Conheça o Ídolo: Frank James Lampard Jr

(Foto: Lucas Pimenta / Designer Gráfico)

(Foto: Lucas Pimenta / Designer Gráfico)

Após o Rei Didier Drogba, chegou a vez de falar outro grande ídolo da história do Chelsea: Frank James Lampard Jr na série Conheça o Ídolo. Então meus amigos, corram até o banheiro, busquem a pipoca e o refrigerante e apaguem as luzes porque a viagem vai começar.

Trajetória pré-Chelsea

Nascido em 20 de junho de 1978, Frank James Lampard foi criado em uma família de boleiros. Seu pai (Sir Frank Lampard) foi por muito tempo jogador do West Ham United, e se tornou um dos maiores ícones do clube durante ás décadas de 70 e 80, além de atuar pelo English Team em algumas oportunidades.

frank snr

Sr Frank Lampard

Durante sua carreira, Frank Lampard jogou por apenas dois clubes além do Chelsea: West Ham e Swansea City.

West Ham United – Contratado jovem através do pai que na época atuava como auxiliar técnico do clube, Lampard jogou pelos Hammers em duas oportunidades antes de ser emprestado ao clube do País de Gáles.

Swansea City – Mesmo com apenas 16 anos, Frank Lampard atuou em nove ocasiões pelo clube em um período de 6 meses, marcando seu primeiro gol como profissional contra o Brighton & Hove Albion .

mqdefault

Lampard já atuou pelo Swansea City

Retornando à Upton Park – Após a breve passagem pelos ‘Swans‘, Lampard retornou para passar outros 6 meses no banco de reservas. Porém, conforme o tempo passava, mais clara se tornava a condição de estrela que Lampard adquiria, não só no elenco dos Hammers, mas em nível nacional, tendo sido convocado para o English Team pela primeira vez em 1999, pelo então treinador Kevin Keegan. Durante sua estadia no clube em que seu pai se tornara ídolo, Frankie vestiu a camisa dos “Ironworkes‘ em 187 oportunidades, e marcou 39 gols.

Após cinco temporadas de constante frequência entre os titulares e de uma UEFA Intertoto Cup conquistada, Frank Lampard viu seu pai e seu tio, Harry Redknapp, (então assistente-técnico e treinador, respectivamente) serem sacados do West Ham. Com a saída de seus familiares, Lampard não via motivo para resistir a tentação de vestir a camisa do clube que tanto amava, e foi então que se transferiu ao Chelsea em 2001 por uma quantia de £11 Milhões.

Frank-Lampard-playing-for-001

Frank Lampard em Upton Park

Tragetória de Frankie no Chelsea

2001/04 – De um ídolo para outro

Nada parece impossível para Frankie Lampard. Recém chegado em um elenco razoável, tinha pela frente a obrigação de lutar por uma vaga em um time que tinha Gianfranco Zola como camisa 10 e principal armador. Mas ao invés de disputar a vaga de Zola, Lampard aprendeu a recuar um pouco, e aproveitou para melhorar a técnica do passe e de finalização de fora da área, que o ajudou a brilhar com a camisa azul. Atuando ao lado de Zola, Lampard jogou em 101 partidas e marcou 15 gols, além de inúmeras assistências que o definiam como o futuro do time.

L

Frank Lampard e Gianfranco Zola: A melhor dupla de meias da história do clube

Na temporada seguinte, a primeira da era pós-Zola, Lampard liderou o Chelsea a um convincente segundo lugar, marcando 10 gols em 38 jogos, 15 gols durante a temporada regular. Foi então que as coisas finalmente mudaram para Frank Lampard e para o Chelsea.

2004/06 – Uma nova Era

Durante a Era-Mourinho o Chelsea conquistou o Bi-campeonato Inglês, após exaustivos 50 anos. E a principal estrela tinha que ser o camisa #8. Foram 108 jogos e 39 gols. Além do título de segundo melhor jogador do mundo em 2005.

Lampard-terry-and-mourinh

Lampard brilhou no Bi-campeonato inglês

2006/07 – Pouco, porém muito.

Não foi a melhor temporada do clube, mas Lampard parecia imparável. Marcando 21 gols no somatório das competições, Frankie fez nesta temporada o mais belo gol de sua carreira, contra o Barcelona no Nou Camp. Em janeiro marcou o seu primeiro Hat-Trick na carreira contra o Macclesfield Town. Na final da FA Cup daquele ano, deu a assistência para o gol de Drogba contra o Manchester United, que garantiu o único título da temporada.

chelseaAP1905_468x385

Pode até ter sido o único título da temporada, mas contra o Man United teve um sabor especial

2007/08 – De temporada formidável, para tragicamente inesquecível

SNN0304GX1-682_480757a

Pat Lampard – R.I.P

Dois fatos marcaram o ano de Lampard. A morte de sua mãe e a derrota contra o Man.United na final da Champions League. Mesmo após uma contusão que permitiu que o inglês atuasse por apenas 40 partidas, sua margem de gols se manteve, tendo terminado a temporada na marca dos 20 gols. Em abril de 2008, Pat Lampard, mãe do ídolo, faleceu. Uma semana antes da partida de volta da semi-final na Champions League contra o Liverpool. Ainda assim, Lampard decidiu jogar a partida, em um confronto digno de um filme de Hollywood, Frank Lampard marcou o gol da vitória no minuto 98 da prorrogação. O clube conseguira então uma campanha histórica e inédita: chegar a final da Champions League.

Veja o emocionante gol de Lampard contra o Liverpool:

Com a vitória, a final contra o Manchester United chegou, mas infelizmente para nós, não nos traz boas memórias. Chelsea e Lampard teriam de esperar um pouco mais para se tornarem Campeões Europeus.

