Segundo a imprensa inglesa, Djilobodji pode sair já em janeiro

Djilobodji na chegadoa ao Chelsea (Foto: daylistar.com)
Djilobodji na chegada ao Chelsea (Foto: Twitter Oficial de Papy Djilobodji)

Após desperdiçar muito tempo no mercado de transferências atrás do zagueiro John Stones, o Chelsea assinou com Papy Djilobodji em um dos negócios mais bizarros da última janela de verão.

Apesar disso, o jogador, que não foi pedido por José Mourinho, jogou apenas um minuto de futebol na primeira equipe desde sua mudança por 3 milhões de libras e foi deixado de fora da lista da Liga dos Campeões por José Mourinho.

Confira também: talkSPORT: Chelsea estaria interessado na contratação de Wesley Sneijder

Segundo periódicos como o Daily Mail, o Besiktas estaria interessado em resgatar o jogador do pesadelo que vive atualmente em Stamford Bridge. O atleta da Seleção Senegalesa já teria, inclusive, concordado com os termos pessoas com o clube turco e estaria preparado para sair em janeiro.

Quando da chegada de Papy ao Chelsea, Mourinho falou o seguinte:

“Foi a escolha de alguém em que eu confio completamente. É o mesmo de ter sido uma escolha minha.

Eu não conheço todos os jogadores.

Meu trabalho não me permite viajar e não me permite passar horas e horas assistindo jogadores.

E em alguns momentos do mercado tenho de confiar em outras pessoas.

Nesse caso, eu confio porque a mesma pessoa que disse Djilobodji poderia ser um bom jogador para nós era a mesma pessoa que disse (Kurt) Zouma poderia ser um jogador fantástico para nós.”

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Francisco Moita