Com proposta da China, Ramires deve mesmo sair. Boa notícia para Ruben Loftus-Cheek?

Com a crescente insatisfação com as poucas oportunidades que vem recebendo desde a chegada do técnico Guus Hiddink, muito vem sendo especulado sobre uma possível saída de Ramires do Chelsea, chegando ao fim sua trajetória no Chelsea após quase seis anos com a camisa 7 dos Blues.

Ramires participou de apenas 12 partidas nessa temporada na Premier League, tendo a sua última partida sido contra o Manchester United, no dia 28 de dezembro. Seu último jogo como titular na competição é ainda mais antigo: 14 de dezembro na derrota para o Leicester. Ramires não vem sendo relacionado para as partidas desde o empate contra o West Brom, no dia 13 de janeiro, em que assistiu ao empate do banco de reservas.

Com a reta final da janela de transferências, um dos nomes que podem sair do Chelsea é, de fato, o de Ramires. O brasileiro já foi especulado em uma troca com o Borussia Dortmund, que traria Ilkay Gundogan para Londres, mas o rumor parece ter acabado logo no início, sem muita força nos noticiários nos dias seguintes. Porém, um novo destino surgiu para Ramires esta semana: a China.

Alguns portais chegam a dar como certa a negociação de Ramires para o Jiangsu Suning, por £25 milhões. Com a saída de Ramires, cria-se uma expectativa de como Ruben Loftus-Cheek poderá ser utilizado daqui pra frente no time do Chelsea. O brasileiro vinha sendo reserva e a dupla de volantes formada por Nemanja Matic e John Obi Mikel, porém, Loftus-Cheek vem sendo uma figurinha constante na relação de jogadores do Chelsea nos últimos jogos.

Ramires deve seguir para a China (Foto: Reuters)

Ramires deve seguir para a China (Foto: Reuters)

Loftus-Cheek ainda tem poucas aparições com a camisa do Chelsea, apenas sete em toda temporada, mas já deixou a sua marca em uma partida recente da FA Cup, contra o Scunthorpe, marcando seu primeiro gol como profissional. O inglês é tratado como uma das principais jóias da base do Chelsea e, mesmo com 20 anos, já tem sido apontado como uma peça que poderia dar liga no time em uma temporada tão abaixo do esperado.

Mesmo com uma saída de Ramires do clube, Loftus-Cheek ainda aparenta ser a terceira ou quarta opção de Hiddink para a posição de volante, atrás de sua dupla atual e de Cesc Fàbregas, quando o holandês assim desejar que jogue o espanhol.

Por suas características, o jovem poderia facilmente atuar junto com um dos dois volantes atuais: ou Matic ou Mikel. Talvez seja cedo para lançar mais Loftus-Cheek, ainda mais por toda temporada turbulenta que o Chelsea vem vivendo, mas o jovem precisa ser lapidado porque tem um talento inquestionável. E só se ganha experiência jogando.

Ramires renovou o seu contrato com o Chelsea em outubro por mais três temporadas – até 2019. Porém, com o possível investimento do futebol chinês, Loftus-Cheek sobe um degrau na disputa, mas ainda tem o que percorrer para conseguir chegar ao time titular, pelo menos para Hiddink. O Chelsea não precisa ir ao mercado contratar Paul Pogba ou outra figura semelhante, pois tem um jovem que tem tudo pra guiar-se pelo mesmo caminho que o francês. Só precisa de oportunidades.

Diego Lepre

Carioca, estudante de Jornalismo e apaixonado pelo Chelsea.