Soccer - UEFA Champions League - Final - Manchester United v Chelsea - Luzhniki Stadium

Tao perto, tão longe.

2008/09 – A ressaca permanece

57 jogos e 20 gols. Bons números para qualquer jogador da Premier League, mas para Lampard esses números não têm muito valor quando o Chelsea não ganha nada de especial. Apenas a conquista da FA Cup não condizia com a força do elenco e de seu melhor jogador. Era melhor esperar pela próxima temporada.

terry e lampard FA Cup 2009

Chelsea conquistou mais uma Fa Cup

2009/10 – Chelsea e Frank Lampard ressurgem em temporada mágica

Finalmente ! 27 gols em 51 jogos, sendo 22 gols apenas na Premier League. Com a impressionante marca, Lampard conquistou a Premier League, a FA Cup e a Community Shield.

chelsea-epl-winner-2009-10

Blues conquistavam o Double

2010/11 – Uma temporada para se apagar

Hérnia de disco descoberta, operações e poucos minutos em campo para Frank Lampard. Mesmo com apenas 32 jogos na temporada, fez 13 gols.

chelsea103290726

Lesões atrapalharam a temporada do camisa 8

2011/12 – Um milagre dos deuses do futebol

Vamos aos fatos. 16 gols em 49 jogos, uma FA Cup de praxe, e uma Champions League no bolso. O maior sonho dos torcedores se realizou, e nosso capitão, o homem que ergueu a taça ao lado de John Terry e atrás de Bosingwa, acabara de receber o milagre divino da glória máxima do futebol mundial.

Frank Lampard

Blues ganharam o maior título de sua história; Lampard entrava para a história

2012/13 – Quem disse que não dá mais?

Impressionante a forma de Lampard na ultima temporada. Foram 17 gols em 50 jogos. Uma temporada de altos e baixos, mas que mais uma vez terminou em título Europeu. Mas uma vez, Lampard partilha a sua história com o Chelsea, repleta de glória. Quem foi que disse que Lampard não conseguiria mesmo?

576787_10151962888909569_1883236565_n

Once again Baby!

Anos de excelente futebol apresentado, atuações magníficas e gols, fizeram de Lampard o maior artilheiro da história do Chelsea, com 203 gols. Alguns dos mais belos gols de sua carreira estão no vídeo abaixo:

Mas apesar de ser um exímio finalizador, Lampard também é caracterizado pelas assistências e pelos dribles desconcertantes:

Títulos

Listando todos os títulos de Frank Lampard pelo Chelsea, vemos o maior vencedor da história do clube:

  • FA Premier League: 2004–05, 2005–06, 2009–10

  • FA Cup: 2006–07, 2008–09, 2009–10, 2011–12

  • Capital Cup: 2004–05, 2006–07

  • FA Community Shield: 2005, 2009

  • UEFA Champions League: 2011–12

  • UEFA Europa League: 2012–13

Já são doze temporadas atuando com a camisa azul. Desde 2001, quando chegou ao Chelsea, Frank Lampard se tornou o principal símbolo de conquista e glória da equipe. Foram (até o momento) 608 jogos e 13 títulos em Stamford Bridge, além de diversos prêmios individuas, entre eles:

  • Premier League Player of the Year – 05, 06

  • Premier League Player of the Decade

  • Ballon D’ro FIFA – 2005

  • World XI – 2005

  • UEFA Club Midfielder of the Year – 2008

  • Premier League 20 Seasons Awards

  • England Player of the Year – 2004, 2005

  • UEFA Euro 2004 Team of the Tournament

  • Chelsea Player of the Year – 2004, 2005, 2009

  • PFA Premier League Team of the Year – 2004, 2005, 2006

  • Premier League: 2004–05 Barclays Merit Award (por 164 jogos consecutivos)

  • ESM Team of the Year – 2004–05, 2005–06, 2009–10

  • FWA Tribute Award: 2010

  • Premier League Top Assists: 2004–05:16 assistências; 2009–10: 17 assistências

  • FA Cup Final Man of the Match – 2007

  • UEFA Europa League Final Man of the Match – 2013

  • FA Cup: Best player – 2006–07, 2008–09, 2009–10

  • Premier League: Meio-Campista com mais gols – 165 gols

Relembre as principais conquistas de Frank Lampard pelos Blues, contando sempre com a participação mais do que especial de outros ícones da história do Chelsea como, em destaque, a de Didier Drogba:

Champions League 2011/12

Europa League 2012/13

Premier League 2009/10 + FA Cup

E para finalizar, o dia histórico em que Lampard ultrapassou o lendário Bobby Tambling alcançando a marcar de Maior Artilheiro da História do Chelsea F.C.

Este é o fim do Conheça o Ídolo: Frank James Lampard. Todos nós teremos o prazer e honra de acompanhar a possível última temporada de um dos maiores ídolos do Chelsea a partir de agosto. Não perca um jogo sequer meu caro irmão. E se um dia você estiver indisposto para levantar da sua cama pela manhã de sábado, para ver um jogo do Chelsea, lembre-se o quanto milhares de outros jovens do futuro desejariam assistir ao vivo os últimos passos de Lampard em Stamford Bridge.

Obrigado por acompanhar mais um Conheça o Ídolo. Não deixe de sugerir o próximo ídolo a entrar em nossa galeria. Um abraço e até a próxima!

Um dos maiores: Frank James Lampard

Um dos maiores: Frank James Lampard

* Observa-se que existiam dois prêmios distintos, que atualmente se uniram em um único troféu. Lampard foi segundo colocado em ambos.

Fotos: Telegraph, Daily Mail, Zimbio, Getty Images e The Sun.

Luis Eyer