Sky Sports: Chelsea aumenta proposta para não precisar dividir Wembley com o Tottenham

Chelsea pode jogar em Wembley por três temporadas (Foto: Reuters)
Chelsea pode jogar em Wembley por quatro temporadas (Foto: Reuters)

O torcedor do Chelsea já está acostumado com o fato de que o clube não jogará as próximas quatro temporadas em Stamford Bridge, para que o estádio possa passar por uma significativa reforma que aumentará a capacidade de 41 para 60 mil lugares, com estratégia de crescimento de 100% da renda quando a reforma estiver completa, já que o projeto prioriza acentos executivos e especiais.

Contudo, muitos torcedores têm vivido a expectativa sobre o anúncio da casa provisória dos Blues neste período. Primeiramente foi cogitado a utilização de Twickenham, o estádio da Seleção Inglesa de Rugby, contudo as negociações não evoluíram. Agora, o nome provável é Wembley, com o Chelsea em contatos já avançados para locação da casa da seleção inglesa de futebol.

Nesse sentido, o que se cogita na imprensa é que Chelsea e Tottenham teriam de dividir o estádio, já que os Spurs também farão uma reforma em seu estádio, porém de apenas uma temporada. Entretanto, a notícia que surgiu esta semana na Inglaterra é de que os Blues teriam feito proposta muito superior ao valor pretendido pela FA, para que possa utilizar Wembley de maneira exclusiva.

Leia também: Projeto do novo Stamford Bridge é aprovado preliminarmente

Para surpresa de todos, quem deu a notícia foi o próprio Daniel Levy, presidente do Tottenham, que afirmou que a proposta azul é bem mais vantajosa para a FA, já que prevê um contrato de quatro anos, enquanto a dos Spurs seria de apenas um. O presidente dos rivais do Chelsea afirmou, inclusive, que seu clube já procura alternativas, como o estádio do MK Dons, que fica a cerca de 80 quilômetros do atual estádio do Tottenham.

O próprio Diretor Executivo da FA admitiu que o negócio pode ser selado em breve, mas sem citar especificamente os clubes:

“Nós somos e sempre seremos o estádio da Seleção da Inglaterra. Contudo, estamos muito empenhados agora em utilizar Wembley com mais frequência. Afinal, nós temos um compromisso com o futebol.”

No momento, o Chelsea descarta qualquer outra opção que não seja o Wembley e pelo andar das declarações e negociações noticiadas na Inglaterra, os Blues podem mesmo acabar por utilizar o Wembley como sua morada temporária, a começar na temporada 2016/2017 e até 2019/2020, quando terminará a reforma de Stamford Bridge. O plano de Roman Abramovich é iniciar a temporada 2020/2021 em sua casa original.

Comentários

Category: Chelsea Football Club

Tags: