Ramires, titular para a próxima temporada?

Barcelona x Chelsea – Liga dos Campeões – Gol do Ramires (Foto: Josep Lago/AFP)

Ramires é conhecido por sua versatilidade. Pode jogar em 3 posições distintas no meio de campo e estou aqui para falar de tal polivalência e para esclarecer qual a posição de origem do ‘’queniano azul’’ ou ‘’warrior blue’’ como preferirem.

O Ramires jogava como meia lateral pela direita nos tempos de Benfica, uma posição um tanto quanto difícil pois se tem que marcar o lateral adversário e fechar no meio de campo, já que no 4-1-2-1-2 do Jorge Jesus(técnico do Benfica) ficava basicamente impossível jogar ofensivamente ou defensivamente apenas.

RAMIRES NO ESQUEMA TÁTICO DO JORGE JESUS (TÉCNICO DO BENFICA) EM 2009-2010:

Quando chegou ao Chelsea em 2010, Ramires foi entrando no time do Carlo Ancelotti aos poucos e teve alguns problemas de adaptação, tanto com o idioma quanto para se hospedar na cidade de Londres e principalmente com um novo estilo de vida. Mas não estamos aqui para discutir isso e falar sobre. Sabemos que a posição de origem do Ramires é: Meia central pela direita (também conhecido no Brasil como ‘’segundo volante’’) O Manager italiano tentou usar o brasileiro justamente nessa posição em um 4-3-3 mas Ramires não conseguiu consistência a principio e acabou sendo prejudicado pelas fraquezas que o elenco todo sentiu. Já no final da temporada 2010-2011, Carletto tentou usar Ramires como meia lateral num 4-4-2 com Malouda pela esquerda, Drogba e Torres no ataque e deu muito certo. Ramires se saiu bem sem precisar fechar no meio de campo e ajudou demais Ivanovic a cumprir as funções táticas pela direita.

RAMIRES QUANDO CHEGOU NO CHELSEA EM 2010 SOB COMANDO DO CARLO ANCELOTTI:

 

RAMIRES AINDA SOB O COMANDO DO CARLETTO NO FINAL DA TEMPORADA 2010-2011:

Em 2011, o mesmo aconteceu com o Ramires sob o comando do ‘’badalado’’ até então André Villas-Boas, que era loucamente ‘’fissurado’’ pelo 4-3-3! AVB tentou de tudo para fazer com que Ramires jogasse no 4-3-3 como meia central pela direita (sua posição de origem) porém, Ramires mesmo encaixando uma boa sequência de jogos e mantendo um bom nível de jogo, continuava sofrendo com a fragilidade do elenco. Foram diversas as vezes que vimos Ramires ser o melhor em campo sob o comando do Villas-Boas, mas as derrotas apagavam as belas apresentações e destaques individuais do brasileiro. Quando o português foi demitido, Roberto Di Matteo assumiu o cargo e logo de cara já foi trocando a formação dos Blues. O 4-2-3-1 era a bola da vez e Ramires voltou a ser usado como meia lateral pela direita, só que agora sendo uma espécie de winger. Sem tantas responsabilidades táticas, o brasileiro conseguiu mostrar o seu melhor futebol com a camisa do Chelsea, o que fez dele um dos melhores jogadores com a camisa do Chelsea na temporada 2011-2012.

RAMIRES NO 4-3-3 DO ANDRÉ VILLAS BOAS:

 

Jogando como winger no 4-2-3-1,  Ramires conseguiu colocar em práticas suas maiores qualidades que são: a velocidade, consciência tática, resistência física e acima de tudo o seu ‘’poder’’ de reação, que acaba tornando ele um jogador ofensivo, aparecendo muitas vezes à frente como ‘’elemento surpresa’’. Sabemos que o brasileiro pode jogar de segundo volante (meia central), de winger (meia lateral) e como primeiro volante em situações extremas. Por que em situações extremas? Ramires não pode ser usado como primeiro volaante no 4-2-3-1 do Di Matteo por que isso dificultaria a ‘’proteção à defesa’’ e a rotatividade de passes que um volante tem que saber fazer.

RAMIRES NO 4-2-3-1 DO DI MATTEO:

Vejo muitos e muitos torcedores acreditando que o Mikel vá sair do time e que o Ramires vai ser o volante do Chelsea junto com o Lampard, mas para quem acha isso tenho um triste noticia: Essa possibilidade é até válida e pode ser colocada em prática, mas como vamos joga com wingers de mais qualidade técnica, habilidade e velocidade, vamos precisar mais do que nunca de volantes como Mikel, Essien e Romeu (volantes que conseguem marcar muito bem e rodar a bola no meio campo defensivo, de forma que o sistema defensivo não fique vulnerável). Portanto, apesar de entender que, essa possibilidade exista eu não acredito nenhum pouco que o Ramires vá formar a dupla de volantes do Chelsea no 4-2-3-1 do Di Matteo e não somente! Sou fã, sou grato e admiro demais o futebol do Ramires, mas se ele não se cuidar, pode perder vaga no time, por que enfim temos wingers de qualidade que podem roubar essa sua posição conquistada pela direita.

Nesse video conseguimos ver que o  Ramires  também pode jogar de winger pela esquerda,o que aumenta as possibilidades do Di Matteo para coloca-lo entre os 11 inicias da equipe para a próxima temporda.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Kallil Carlos