Sai Batshuayi, entra Petr Crouch!

Depois da seca de gols de Álvaro Morata e com a não-confiança de Antonio Conte para Michy Batshuayi, unidos na vontade de Batshuayi de jogar regularmente, devido a aproximação da Copa do Mundo, o Chelsea está indo ao mercado para a contração de um centro-avante para fazer sombra para o próprio Morata, já que, sem Batshuayi, o único que poderia ocupar a função seria Hazard.

Inicialmente haveria um empréstimo de Andy Carroll. Sim, o mesmo que foi o substituto de Fernando Torres no Liverpool, quando este veio para o Chelsea em uma transação envolvendo £ 52.65 milhões de libras.  E de 172 jogos oficiais, marcou apenas 45 gols, ou seja, média de 0,26 gol por jogo!

Porém a primeira investida do Chelsea, com a saída de Batshuayi (Andy Carroll), na época que foi contratado pelo Liverpool (£ 36.90 milhões de libras), fez apenas míseros seis gols (isso mesmo que você viu, SEIS GOLS), em 44 jogos (média de 0,13 gol por jogo).

Na temporada atual, Andy Carroll jogou 14 jogos (12 pela Premier League e 2 pela EFL), marcando míseros 2 gols, e tendo 1 assistência (média de 0,14 gol por jogo)

Talvez por sorte do destino que, como foi diagnosticado com uma lesão, e sua recuperação poderia demorar mais do que o esperado, o Chelsea (Graças a Deus), desistiu de levá-lo.  Some a isso a vontade do West Ham de vender o jogador e não emprestar (como era a vontade do Chelsea).

Depois desta brilhante notícia o Chelsea foi novamente ao mercado.  E o que já era ruim, conseguiu piorar.  Isto porque, a bola da vez é …. Petr Crouch.  Sim isto mesmo, o grandalhão desengonçado que no dia 30 de Janeiro de 2018, completa TRINTA E SETE ANOS !!!

Além disso, Crouch não é nem titular do Stoke City, time que ocupa a 18a. colocação na Premier League.  Nos 21 jogos disputados nesta temporada (18 pela Premier League, 2 pela EFL Cup e 1 pela FA CUP), Crouch conseguiu a proeza de marcar 4 gols.  Isso dá menos que 0,2 gols por jogo!!!

Enquanto vejo nos notíciários que o Arsenal corre atrás de Aubameyang (23 jogos, 21 gols e 3 assistências), o Manchester United praticamente fechou a contratação de Alexis Sanches, nós estamos nos esforçando para Petr Crouch?  Será que Crouch é melhor que Batshuayi?

Só espero que no próximo sábado (27 de janeiro), minha coluna seja um pouco melhor, para que tenhamos, ao menos, um pouco de esperança contra o time do Barcelona, enfrentando Luiz Suares (26 jogos, 14 gols, 4 assistências) e Lionel Messi (29 jogos, 23 gols e 11 assistências).  E que, o tabu de Lionel Messi, claro, continue (http://chelseabrasil.com/opiniao/o-maior-tabu-de-lionel-messi/).

#GOBlues!!!!

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Dalton Gerth

Torcedor do Chelsea desde a época em que Vialli era técnico E jogador, advogado e estudante de licenciatura em Matemática.