Mirror: Aston Villa teria interesse em Loïc Rémy para se livrar do rebaixamento

(Foto: Sky Sports)
Na atual temporada Remy tem três gols em 243 minutos em campo. Média de um gol a cada 81 minutos (Foto: Sky Sports)

O treinador do Aston Villa, Rémi Garde, estaria tentando convencer seu compatriota francês Loïc Rémy a se juntar à sua equipe por empréstimo até o final da temporada. O objetivo do treinador seria aumentar o poder de fogo do Villa na segunda metade da Premier League, já que o ataque tem sido um dos principais problemas da equipe, que atualmente é a última colocada da competição com oito pontos em 19 partidas, 11 abaixo do Swansea, primeiro fora da zona de rebaixamento.

Rémy, de 28 anos, tem lutado para conseguir atuar regularmente no Chelsea desde que foi contratado por  8.5 milhões de libras junto ao QPR em junho de 2014, apesar de ter sido o atacante com melhor média de gols por minuto do Chelsea na temporada passada. Segundo a imprensa inglesa, Garde estaria ansioso para fortalecer sua força de ataque assim que a janela de transferências se abrir e Rémy seria a prioridade do clube de Birmingham.

Rémy, assim como Garde, começou sua carreira no Lyon e agora o treinador estaria tentando usar sua familiaridade com o atacante para atraí-lo para seu clube. Garde ofereceria à Rémy uma troca entre a reserva permanente em Stamford Bridge e a titularidade regular nos Villans na temporada.

Outro dois fatores podem motivar a negociação, sendo um deles o próprio interesse do jogador em deixar os Blues, o que supostamente o atleta já teria deixado claro à diretoria azul. O outro seria o possível retorno de Patrick Bamford à Stamford Bridge. A joia da base do Chelsea já afirmou o rompimento de seu empréstimo com o Crystal Palace, mas não se sabe se o jovem permanecerá com o elenco azul até o fim da temporada ou se será novamente emprestado.

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Márcio Canedo