Sete laterais esquerdos para resolver o problema do Chelsea

A temporada 2019-20 se mostrava perdida antes do início para o Chelsea. Com a proibição de contratações, a torcida dos Blues não tinha grandes expectativas. Entretanto, o gerenciamento de elenco de Frank Lampard e a integração de jovens talentos ao time principal fizeram a diferença. Até a suspensão da Premier League, o Chelsea mantinha a quarta colocação, grande feito para o jovem elenco.

Contudo, um dos problemas do atual Chelsea é a falta de consistência defensiva. Essa deficiência passa pela lateral esquerda, principal carência do clube. Os atletas que disputam a posição, Marcos Alonso e Emerson, falharam em impressionar o novo treinador. Tanto foi assim que, Lampard foi forçado a deslocar Cesar Azpilicueta para a esquerda.

Portanto, a fraqueza já foi identificada pelo manager e os Blues já estão no mercado em busca de peças. Assim, alguns nomes já surgiram na mídia. Porém, qual será a melhor alternativa para o time de Londres se reforçar? Quais são as características necessárias para um lateral ter sucesso no esquema de Lampard?

Confira abaixo uma análise de sete opções que poderiam interessar ao inglês, em ordem crescente de compatibilidade. Para esse fim, foram atribuídas notas de 0 a 10 para cada jogador. Elas levam em consideração a relação qualidades x deficiências, o valor do investimento, e a projeção de retorno imediato x retorno futuro. Ao final descobriremos qual é a melhor escolha.

Theo Hernandez é um dos possíveis alvos do Chelsea na temporada

Theo Hernández se destaca no Milan pela sua velocidade (Foto: Getty)

7 – Theo Hernández

Quem é? – Uma das principais críticas a Alonso é a falta de velocidade. Isso o francês Theo Hernández tem de sobra. Contratado pelo Milan vindo do Real Madrid, o lateral esbanja vitalidade nas suas corridas ofensivas no auge dos seus 22 anos. Com 1,84 m de altura, Hernández ainda consegue aliar presença de área ao seu jogo, tanto ofensiva quanto defensivamente.

Características – Na atual temporada do Campeonato Italiano, o francês foi titular do titubeante lado milanês em 21 oportunidades. Assim, com um percentual de passes completos de 83% e três assistências, Hernández é uma das armas ofensivas do técnico Stefano Pioli. O camisa 19 caracteriza-se pelas arrancadas, duelos físicos, passes em profundidade, cruzamentos e dribles – a famosa “caneta” é sua assinatura.

O ponto que pesa a favor de Hernández é a sua velocidade. Para um campeonato tão intenso e disputado como o inglês, essa característica se torna indispensável, principalmente para laterais. Entretanto, um aspecto deficiente de seu jogo é justamente o posicionamento defensivo. Assim, em situações que requerem mais inteligência que preparo físico, o jogador por vezes é batido. Apesar disso, a sua pouca idade pode significar um potencial grande de evolução, principalmente em uma liga mais forte que a italiana.

Vai dar certo? – Hernández estaria melhor colocado como um investimento à médio e longo prazo. Além disso, avaliado na casa dos 32 milhões de euros, o custo benefício não é dos melhores. Porém, para o jogo vertical e de posse de bola proposto por Lampard, as qualidades ofensivas podem atenuar as deficiências no campo de defesa. Outro ponto positivo é a polivalência, podendo atuar em todas as posições pelo flanco esquerdo do campo.

Compatibilidade: 6,5/10

Ruben Vinagre é um dos possíveis alvos do Chelsea para a lateral esquerda

Vinagre é uma das promessas portuguesas para o futuro (Foto: SkySports)

6 – Rubén Vinagre

Quem é? – Outro jogador que pode passar despercebido pelo grande público é Rúben Vinagre. O português de apenas 21 anos é jogador do Wolverhampton e custa meros 9 milhões de euros. Com 1,74m, Vinagre atua como reserva da ala esquerda nos Wolves. Porém, é considerado por muitos o futuro da lateral esquerda da seleção de Portugal. Foi campeão europeu sub-19 e sub-17 por seu país.

