Na História

Giroud faz quatro gols e Chelsea vence Sevilla na UCL

Em jogo válido pela UEFA Champions League, o Chelsea venceu o Sevilla, na Andaluzia, por 4 a 0. Todos os gols da equipe de Londres foram marcados por Olivier Giroud. O centroavante francês abriu o placar aos oito minutos do primeiro tempo, com assistência de Kai Havertz. Posteriormente, o francês ampliou aos nove minutos do segundo tempo, com passe de Kovacic. Além disso, aos 29 minutos da etapa complementar, Kanté fez cruzamento milimétrico para o hat-trick de Giroud. E acredite, tinha tempo para mais.

Por fim, aos 37 minutos de jogo, Giroud sofreu penalidade máxima. No minuto seguinte, o francês colocou na marca da cal e converteu. 4 a 0 para o Chelsea e quatro gols de Giroud. Ou seja, Chelsea garante a classificação como primeiro colocado do Grupo E da UEFA Champions League. Por fim, vale relembrar que esse feito não era obtido pelo clube de Londres desde a temporada 2015/16.

Giroud marca e Chelsea sai na frente

Aos sete minutos de jogo, Giroud abre o placar. Primeiramente, passe de Havertz e, por fim, conclusão do francês.
Aos sete minutos de jogo, Giroud abriu o placar. Primeiramente, passe de Havertz e, por fim, conclusão do francês. (Chelsea FC / Twitter)

No primeiro lance do jogo, Havertz recebeu em profundidade e na proximidade da linha de fundo. O atleta do Chelsea tentou o cruzamento, mas a bola foi direto para o gol. Por fim, Alfonso fez a defesa.  No minuto 5, Giroud recebeu passe açucarado dentro da área e finalizou próximo da trave direita do Sevilla. Três minutos depois, gol do Chelsea. Havertz fez o passe para Giroud e o francês finalizou, de pé esquerdo, para o fundo do gol. Aos 8 minutos, 1 a 0 para os visitantes.

Nos minutos seguintes, o Sevilla buscou manter mais a posse de bola e ameaçar o sistema defensivo do Chelsea. O time espanhol levou perigo em bola alçada de Óscar Rodriguez. Inclusive, o Sevilla pediu pênalti em lance originado em bola alçada na área do Chelsea. Um cabeceio de Diego Carlos que bateu na mão, junto ao corpo, de Azpilicueta. Entretanto, o VAR não assinalou a infração. Lance ocorrido no minuto 19. Quatro minutos depois, En-Nesyri finalizou na rede do lado de fora da meta do Mendy.

Aos 26, Pulisic avançou em velocidade e finalizou. Alfonso fez boa defesa. Na sequência, Rudiger cabeceou e a bola foi afastada em cima da linha. Seria o segundo gol do Chelsea. Seis minutos depois, En-Nesyri chutou do meio-campo, tentou surpreender Mendy, mas a bola foi para fora. Por fim, o Sevilla continuou ameaçando através das bolas paradas de Óscar Rodriguez. Por outro lado, o Chelsea ameaçava através da velocidade nos contragolpes. Em, conclusão, 1 a 0 para o Chelsea e apito final na primeira etapa.

Hat-trick de Giroud, na etapa complementar, e vitória do time de Londres

Giroud marcou o segundo dele na etapa complementar. Primeiramente, passe de Kovacic e, por fim, toque do atacante francês por cima do gol rival.
Giroud marcou o segundo dele na etapa complementar. Primeiramente, passe de Kovacic e, por fim, toque do atacante francês por cima do gol rival. (Chelsea FC / Site)

No terceiro minuto, Jesus Navas acionou Gudelj por cima da linha de marcação do Chelsea. O atleta do Sevilla chutou forte, mas a bola foi por cima da meta de Mendy. Aos nove minutos de jogo, Giroud ampliou para o Chelsea. Jorginho passou para Kovacic e o croata acionou Giroud, cara a cara com o goleiro. O francês, com uma tranquilidade diferenciada, tocou por cima de Alfonso. 2 a 0 para o Chelsea aos nove minutos do segundo tempo.

No 11º minuto, Hudson-Odoi recebeu passe, com liberdade pelo lado direito, e o futebolista finalizou por cima do gol. Insatisfeito com o desempenho do time, Julen Lopetegui fez três alterações de uma vez só. Aos 14 minutos, saíram Jesus Navas, Idrissi e Óscar Rodriguez. Por outro lado, entraram Koundé, Jordán e Ocampos.  Entretanto, o Chelsea respondeu com três alterações: saíram Havertz, Pulisic e Kovacic e entraram Mount, Kanté e Ziyech.

O hat-trick e o poker

Na primeira chance de Mount, aos 23 minutos, o meio-campista obrigou uma bela defesa do goleiro mandante. Aos 29 minutos, O “Nanana” atacou mais uma vez! Kanté desceu com a posse de bola pelo lado direito e fez cruzamento milimétrico para Giroud. O francês cabeceou com firmeza para o fundo do rival. 3 a 0 para o Chelsea, três gols de Giroud.

E TINHA TEMPO PARA MAIS. Posteriormente, Giroud sofreu penalidade máxima aos 82 minutos de jogo. Ele pegou a bola, colocou na marca da cal e fez o quarto gol no jogo. 4 a 0 para o Chelsea e quatro gols do francês. Por fim, o apito final do embate. 4 a 0 para o Chelsea – quatro gols de Giroud.

Próximo jogo

O próximo compromisso do Chelsea será válido pela Premier League. Por isso, a equipe de Londres recebe o Leeds United, no sábado (5), às 17h (horário de Brasília), em jogo válido pela 11ª rodada da competição nacional. Por outro lado, a equipe de Stamford Bridge entra em campo contra o Krasnodar, na terça-feira (8), às 17h (Brasília), na última rodada da fase de grupos da UEFA Champions League.

Ficha Técnica

Sevilla: Alfonso; Jesús Navas (Koundé 59), Sergi Gómez, Diego Carlos e Karim Rekik; Rakitic (Óliver Torres 77), Gudelj e Óscar Rodriguez (Jordán 59); Vázquez (Munir 66), En-Nesyri e Idrissi (Ocampos 59)

Reservas: Adrián Glez, Vaclík, De Jong, Koundé, Fernando, Zarzana, Javi Vázquez e Romero

Técnico: Julen Lopetegui

Cartão amarelo: Idrissi, Jordán

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Christensen, Rudiger e Emerson Palmieri; Jorginho (Gilmour 83) e Kovacic (Ziyech 66); Hudson-Odoi, Havertz (Kanté 66) e Pulisic (Mount 66); Giroud (Werner 83)

Reservas: Caballero, Kepa, James, Tomori, Chilwell, Alonso e Abraham

Técnico: Frank Lampard

Gols: Giroud 8’1T, 9’2T, 29’2T,

Cartão amarelo: Kovacic, Pulisic, Ziyech, Mount

Informações da partida

Data: 29 de novembro de 2020

Horário: 17h (horário de Brasília). Transmissão do canal Space

Competição: 5ª rodada da 1ª fase da UEFA Champions League 2020/21

Local: Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla

Árbitro: Artur Dias (Portugal)

Assistentes:  Rui Tavares e Paulo Soares (Portugal)

Quarto árbitro: Hugo Miguel (Portugal)

VAR: Tiago Martins (Portugal)

Assistente VAR: Luis Godinho (Portugal)

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.