Chelsea Foundation e Premier League celebram sucesso de projeto

Le Saux (centro) com os participantes do Premier League 4 Sports

Graeme Le Saux, ex-jogador do Chelsea se juntou a Richard Scudamore e aos medalhistas de ouro Darren Campbell e Gail Emms para celebrar o sucesso da Premier League 4 Sport. O programa pioneiro, iniciado pela Premier League tem apoio da Chelsea Foundation, e em dois anos ultrapassou as metas inicias em mais de 50%.

Premier League 4 Sport teve início em setembro de 2009, e contou com a participação de 25,000 jovens, os quais foram introduzidos em esportes olímpicos como tênis de mesa, judô, badminton e vôlei. O investimento inicial foi de £3,8 milhões de libras, mas o sucesso fez houvesse um lucro de £2 milhões. Esse dinheiro extra foi investido na implantação de mais quatro esportes no projeto: handball, basquete, hockey e netball.

“O Chelsea foi um dos primeiros clubes a entrar no programa e tem feito o trabalho nas suas comunidades locais. Começamos com uma meta de envolver 25 mil pessoas. Conseguimos 39 mil até agora, então estamos muito, muito felizes. Agora, estamos estendendo o programa” disse Scudamore.

Na cidade de Essex, Chelsea Foundation conta com a participação de 700 jovens, com idades entre 11 e 19, e 40 daqueles jovens ganharam prêmios oferecidos pela Premier League. “Chelsea não é apenas sobre futebol. Estas crianças querem jogar no Chelsea, não importa em qual esporte” disse Zack Wooster coordenador do 4 Sport e treinador da Fundação.

“Os valores que você aprende brincando são inestimáveis, como o respeito por si mesmo, por seu adversário e a responsabilidade de ser parte de uma equipe e não decepcionar as pessoas. Há várias lições que você pode aprender através da prática de esportes” disse Le Saux.

“O futebol é, obviamente, esporte do país, mas usando o clube para retirar essas crianças para tentar outros esportes é fantástico. Com mais de 700 participantes, os treinadores da Chelsea Foundation mostram o quão bem sucedido tem sido essa iniciativa. Espero que agora nós possamos mantê-los envolvidos no esporte e mantê-los ativos e saudáveis ​​na idade adulta”, finalizou.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

6 comments

  1. Bela iniciativa, um verdadeiro clube não tem de se importar apenas com o futebol ou em seus jogadores, e sim se envolver em varios esportes, isso ajuda a varios jovens a se tornarem atletas e aumenta o prestigio do clube perante ao publico, aqui no Brasil isso já é bastante normal ver clubes de futebol dando suporte a varios outros esportes.

  2. Bela iniciativa, um verdadeiro clube não tem de se importar apenas com o futebol ou em seus jogadores, e sim se envolver em varios esportes, isso ajuda a varios jovens a se tornarem atletas e aumenta o prestigio do clube perante ao publico, aqui no Brasil isso já é bastante normal ver clubes de futebol dando suporte a varios outros esportes.

  3. Eu particularmente sou fã desses projetos. A Fundação tem apoiado inúmeros projetos e está sempre disposta a ajudar crianças e adolescentes a terem uma vida melhor.
    O que se aprende com o esporte são lições que são levadas para o resto da vida. Além disso, quantos atletas podem surgir no meio dessas 39.000 pessoas?

  4. Eu particularmente sou fã desses projetos. A Fundação tem apoiado inúmeros projetos e está sempre disposta a ajudar crianças e adolescentes a terem uma vida melhor.
    O que se aprende com o esporte são lições que são levadas para o resto da vida. Além disso, quantos atletas podem surgir no meio dessas 39.000 pessoas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Maria Akemi

Pernambaiana, torcedora do Chelsea desde muito tempo.