Características – Assim como Hernández, a principal qualidade de Vinagre é o ataque. O seu jogo flui principalmente no apoio, mas é nos dribles que o português se destaca. Assim, muitos o consideram como o lateral mais habilidoso da Premier League. Com jogadas rápidas e recursos técnicos para partir em velocidade e trabalhar o jogo por dentro, o jovem é uma joia a ser lapidada.

Ou seja, novamente esta opção seria um investimento de médio a longo prazo. Porém, o fato de já estar habituado ao campeonato é um fator que pesa a favor. Com um bom passe curto e capacidade de reação, Vinagre costuma se dar bem no 1×1. Entretanto, a sua deficiência também está no posicionamento defensivo. Além disso, a sua falta de experiência em integrar uma linha de quatro zagueiros pode ser um ponto contra.

Vai dar certo? – Ninguém pode negar que o custo benefício de Vinagre é ótimo. Com um valor estimado de mercado baixo e um potencial técnico elevado, o português pode ser a solução para daqui duas ou três temporadas. Inclusive, o fato de já saber jogar em posições mais avançadas no campo mantém o leque de opções para Lampard.

Compatibilidade: 6,5/10

Angelino é um dos possíveis alvos do Chelsea para a lateral esquerda

Angeliño vem bem no empréstimo ao RB Leipzig atuando como ala (Foto: SkySports)

5 – Angeliño

Quem é? – Angeliño é um espanhol de 23 anos que atua pelo RB Leipzig em condição de empréstimo pelo Manchester City. O lateral recebeu alguns minutos pelo lado de Pep Guardiola e demonstrou controle total dos fundamentos necessários para a posição. Com 1,76m de altura, o jogador destaca-se pelo jogo intenso porém um pouco faltoso.

Características – Para ser jogador de Guardiola é necessário um conjunto de habilidades, independente da posição que ocupa em campo. Conceitos como passe, cobertura, interceptação, pressão e manutenção da passe de bola são fundamentais no jogo de Angeliño. Além disso, o espanhol alia comprometimento com qualidades físicas e técnicas acima da média.

Seu ponto discrepante, apesar de não significativo, é a má finalização de jogadas. Isso fica mais evidente devido a sua característica de infiltração na grande área. Apesar disso, o jogador consegue rapidamente cair nas graças da torcida e tem um potencial de desenvolvimento alto. Outro aspecto positivo é a proficiência nos carrinhos e o grande fôlego, fundamental para a Premier League.

Vai dar certo? – Angeliño alia a juventude com a experiência e um belo custo-benefício. Por apenas 17,5 milhões de euros, o espanhol pode trazer perspectiva de futuro e experiência para a posição. O que batalha contra o jogador é exatamente uma de suas qualidades: as atuações sempre na média.

Compatibilidade: 7,0/10

Tagliafico é um dos alvos do chelsea para a lateral esquerda

Tagliafico é um dos mais experientes da lista (Foto: Goal)

4 – Nicolás Tagliafico

Quem é? – Titular do Ajax há algumas temporadas, o argentino já é um jogador mais próximo do seu auge na carreira. Com 27 anos e experiência em grandes competições internacionais, o lateral viria pronto para vestir a camisa e jogar. Seus 1,72m de altura são compensados com excelente impulsão, posicionamento e mentalidade. Assim, Tagliafico é uma opção para cadenciar o jogo e manter a posse de bola.

Características – Colocando inteligência e disciplina tática à frente da velocidade e ofensividade, o argentino é um jogador mais equilibrado que os anteriores. Entretanto, engana-se quem o vê somente como um defensor. A sua capacidade para cruzamentos e inteligência na hora de compor espaços o fazem o aliado perfeito para um time com posse de bola.

Suas deficiências são pautadas na habilidade de construção de jogadas ofensivas e como arma de contra-ataques. Além disso, o argentino não costuma chegar à linha de fundo com frequência e prefere cruzamentos prematuros ou manter a posse de bola. Suas características nesse ponto assemelham-se ao capitão Azpilicueta.

Vai dar certo? – Assim, Tagliafico é um jogador pronto e não tem potencial de desenvolvimento muito alto. Porém, pode ser uma opção confiável devido ao seu custo-benefício razoável e consistência defensiva. Especialmente com o surgimento de Reece James pela direita, que é mais ofensivo, um lateral esquerdo com características defensivas faria bem o contraponto.

Compatibilidade: 7,5/10

Grimaldo é uma das opções do chelsea para a lateral esquerda

Grimaldo é peça fundamental no Benfica campeão português (Foto: Getty)

3 – Alejandro Grimaldo

Quem é? – O espanhol é atualmente um dos principais jogadores do Benfica de Portugal. Para isso, alia velocidade e toque diferenciado na bola. Com 1,74m de altura, Grimaldo não vai bem em bolas aéreas. Apesar dos 24 anos, possui senso de liderança e boa resiliência durante as partidas. Ou seja, é uma opção consistente e madura para um time jovem.

Características – Suas deficiências na marcação são compensadas por ótima capacidade de reação e interceptação. A sua mentalidade ofensiva orquestra ataques vindo de trás e fornece opções para a construção de jogadas. Além disso, pode ser arma poderosa no último terço em cobranças de falta, chutes de longa distância e passes em profundidade.

Talvez a sua principal característica seja o passe em velocidade. Assim, Grimaldo é o típico lateral que dribla até a linha de fundo e cruza bem para dentro da área. Contudo, pode ainda realizar bons lançamentos da intermediária para companheiros bem colocados. Seu passe curto ainda permite a manutenção da posse de bola e conexão com outros atletas.

Vai dar certo? – Grimaldo é um jogador que ainda não atingiu seu pico. Ou seja, seu potencial de desenvolvimento ainda é alto. Porém isso é equilibrado por um retorno imediato do investimento de 28 milhões de euros. Uma das dificuldades que enfrentaria seria a adaptação a uma liga mais forte. Apesar disso, o espanhol tem experiência em competições internacionais. Além disso, contribuiu efetivamente nos últimos três títulos nacionais do Benfica. Ou seja, já tem mentalidade vencedora.

Compatibilidade: 8,0/10

Alex Telles é um dos alvos do chelsea na janela de transferências

Alex Telles cresceu muito de produção no Porto e hoje é um dos principais jogadores brasileiros (Foto: Goal)

2 – Alex Telles

Quem é? – O brasileiro de 27 anos tem no chute e no passe as suas principais forças. Com 1,81m de altura, Telles é a principal arma ofensiva do Porto, sendo responsável por diversas assistências. Cria das categorias de base do Juventude, o natural de Caxias do Sul tem um valor estimado de 32 milhões de euros.

Características – Sem deficiências significativas em seu jogo, Telles equilibra bem os aspectos defensivos e ofensivos durante uma partida. Apesar de ser bom no 1×1, sua principal característica é o toque diferenciado na bola. Desta forma, o brasileiro demonstra ser um exímio cobrador de faltas. Além disso, o lateral possui um dos mais altos índices de aproveitamento nos seus cruzamentos e chutes de longa distância.

Entretanto, um ponto negativo em seu jogo pode ser considerado a presença física. Além disso, seu jogo aéreo não é particularmente forte nem a sua velocidade, em comparação com outros laterais da lista. Contudo, o brasileiro é protagonista em Portugal, titular absoluto do Porto e pode jogar em todas as posições pela ala esquerda.

Vai dar certo? – Alex Telles é um lateral esquerdo completo, sem falhas significativas. Todavia, o seu potencial de desenvolvimento é pequeno devido a sua idade. Outro fator que pode influenciar negativamente seu jogo é a adaptação à Premier League. Também por conta desse fator, seu custo benefício não é tão bom, visto que tem um alto valor de mercado. Apesar disso, sua expertise ofensiva poderia ser uma arma poderosa no time de Lampard, que tem bons cabeceadores.

