Chelsea bate o Luton Town e avança na FA Cup

O Chelsea venceu o Luton Town por 3 a 1 neste domingo (24) e avançou na FA Cup para as oitavas de final. Após um primeiro tempo tranquilo, os Blues diminuíram o ritmo no segundo tempo.

Com isso, o Luton aumentou a pressão na saída de bola e criou diversas chances. Quem assistiu somente ao primeiro tempo não imaginaria que o segundo seria tão diferente.

Primeiro tempo

O início do jogo foi adiado em alguns minutos por causa da neve, que estava fortíssima em Londres.

Neve em Londres
A neve tomou conta de Stamford Bridge antes do apito inicial (Foto: Getty)

Os comandados de Frank Lampard abriram o placar logo no início da partida. Aos 11, Tammy Abraham conseguiu uma boa finalização chegando no meio da área, utilizando o pé direito pra botar no cantinho.

Na sequência, aos 17, James cruzou pelo lado direito e acertou a cabeça de Abraham no meio da área. Bela jogada coletiva dos Blues, que agora pareciam ter o jogo nas mãos.

O Luton tentou lutar e conseguiu algumas oportunidades com Rea e Cornick, mas parou na defesa londrina.

Foi aos 30 minutos que Bree cruzou a bola para Clark, que finalizou dentro da área e diminuiu o placar.

O lance era defensável, o que fez com que muitas críticas a Kepa começassem a surgir nas redes sociais. De qualquer forma, ele viria a fazer um jogo melhor na sequência da partida.

Segundo tempo

Houve muita disputa pela posse de bola, mas poucas chances criadas nos minutos iniciais da etapa final.

Alguns minutos depois, o Chelsea começou a jogar razoavelmente bem, porém logo foi superado pelo Luton Town. As alterações da equipe conseguiram modificar o jogo e equilibrar o duelo.

Kepa Arrizabalaga fez um bom jogo na segunda etapa e salvou o time em diversas oportunidades, inclusive com defesas difíceis. O segundo tempo do espanhol foi seguro e pode servir para aumentar sua confiança. Todavia, é preciso lembrar que ele falha no gol do Luton.

A partir dos 20 minutos, a equipe azul de Londres começou a encontrar os espaços na defesa do Luton e as oportunidades de ampliar apareceram.

Aos 74, Odoi tabelou com Gilmour em bela jogada pela esquerda e só rolou para Abraham completar seu hat-trick. O atacante foi o primeiro jogador a marcar um hat-trick na FA Cup pelo Chelsea desde o brasileiro Oscar, que fez três gols no MK Dons em janeiro de 2016.

Chelsea comemora
Abraham aproveitou muito bem as chances criadas pelo time (Foto: Daily Mail)

Depois, aos 84, Werner sofreu falta dentro da área e conseguiu o pênalti. Porém, na batida, o alemão não pegou bem na bola e o goleiro Sluga defendeu.

A fase do atacante é péssima e ele parece estar mentalmente abalado. Lampard precisa mexer com o jogador para que ele volte a apresentar o futebol com jogava no Leipzig.

Alguns dos destaques do jogo foram Abraham, Gilmour, Mount, Ziyech, James e Odoi. Todos estes participaram bastante do jogo e ditaram o ritmo da equipe. Werner também fez uma partida interessante, mas as chances perdidas chamaram atenção novamente.

Werner e Abraham comemoram
Abraham e Werner fizeram um bom jogo, mas o inglês foi muito mais fatal (Foto: Getty)

Sequência de jogos pesados continua

Agora, a equipe de Lampard irá enfrentar o Barnsley nas oitavas de final da Copa da Inglaterra. O futuro adversário eliminou o Norwich ontem após vitória por um a zero.

O Chelsea pega o Wolverhampton na quarta em Stamford Bridge. Posteriormente, joga contra o Tottenham e o Sheffield fora de casa.

É um momento importante da temporada e essa sequência de jogos deve ser determinante para os objetivos de Lampard e seus jogadores.

Ficha técnica

Chelsea: Kepa, Reece James, Zouma, Christensen, Emerson, Gilmour, Mount (Kovacic), Pulisic (Hudson-Odoi), Werner, Ziyech (Havertz), Abraham (Giroud).

Reservas não utilizados: Caballlero, Azpilicueta, Chilwell, Jorginho, Rudiger.

Técnico: Frank Lampard

Gols: Abraham 11′, 17′, 74′.

Luton Town: Sluga, Rea, Potts, Bradley, Lockear, Naismith, Bree (LuaLua), Hall, Clark, Tunnicliff (Berry), Mpanzu, Cornick (Collins),

Reservas não utilizados: Lee, Shea, Moncur, Hilton, Nombe

Técnico: Nathan Jones

Gols: Clark 30′

Category: Competições

Tags:

Article by: Bruno Pizarro

Jornalista Esportivo que acredita no desempenho acima do resultado. Entusiasta da Premier League e apaixonado pelo Chelsea Football Club desde a infância. Siga-me no Instagram: brunosafortes