Cahill acredita no potencial de Ruben Loftus-Cheek e crê que o jogador pode ter evolução semelhante à de Dele Alli

Ruben comemora o primeiro gol pelo Chelsea, contra o Scunthorpe (Foto: Reuters)
Ruben comemora o primeiro gol pelo Chelsea, contra o Scunthorpe (Foto: Reuters)

“Para mim, ele (Loftus-Cheek) tem tudo que precisa para ser um grande jogador. Dele Alli evoluiu incrivelmente rápido, então por que Ruben também não pode fazer isso?”

Essas foram as palavras de Gary Cahill, zagueiro do Chelsea, sobre Ruben Loftus-Cheek, meio-campista do time, em entrevista ao site oficial do clube londrino. O zagueiro inglês tem inteira confiança na evolução de seu compatriota e acredita que o jogador de 19 anos pode se tornar vital no clube de Stamford Bridge. Ruben fez seu primeiro gol como jogador profissional na última partida, contra o Scunthorpe United, e já vem sendo utilizado com o decorrer da atual temporada.

Leia Mais: “Chelsea vence Scunthorpe e avança na FA Cup”

O volante assinou seu primeiro contrato com o clube no ano de 2004 e, desde lá, foi promovido de todas as camadas jovens até chegar ao time principal, onde foi utilizado algumas vezes por José Mourinho e integra o elenco atual de Guus Hiddink. Diferentemente de Dele Alli, jogador do Tottenham, Ruben jamais atuou por outra equipe, nem ao menos foi emprestado para outras equipes, como é costume dos jovens do Chelsea.

Apesar de atuarem na mesma posição de origem, os dois exercem funções distintas dentro de campo. Enquanto Loftus-Cheek garante consistência ao meio-campo, circulando a bola, recuperando-a no campo de defesa e fazendo a ligação entre a parte defensiva e ofensiva da equipe, Alli tem funções mais ofensivas, sendo um dos criadores de jogadas no time de Maurício Pocchetino. Porém, Loftus-Cheek é mais versátil que Alli e pode atuar em várias posições e desempenhar vários papéis táticos.

É possível também afirmar que Loftus-Cheek tem menos tempo de jogo, logo, menos experiência que o jogador do Tottenham. Promovido na temporada 2014/15 ao time sênior do Chelsea, entrou em campo apenas 11 vezes até a presente data, situação bem diferente de seu rival. Alli jogou 24 vezes somente na atual temporada. Contando os tempos de MK Dons – clube anterior ao time do norte londrino -, atuou em 105 partidas, entrando como reserva ou titular*.

Por isso, Roman Abramovich pediu a Hiddink que utilizasse mais os jogadores jovens do clube à medida em que estes forem úteis para a equipe. Igualmente a Loftus-Cheek, Kenedy, Ola Aina e Bertrand Traoré são constantemente relacionados para as partidas, indicando possível renovação no elenco, com peças como Branislav Ivanovic, John Terry, Obi Mikel e Falcao García estando aos poucos regredindo e não conseguindo corresponder às expectativas da Premier League.

Continue Lendo: “Segundo periódico inglês, Guus Hiddink está disposto a dar mais oportunidades a Loftus-Cheek”

A curto e a longo prazo, não só Cahill, como todo o elenco do Chelsea e a direção técnica, confiam que RLC fará história no time do Chelsea. O time volta a entrar em campo contra o West Bromwich Albion, amanhã (13). O jogo terá cobertura completa do Chelsea Brasil.

* (Dados do site WhoScored)

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Luis Felipe Zaguini

Doente pelo Chelsea.