Hudson-Odoi pode ser cedido à Atalanta em negócio por Lukaku (foto: Matthew Ashton - AMA/Getty Images)

Para ter Lukaku, Chelsea promete enviar Abraham à Itália

O Chelsea está prestes a formular sua terceira proposta oficial pelo centroavante Romelu Lukaku, da Internazionale. De pronto, uma das opções levantadas pela diretoria envolve Tammy Abraham como “moeda de troca” inusitada com um terceiro time.

Isso porque, restando poucos dias para começar a Lega Serie A, o belga alvo do Chelsea precisará ser substituído no atual time. Em síntese, tudo indica que o Chelsea investirá 120M de libras à Inter e cederá Abraham para a Atalanta.

Desta forma, Marina Granovskaia esboça uma das maiores articulações dos Blues nas últimas temporadas. Ademais, essa movimentação ocorre após as recusas de 80M de libras mais Marcos Alonso e outra de 100M de libras por Lukaku.

Após a passagem pelo Chelsea, Lukaku passou por diversos clubes. Primeiramente, WBA e Everton. Posteriormente, Manchester United e Inter.
Lukaku pode estar voltando ao Chelsea e CHO possivelmente seguirá à Itália (Foto: PA Wire)

Abraham cedido beneficia envolvidos

Ciente de que não terá tanto espaço com Thomas Tuchel, Abraham é vinculado a alguns novos clubes nesta temporada. Nesse ínterim, a Atalanta pode ser o futuro, pois sem Lukaku, a Internazionale considera apostar em Duván Zapata, justamente do I Nerazzurri.

Segundo o portal 90min, Lukaku pressionará pela saída da Inter. Assim sendo, Abraham teria o passe facilitado para ambas equipes saírem no lucro. Entretanto, a saída do atacante do Chelsea não deve ser fácil. Em suma, os Blues pedem cerca de 40 milhões de libras. Seu salário também é considerado elevado (57 mil libras por semana).

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Gabriel de Oliveira

Jornalista, natural do Rio de Janeiro, possuo 23 anos de idade e bagagens pelas editorias de futebol nos sites Vavel Brasil, Ludopédio e Esfera Esportiva. Também integrei a equipe de editores da página Bate-Bola Inglês no Facebook e sou autor de dois livros: A importância das mídias alternativas no jornalismo moderno e Vizinhos Distintos: o caos no Haiti e o paraíso dominicano.