Árbitro: Michael Oliver

Assistentes: Stuart Burt, Simon Bennett.

Quarto árbitro: Stuart Attwell

VAR:  Paul Tierney

Assistente VAR: Stephen Child.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.