Jorginho: “Não importa quem vai cobrar os pênaltis”

Jorginho e Timo Werner foram questionados sobre a mudança no posto de cobrador oficial de penalidades máximas

Após a vitória por 3 a 0 contra o Rennes, Jorginho e Timo Werner foram questionados sobre a mudança no posto de cobrador oficial de penalidades máximas. Primeiramente, Jorginho enfatizou que o mais importante é o atleta converter a penalidade e marcar o gol. Por outro lado, o alemão disse que foi comunicado momentos antes do duelo que cobraria o pênalti, caso fosse marcado no duelo contra o Rennes. Assim sendo, duas penalidades máximas foram marcadas e Timo Werner balançou as redes nas duas chances.

As palavras de Jorginho e Werner

“Ele [Timo Werner] cobrou os pênaltis, marcou e todos nós estamos felizes. Não importa quem vai cobrar os pênaltis. Ele estava querendo cobrar e eu não tenho nenhum problema com isso. O mais importante é que marcamos, não importa quem. Isso foi decidido antes do jogo e ele marcou. Isso foi o mais importante. Por isso, estamos todos felizes”, afirmou Jorginho.

Além disso, Timo Werner também se manifestou sobre os pênaltis contra o clube francês. “Antes do jogo, o técnico me disse que se tivesse um pênalti hoje, eu deveria cobrar. Foram dois, então foi um pouco diferente. Mas converti e são gols importantes para um atacante.

E os comentários de Lampard

No pós-jogo de Chelsea 3×0 Rennes, Frank Lampard conversou sobre o tema. “Não foi uma decisão fácil, pois Jorginho tem sido muito bom para nós. Ele perdeu duas cobranças recentemente e Timo [Werner] assumiu e marcou um no nosso último jogo. Eu tive uma conversa com Jorginho e a resposta foi muito boa para um profissional. Afinal, ele não liga sobre quem vai cobrar, desder que o cobrador marque. Por fim, abordamos Timo e ele cobrou as penalidades hoje à noite. Ele é o nosso atual cobrador de pênaltis e ele prontamente aceitou. Portanto, eu estou muito feliz”, salientou Frank Lampard.

Por fim, confira o pós-jogo de Chelsea 3×0 Rennes, jogo válido pela UEFA Champions League.

Além disso, o Chelsea Brasil está muito próximo de ser reconhecido novamente como Torcida Oficial dos Blues. Por isso, clique no banner abaixo e nos ajude.

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.