Express Sport: Nome de Ben Chiwell volta a ganhar força

Lateral esquerdo inglês quer trocar o Leicester pelo Chelsea neste verão.

De acordo com o Express Sport, Ben Chiwell irá comunicar ao Leicester City nesta semana que pretende deixar o time para ir ao Chelsea. O mercado abriu na última segunda (27) e os Blues têm a intenção de continuar contratando para fortalecer o elenco e subir de nível a partir da próxima temporada.

Com Hakim Ziyech e Timo Werner já contratados a um custo combinado de cerca de 100 milhões de euros, o jogador do Bayer Leverkusen, Kai Havertz, deve ser o próximo da lista visto que os termos já foram acordados com o alemão. Os valores devem girar em torno de 90 milhões de euros.

Com o meio e o ataque reforçados, as atenções de Frank Lampard se voltam à defesa, muito criticada na temporada. Foram 54 gols sofridos em 38 jogos, sofrendo mais gols do que qualquer outro na metade de cima da tabela.

Desejo do comandante

Frankie é um admirador de Chiwell há bastante tempo e estuda sua contratação com carinho. Ele acredita que o lateral pode ser a solução para a equipe ao longo prazo.

O jogador tem apenas 23 anos e já se afirmou como um dos laterais mais valorizados da primeira divisão inglesa. Marcou três gols e deu três assistências em 27 jogos da Premier League nesta temporada. Os números ofensivos poderiam ser ainda melhores se não fosse uma lesão, que o tirou da parte final do campeonato.

Kovacic e Chiwell disputam a bola

Chiwell pode ser mais um ótimo reforço do Chelsea para a próxima temporada (Foto: Getty Images)

É titular há três temporadas, depois de um breve período emprestado ao Huddersfield. No total, já acumulou 123 partidas, incluindo 99 na Premier League, marcando quatro gols e dando 12 assistências.

Chiwell está no King Power Stadium desde seus 12 anos de idade e tem contrato até 2024. Porém, a vontade de sair parece estar crescendo, o que acontece por diferentes motivos.

Aspirações maiores

Segundo o Express Sport, o inglês deseja jogar sob o comando de Lampard, ídolo de Chiwell por muitos anos. Além disso, outro fator que influencia a vontade do lateral esquerdo é a oportunidade de jogar a próxima Champions League.

Vale lembrar que o time de Brendan Rodgers fazia uma boa campanha e parecia ter sua vaga assegurada para a maior competição de clubes do mundo. Contudo, a equipe acabou sendo ultrapassada pelo Manchester United e pelo próprio Chelsea, indo apenas para a Liga Europa.

O camisa 3 teria a ambição de assinar com os londrinos por pelo menos cinco anos, se tornando um nome ainda mais valorizado na Premier League. Até o momento, pela seleção, ele jogou 11 partidas sob o comando de Gareth Southgate.

Os Foxes estão pedindo algo em torno de 87 milhões de euros, de acordo com a imprensa inglesa. Entretanto, com a vontade do inglês de sair, unida à queda dos valores de transferências em decorrência da pandemia do coronavírus, o Leicester pode acabar diminuindo bastante essa pedida.

O Chelsea não está imune aos efeitos da crise global, mas é financeiramente mais saudável do que muitos outros. Isso ocorre, principalmente, devido a gestão de Marina Granovskaia, diretora executiva. Pesa também o fato dos Blues terem ficado proibido de fazer contratações por um ano devido ao embargo de transferências imposto pela FIFA.

Bruno Pizarro

Jornalista Esportivo que acredita no desempenho acima do resultado. Entusiasta da Premier League e apaixonado pelo Chelsea Football Club desde a infância. Siga-me no Instagram: brunosafortes