Jogadores em fim de contrato

Jogadores em fim de contrato – 2ª parte

Em meu post do último sábado Jogadores em fim de contrato – 1ª parte, descrevi uma lista de 9 (nove) jogadores onde o vínculo com o Chelsea encerra-se em Julho próximo. Agora, vamos ver os jogadores que terão os seus vínculos terminados em Julho de 2019.  E dela, há vários titulares, que, se não ocorrer nada, poderão fazer um pré-contrato com qualquer equipe a partir de Janeiro/2019, e sairão sem custos.

Vamos a lista (por ordem de importância).

Courtois – Goleiro

O goleiro que foi apelidado de Eurotunel, por ter levado dois gols de Messi por entre as pernas, foi adquirido pelo Chelsea em Julho de 2011 pelo KRC Genk (da Bélgica) por £8.06.  Esteve durante duas temporadas no Atlético de Madrid, sendo eleito o melhor goleiro do campeonato espanhol nas duas.  Voltou ao Chelsea, e alternou a titularidade entre Petr Cech.  Com a venda de Cech para o Arsenal, é o titular absoluto do gol.

Atualmente recebe £140.000 semanais, e é alvo constante do Real Madrid. Provavelmente, o Chelsea ou irá conceder um aumento tornando-o um dos goleiros mais bem pagos do mundo ou venderá, para que não saia de graça no ano que vem.

Cesc Fàbregas – Meio de campo

Fàbregas chegou no Chelsea em Jul/2014 por uma taxa de £29.70 do Barcelona. Pelo Chelsea, disputou 173 partidas, marcando 20 gols e dando 67 assistências. Possui um salário semanal de £156.000, o segundo maior do Chelsea, apenas atrás de Eden Hazard que é de £200.000. Em Julho de 2019 completará 32 anos.

Gary Cahill – Zagueiro

Cahill chegou no Chelsea em Jan/2012 por uma taxa de £7.56 do Bolton. Possui um salário semanal de £130.000. Em Julho de 2019 completará 33 anos e meio (nasceu em 19 de Dezembro de 1985).

David Luiz – Zagueiro

David Luiz teve duas passagens pelo Chelsea. Na primeira chegou em Jan/2011, por uma taxa de £22.5 do Benfica. Foi vendido em Julho de 2014 para o PSG por incríveis £44.55. Retornou novamente em Agosto de 2016, através do próprio PSG por £31.5. Possui um salário semanal de £120.000. Em Julho de 2019 completará  32 anos.

Pedro – Meia atacante

Pedro veio do Barcelona em Agosto de 2015 por  £24.35. Forçou a saída do mesmo em virtude da contratação de Neymar, o que fez com que fosse para o banco de reservas. Pelo Chelsea, Pedro disputou 125 partidas, fazendo míseros 28 gols e dando 20 assistências.

Em Julho de 2019 completará 30 anos, atualmente recebe £120.000. É grande o interesse do Atlético de Madrid no jogador, conforme divulgado pelo jornal espanhol Marca.

Giroud – Centroavante

Giroud chegou no Chelsea em Janeiro de 2019, após a “seca de gols” de Álvaro Morata, e a dispensa de Batshuay para o Borussia Dortumund.  Assinou um contrato de apenas 18 meses, e em julho de 2019 terá 32 anos e 10 meses. Assinou com um salário semanal de £120.000. Pelo Chelsea já disputou 8 jogos, fazendo um único gol e dando três assistências.

Wallace – Lateral Direito

O lateral-direito brasileiro foi adquirido do Fluminense em Janeiro de 2013 por £4.86, sendo mais uma das incontáveis contratações que ninguém entende. Já foi emprestado pelas seguintes equipes: Fluminense, Internazionale de Milão, Vitesse, Carpi e Grêmio. Pelo Chelsea, encontra-se inscrito desde Junho de 2017, não tendo disputado (nunca) nenhuma partida oficial.

Todd Kane – Zagueiro

Todd Arthur Lucien Kane está sob contrato do Chelsea desde o dia 1º de Julho de 2010. Nascido em Huntingdon, na Inglaterra, encontra-se atualmente com 24 anos (completará 25 no dia 17 de setembro de 2018).  Já foi emprestado para incríveis 7 (sete) times, a saber: Preston North End, Blackburn, Bristol City, Nottinghan Forest, EC Nijmegen (da Holanda), FC Groningem (da “2a. divisão da Holanda”), e, finalmente para o Oxford Unity (da “3a. divisão da Inglaterra).

Danilo Pantic – Volante

Outras daquelas aquisições que nenhum torcedor consegue entender. Em Julho de 2015, Pantic foi adquirido do Partizan Belgrado, da Sérvia, gratuitamente.  Assinou um contrato com o Chelsea por 4 anos.  Imediatamente foi emprestado para o Vitesse Arnhem (da Holanda), para adquirir mais experiência. Não foi muito bem, e foi novamente emprestado, agora para o Excelsior Rotterdam, também da Holanda.  Novamente não teve uma boa performance e foi emprestado, novamente, porém, para o seu time de origem: o Partizan Belgrado, onde encontrou novamente seu futebol. Tanto que, mesmo jogando de defensor central, disputou 33 partidas, fazendo dois gols e dando cinco assistências.

Josimar Quintero – Zagueiro

O equatoriano Josimar Quintero, zagueiro central de origem, estava na academia de jovens do Barcelona, quando conseguiu uma liberação e assinou com o Chelsea; isto em Janeiro de 2013, quando ainda tinha 16 anos.

Ficou até julho de 2017 treinando entre as equipes inferiores do Chelsea, quando então foi emprestado para o Rostov da Rússia, ficando apenas por seis meses, e disputando (no banco) apenas duas partidas.  Foi devolvido ao Chelsea que o emprestou, agora para Bétis, que disputa a 2ª divisão do Campeonato Espanhol.  Lá entrou em campo durante apenas duas partidas, ficando somente 29 minutos.

Charlie Wakefield – Zagueiro Central

Por fim, conheçam Charlie Mark Wakefield, “cria” do Chelsea, que desde Maio de 2018 encontra-se no Stevenage FC, equipe inglesa que disputa a 4ª divisão da inglaterra. Atuando como lateral-direito disputou 29 partidas, fazendo dois gols e dando quatro passes para o gol.  Em 2019 completará apenas 21 anos.

#GoBlues

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Dalton Gerth

Torcedor do Chelsea desde a época em que Vialli era técnico E jogador, advogado e estudante de licenciatura em Matemática.