Desfalcado, Brasil enfrenta a Alemanha no Mineirão

Müller e David Luiz são os destaques de seus países nessa Copa do Mundo (Foto: Globo)

Faltam dois. A Copa do Mundo vai chegando em sua reta final, e nesta terça-feira teremos um momento de decisão para dois dos times favoritos para a conquista do título.

Isso porque Brasil e Alemanha irão confrontar-se no Estádio do Mineirão, às 17h00, na primeira partida das semi-finais do Mundial. A partida terá transmissão de TV Globo, Bandeirantes, ESPN Brasil, SporTV, Fox Sports e Bandsports. 

Sem craque e capitão, Brasil tenta se superar em campo

O assunto já está desgastante, mas não podemos deixar passar em branco: Neymar, machucado, é desfalque certo para o jogo desta terça-feira. Além de ter perdido seu principal jogador, Luiz Felipe Scolari tem mais um grande problema: o zagueiro Thiago Silva, capitão do time, levou seu segundo cartão amarelo no jogo contra a Colômbia e terá que cumprir suspensão automática.

Os substitutos ainda não foram confirmados, mas Dante é o mais do que provável titular para a vaga de Thiago Silva. Já para o lugar de Neymar, Felipão testou um esquema com três volantes, que teria Luiz Gustavo, Paulinho e Fernandinho, com Oscar, Hulk e Fred atuando mais a frente. Porém, em outro momento do treino, Willian, que seria o substituto natural de Neymar, foi o escalado, fazendo com que Paulinho fosse sacado. A outra dúvida na escalação é na lateral-direita, visto que Maicon e Daniel Alves revezaram-se durante os treinamentos. Já no papel de capitão, David Luiz assumirá o posto.

Entre os jogadores do Chelsea, Oscar é titular absoluto da seleção e sua saída é impensável. Já Willian tem grandes chances de começar jogando na vaga deixada por Neymar, enquanto Ramires corre por fora, porém não seria nada absurdo vê-lo atuando como titular pelo lado direito.

Willian, inclusive, falou sobre a possibilidade de entrar em campo em um jogo de tamanha importância para a seleção brasileira.

“Sem dúvida alguma, é um jogo importantíssimo. Todo jogador sonha em disputar uma partida assim”, comentou, tentando transparecer também confiança. “Todos estão preparados. Queremos que o jogo chegue logo. É claro que temos alguns ajustes a fazer, mas vamos acompanhar os pontos fortes e fracos da Alemanha para o Brasil não ser surpreendido”, disse.

Felipão, em sua entrevista, disse que já tem o time definido.

“Eu já tenho o time. Se usar três volantes, darei mais liberdade aos laterais. Se jogar com dois, vou segurar um pouco mais. Nós temos que respeitar a equipe da Alemanha, mas não podemos respeitar sem nos impor e colocar a nossa maneira de jogar. Nós temos um padrão e vamos tentar imprimir o nosso jogo. Amanhã vamos jogar por nós, pelo Neymar, mas principalmente pela vontade de vencer”, concluiu.

Löw deixa questões em aberto para enfrentar o Brasil

Atento a tudo que vem ocorrendo com a seleção brasileira, Joachim Low não demonstrou entusiasmo algum com a lesão de Neymar: “Sem o Neymar, o Brasil será mais difícil de vencer do que se estivesse com ele”, imaginou, explicando: “Claro que é um jogador de talento excepcional. Só que, depois dessa tragédia, os seus companheiros estarão mais unidos”, previu.

Já com relação ao time que entra em campo nesta terça-feira, Low não esclareceu tantas dúvidas. Ainda existe a questão relacionada a Philipp Lahm, lateral de origem que vem atuando mais vezes como volante na seleção alemã e no Bayern de Munique. No jogo contra a França, Lahm foi para a lateral e o time melhorou, mas a manutenção dessa maneira de jogar ainda não é confirmada. Já mais a frente, Klose, que foi titular no último jogo, tem a concorrência de Gotze, Schürrle e Podolski para iniciar a partida. Gotze é apontado pela imprensa como favorito para entrar.

FICHA TÉCNICA

BRASIL X ALEMANHA

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 8 de julho de 2014, terça-feira
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Marco Rodríguez (México)
Assistentes: Marvin Torrentera e Marcos Quintero (ambos do México)

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves (Maicon), David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar, Willian (Paulinho) e Hulk; Fred
Técnico: Luiz Felipe Scolari

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels e Howedes; Schweinsteiger, Khedira (Mertesacker) e Kroos; Ozil, Klose (Gotze) e Muller
Técnico: Joachim Low

Durante toda a Copa do Mundo, o Chelsea Brasil fará a cobertura do torneio, informando, com o já conhecido empenho, o dia-a-dia dos jogadores dos Blues.

Category: Competições

Tags:

Article by: Gabriel Belo