Compatibilidade: 8,0/10

Chilwell é a principal peça do mercado do Chelsea

Chilwell pode elevar o patamar do elenco do Chelsea (Foto: Getty)

1 – Ben Chilwell

Quem é? – Chilwell é um inglês de 23 anos que atua pelo Leicester City. O seu passe é avaliado em 40 milhões de euros. Com 1,78m de altura o lateral é titular da seleção inglesa e figurinha carimbada no campeonato inglês. Na atual temporada já acumula 28 jogos, 2 gols e 4 assistências pelas competições domésticas.

Características – Primeiramente, o inglês é daqueles jogadores que aparenta mais maturidade do que idade. Ou seja, há tempos o seu desenvolvimento pede passagem para times com mais expressão. Chilwell tem no vigor físico a sua principal característica. Dono de um fôlego invejável, é o motorzinho do flanco direito do Leicester. Assim, pode atuar bem tanto em funções defensivas como ofensivas.

Além disso, possui bom controle de bola e ganha frequentemente no 1×1. Outra qualidade defensiva a ser exaltada é o bom posicionamento, que o permite interceptar bolas e cobrir espaços deixados pelos companheiros. Na parte ofensiva é suficientemente razoável, sendo um bom iniciador de jogadas e não o homem do último passe ou da finalização. Entretanto, uma de suas fraquezas está na velocidade, que pode ser aprimorada.

Vai dar certo? – Com o maior potencial sólido de desenvolvimento da lista, Chilwell consegue aliar retorno imediato com perspectivas ainda maiores para o futuro. Isto e o fato de ser inglês, além de atuar na Premier League o tornam grande candidato ao sucesso no Chelsea. Além disso, a sua consistência e a visão de jogo encaixam bem no esquema de Lampard.

Compatibilidade: 8,5/10

Veredito

Primeiramente, qualquer um dos jogadores citados acima seria um aprimoramento com relação aos laterais presentes no elenco. Em segundo lugar, dependendo da situação de jogo e do esquema utilizado a partir de agora, cada um pode ter mais compatibilidade que o outro. Por fim, a lógica de contratação e de identificação com o clube deve ser respeitada. Por isso foram escolhidos jogadores que, de alguma forma, não teriam objeções a vir para os Blues.

Frank Lampard preza a juventude e pretende renovar o elenco. Portanto, a escola adequada deve aliar retorno imediato com perspectiva futura de desenvolvimento. Entretanto, além das qualidades técnicas do atleta, também é necessário avaliar a personalidade e a possibilidade desse jogador agregar ao vestiário. Além disso, também deve-se levar em conta que os problemas defensivos são maiores, mas os ofensivos também existem. Portanto, um jogador equilibrado, dentro e fora de campo, é imprescindível para a contratação.

Chilwell principal alvo chelsea

Chilwell encaixaria como uma luva no esquema de Lampard (Foto: Goal)

Assim, tudo vai depender da visão que Lampard tem para o seu elenco e de qual lateral ele pensa abrir mão. Verba em caixa o Chelsea tem, além de demonstrar inteligência nas últimas contratações. Resumidamente, a partir desta lista, se o desejo for por potencial futuro, a escolha tem de ser entre Theo Hernández e Rúben Vinagre. Entretanto, se a escolha for por um lateral confiável, existem Nicolás Tagliafico e Angeliño para compor o sistema. Outra opção é por atletas equilibrados, nisto Grimaldo, Alex Telles e Chilwell se destacam.

Porém, como toda contratação é uma aposta, o Chelsea deve ser pragmático e investir numa solução confiável. Por isso, Chilwell é a melhor escolha, por já ter experiência no campeonato mais difícil do mundo.

*Os valores de mercado são baseados nos números do transfermarkt.com

Lucas Jensen

Jornalista que ainda acredita que o futebol pode ser apreciado sem torcer (mas não se segura e torce mesmo assim). Fã de tática e do jogo reativo, se deleita nos contra-ataques e toques 'de primeira'. Amante racional da Premier League e nostálgico do Calcio, seus hobbies incluem teorias mirabolantes e soluções inusitadas.