Aston Villa Reserves 1-0 Chelsea Reserves

Hutchinson voltou a ser capitão dos Reserves

A invencibilidade dos Reserves chegou ao fim na partida contra o Aston Villa. O único gol do foi marcado por Calum Robinson, após falha de Rhys Taylor. O jogo foi bastante equilibrado, com as duas equipes acertando a trave, mas para desapontamento de Dermot Drummy, o time que venceu duas e empatou duas sofreu a primeira derrota.

Contando com algumas novidades no elenco, Drummy escalou um time que tinha no banco, jogadores do Youth. Um deles era Alex Kiwomya, jovem atacante que já marcou quatro gols nesta temporada iniciou a partida como titular. Billy Clifford e Kaby Djalo formaram a dupla de ataque. Ben Gordon jogou sua primeira partida desde que voltou de empréstimo em Peterborough, formando dupla de zaga.

A partida começou um pouco nervosa e o árbitro da partida teve que distribuir alguns cartões amarelos ainda nos 20 primeiros minutos. Ambas as equipes buscavam criar jogadas, até o momento em que Rhys Taylor falhou e o Aston Villa marcou o gol da vitória na metade do primeiro tempo.

Antes do intervalo, o Chelsea levou perigo em jogada de Hutchinson. O capitão do time deu passe para Mellis que teve chute bloqueado pela zaga do Villa.

No segundo tempo, as duas equipes erraram muitos passes. O lance mais perigoso envolveu novamente o goleiro do Chelsea que não vivia boa noite. Taylor se envolveu em lance polêmico com Grealish e o Aston Villa pediu pênalti. O árbitro, no entanto, ignorou as reclamações dos donos da casa.

Chelsea foi a campo com: Rhys Taylor; Sam Hutchinson (c), Carl Magnay, Ben Gordon, Aziz Deen-Conteh (Rohan Ince 88); George Saville Conor Clifford, Jacob Mellis; Billy Clifford, Alex Kiwomya (Adam Nditi 53), Kaby Djalo. 

Não utilizados: James Russell, Arcanjo Nkumu, Ruben Loftus-Cheek.

Category: Chelsea Football Club

7 comments

  1. Eu fiz o Lance a Lance desse jogo e foi um jogo legal de se ver.

    Djalo me surpreendeu e o Mellis me lembra bastante o James ex – Newcastle, uma promessa muito habilidosa.

    Hutchison é um excelente zagueiro, passou uma confiança absurda na defesa, mas v

  2. Eu fiz o Lance a Lance desse jogo e foi um jogo legal de se ver.

    Djalo me surpreendeu e o Mellis me lembra bastante o James ex – Newcastle, uma promessa muito habilidosa.

    Hutchison é um excelente zagueiro, passou uma confiança absurda na defesa, mas v

  3. Se eu soubesse, tinha deixado pra você fazer o post 🙂
    Desculpa, Thiago!
    Hutchinson é incrível. Torço muito para que ele consiga jogar no time principal.

  4. Se eu soubesse, tinha deixado pra você fazer o post 🙂
    Desculpa, Thiago!
    Hutchinson é incrível. Torço muito para que ele consiga jogar no time principal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Article by: Maria Akemi

Pernambaiana, torcedora do Chelsea desde muito tempo.