Alemanha sofre, mas passa pela Argélia na prorrogação

Schurrle marcou o primeiro gol da partida

Schürrle marcou o primeiro gol da partida

Alemães e argelinos disputaram uma das vagas para as quartas de final da Copa do Mundo. Jogando em Porto Alegre, os argelinos surpreenderam e conseguiram levar o jogo para a prorrogação, porém mesmo com todo o esforço da seleção africana a Alemanha venceu.

Schürrle foi fundamental na partida. Entrou no intervalo e mudou a história do jogo. A Alemanha, que foi quase nula ofensivamente no primeiro tempo, parecia outro time a partir da segunda etapa. E dos pés do atacante dos Blues saiu o primeiro gol dos alemães.

Argélia é melhor no primeiro tempo, porém não marca gols

A partida começou com os alemães mantendo posse de bola por muito mais tempo, buscando achar espaços na zaga argelina. Porém, a equipe africana começou melhor, usando ligações diretas e abusando da velocidade nos contra-ataques, sempre buscando Slimani. Em uma das chances, Slimani apareceu livre pelo lado esquerdo, mas Neuer saiu da área para afastar a bola. Em outro contra-ataque, Feghouli avançou pelo lado direito e chutou por cima do gol, mesmo tendo a opção de passe na pequena área.

Aos 16 minutos, após cruzamento vindo da esquerda, Slimani cabeceou para o fundo do gol, mas o lance foi anulado pois o atacante estava em posição de impedimento. Em seguida, Ghoulam perdeu ótima chance de gol em um chute cruzado. A primeira boa chance da Alemanha veio apenas aos 23 minutos: após passe de Müller, Özil bateu colocado para boa defesa de M’Bolhi. Perto do fim do primeiro tempo, após cruzamento pela esquerda, a zaga alemã afastou a bola, e no rebote Mostefa chutou forte, quase marcando o primeiro gol. Em seguida, M’Bolhi defende chute de longe de Kroos, e no rebote o goleiro defendeu o chute de Götze.

Entrada de Schurrle dá nova cara aos alemães, mas gol não sai no tempo normal

Após a entrada de Schürrle no intervalo, a Alemanha passou a atacar mais. Logo no começo do segundo tempo, o atacante do Chelsea teve uma ótima oportunidade para abrir o placar, mas M’Bolhi desviou a bola para escanteio, e no cruzamento o goleiro defendeu o cabeceio de Mustafi. Nos minutos seguintes, uma sequência de contra-ataques para ambos os times quase abre o marcador. M’Bolhi fez mais uma ótima defesa após chute forte de Lahm de fora da área. Aos 72 minutos, em mais uma ligação direta para Slimani, o atacante argelino rapidamente passou por Mertesacker e mais uma vez Neuer saiu da área para  afastar a bola.

Pouco depois, após rápida cobrança de lateral, Feghouli quase abriu o placar em chute cruzado, e em seguida Neuer defendeu chute forte de Slimani. A Alemanha voltou a atacar, e em um cruzamento de Muller pela direita, Schweinsteiger perdeu ótima chance de abrir o placar. Em seguida, M’Bolhi defendeu ótima cabeçada de Muller. Os dois goleiros se destacaram no final do segundo tempo, sendo com defesas ou, no caso do Neuer, avançando até fora da área para afastar as bolas.

Prorrogação épica, com gols do início ao fim

Logo no primeiro ataque da prorrogação, Müller avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Schürrle mandou a bola para as redes, finalmente abrindo o placar. Pouco depois, Müller quase ampliou o placar com um chute de longe. Após um escanteio para a Argélia, a zaga afastou mal a bola e Mostefa perdeu ótima chance para empatar a partida. Após o gol, os alemães passaram a controlar mais o jogo, e tiveram a maior parte das chances de gol, quase ampliando o placar.

E perto do fim da prorrogação, em um contra-ataque fatal, após chance de Müller, Ozil chutou e finalmente marcou o segundo gol. Logo depois, em um rápido contra-ataque, Feghouli cruzou para Djabou, que diminuiu o placar. A Alemanha enfrentará a França no dia 4 de julho, ás 13:00, no Maracanã.

ALEMANHA 2-1 ARGÉLIA

Local: Estádio Mané Garrincha, Brasília (DF)
Data: 
30/06/2014
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (BRA)
Assistentes: Emerson de Carvalho e Marcelo van Gasse
Cartões amarelos: 
Halliche, Lahm
Gols: Schurrle 92′, Ozil 119′, Djabou 120′

ALEMANHA: Neuer, Mustafi (Khedira 69′), Mertesacker, Boateng, Höwedes, Lahm, Özil, Schweinsteiger (Kramer 109′), Kroos, Götze (Schürrle intervalo), Müller.
Treinador: Joachim Löw

ARGÉLIA: M’Bolhi, Mandi, Belkalem, Halliche (Bougherra 97′), Ghoulam, Lacen, Mostefa, Feghouli, Soudani (Djabou 99′), Taider (Brahimi 78′), Slimani.
Treinador: Vahid Halilhodžić

Durante toda a Copa do Mundo, o Chelsea Brasil fará a cobertura do torneio, informando, com o já conhecido empenho, o dia-a-dia dos jogadores dos Blues.

Luís Barbosa