Chelsea recebe o Sunderland em Stamford Bridge visando recuperação na Premier League

5-600x301
Chelsea recebe o Sunderland pela Premier League (Foto: Getty Images)

Sem a presença de José Mourinho no banco de reservas, demitido na última quinta-feira (17), o Chelsea entra em campo na tarde deste sábado (19) em partida válida pela 17ª rodada da Barclays Premier League.

O adversário será o Sunderland, que atualmente está na zona de rebaixamento, enquanto o Chelsea, por sua vez, está na 16ª posição e a um ponto de também fazer parte dos últimos colocados. O confronto, que acontece em Stamford Bridge, terá início às 13h00 (horário de Brasília) com transmissão da ESPN Brasil. Você também acompanha tudo sobre o encontro em nosso twitter, o @Chelseabrasil.

Hazard é dúvida e Falcao García está fora

Ainda no primeiro tempo na partida contra o Leicester City, Eden Hazard sofreu falta de Jamie Vardy e precisou deixar o jogo com dores no quadril. Caso não se recupere a tempo, o belga deve, ao menos, permanecer no banco de reservas. Falcao García, por sua vez, continua como ausência confirmada enquanto se recupera de uma contusão muscular.

Sam Allardyce terá três desfalques para sábado; Kaboul pode retornar

O sueco Sebastian Larsson, o meio-campista Lee Cattermole e o zagueiro Sebastian Coates foram desfalques nos últimos confrontos dos Black Cats na Premier League e devem ficar de fora também diante do Chelsea. Por outro lado, Younes Kaboul, ex-Tottenham, pode voltar ao time.

Prováveis escalações

Chelsea (4-2-3-1): Courtois; Ivanovic, Zouma, Terry, Azpilicueta; Matic, Ramires; Willian, Oscar, Pedro (Hazard); Diego Costa.

Sunderland (4-4-2): Pantilimon; O’Shea, Billy Jones, Kaboul, Patrick Van Aanholt; Yedlin, Yann M’Vila, Ola Toivonen, Duncan Watmore; Adam Johnson e Defoe. Téc.: Sam Allardyce.

Entrevistas Pré-Jogo

Sam Allardyce (Sunderland)

Em sua entrevista pré-jogo, Sam Allardyce demonstrou confiança em conseguir um bom resultado diante do Chelsea em Stamford Bridge e usou o revés dos Blues diante do Bournemouth como exemplo.

“O que nos encoraja é notar que o Bournemouth recentemente derrotou o United e o Chelsea, enquanto o Newcastle derrotou Liverpool e Tottenham”, analisou, para enfatizar que é possível derrotar as grandes equipes da Premier League. “Tendo isso como base, nós podemos ir e jogar nosso melhor e obter um bom resultado na Premier League e é isso que torna tão interessante em todo o mundo”, completou.

“Nós temos de tentar obter o máximo de pontos possíveis em nossos próximos jogos. Nós temos que acreditar que podemos fazer isso e, em seguida, sair do período de Natal em janeiro para ganhar mais alguns pontos”, declarou. “Nosso trabalho no sábado é fazer com que essa nuvem continue sobre eles [Chelsea] e buscar o resultado não dando nenhuma chance se for possível”, encerrou.

O comandante dos Black Cats também comentou sobre a saída de José Mourinho: “Estou triste pela saída de José [Mourinho]. Primeiro porque eu o conheço muito bem e, segundo, porque ele é um grande treinador e um grande personagem e ele é uma perda para a Premier League”, encerrou.

Último encontro

Loic Rémy marcou duas vezes na vitória por 3 a 1 na temporada passada
Loic Rémy marcou duas vezes na vitória por 3 a 1 na temporada passada

No dia 24 de maio de 2014, o momento do Chelsea era completamente oposto em relação à atual temporada. Já com o título da Barclays Premier League garantido, os Blues encerraram sua participação diante do Sunderland, em Stamford Bridge.

Os visitantes saíram na frente com Fletcher, mas Loic Rémy, duas vezes, e Diego Costa viraram para o Chelsea. Após o apito final, jogadores e comissão técnica celebraram o título e ergueram a taça para a festa de mais 40 mil torcedores. O duelo também marcou o último jogo de Didier Drogba com a camisa do Chelsea.

Fique de olho

Defoe já marcou quatro gols nesta edição da Premier League (Foto: Getty Images)
Defoe já marcou quatro gols nesta edição da Premier League (Foto: Getty Images)

Apesar da fase ruim que o Sunderland vive na temporada 2015/16, o experiente atacante Jermain Defoe, ex-Spurs, é a esperança de gols dos Black Cats. Dos 13 jogos que disputou, sendo nove como titular, o inglês deixou sua marca em quatro ocasiões.

Curiosidades

– O Chelsea, geralmente, tem superado o Sunderland nos confrontos mais recentes, vencendo em 18 ocasiões e perdendo apenas duas vezes nos últimos 21 jogos pela Premier League;

– Sunderland vem de duas derrotas consecutivas (contra Arsenal e Watford), assim como o Chelsea (Bournemouth e Leicester City).

– Em 19 de abril de 2014, o Chelsea era derrotado por 2 a 1 dentro de Stamford Bridge. O resultado quebrou a invencibilidade de José Mourinho de 77 jogos sem derrota na Premier League;

Category: Competições

Tags:

Article by: Lucas Valim Schiavon