Cinco possíveis cenários sobre a “novela Hazard”

Não é surpresa para ninguém que Hazard é o principal jogador do Chelsea e aquele que ainda faz brilhar os olhos dos torcedores ao vê-lo jogar. Seu futuro nos Blues é incerto, apesar de sua saída ser já ser cravada por muitos. Ainda há muitos cenários possíveis para o desfecho dessa novela, e vamos falar um pouquinho sobre cada um deles.

Saída de Hazard e proibição nas próximas janela de transferências

Para abrir essa sequência, nada mais justo que o cenário mais provável. Hazard vive seus melhores dias em Londres, e há quem diga que toda sua performance nessa temporada é para mostrar ao Real Madrid que ele está mais do que pronto para assumir o peso de ser o protagonista dos merengues.

Com a volta de Zidane – maior ídolo de Hazard – ao comando do Real, as possibilidades de sua saída aumentaram ainda mais. O grande problema é que o Chelsea ainda está punido pela FIFA e não pode contratar novos jogadores por 1 ano. A perda de sua principal peça e a falta de reposição são os grandes impactos do cenário mais provável e temido pelo torcedor azul.

Proibição mantida e saída de Hazard apenas ao fim do contrato

Um situação que o Chelsea pode considerar é manter o jogador no elenco e permitir sua saída de graça ao fim de contrato. É óbvio que em termos financeiros, talvez fosse uma perda que o clube não está afim de considerar, mas há outros pontos também.

Hazard sempre deixou claro que se ficasse no Chelsea, seria feliz. Afinal, são anos no clube e diversos títulos, sendo um ídolo da torcida e tendo sua vida bem estabelecida em Londres. Profissionalmente, Eden pode buscar desafios que hoje o Chelsea não parece poder oferecer, mas ele sempre mostrou intenção em cumprir seu contrato com o clube.

Dito isto, caso a punição não seja revertida, os Blues podem frear a saída do jogador, caso seja de seu interesse permanecer um último ano e previamente assinando um pré-contrato com uma outra equipe. Isso faria com que o time tivesse um pouco mais de tempo para se reestruturar da sua punição, além de ainda figurar entre os melhores times com a permanência de seu principal jogador.

Levando em consideração que a saída faltando apenas um ano para o fim de contrato já não deva render os milhões que o Belga merece, o clube pode considerar abrir mão desse dinheiro em prol de manter um alto nível técnico, já que saída sem reposição deve causar grande impacto neste aspecto.

Renovação de contrato e punição na janela

Se assemelhando bastante ao caso anterior, este cenário apresenta um sonho para qualquer torcedor: a renovação de contrato de Hazard. Como citado anteriormente, há vários fatores que podem influenciar o belga a ficar nos Blues, visto que essa não é a única vez que sua saída é cogitada ou dada como certa pela imprensa.

No entanto, hoje Hazard está no seu auge, e se não é colocado na prateleira dos três melhores do mundo, a única razão é que o Chelsea não oferece essa vitrine ao belga, visto que o time está fora da principal competição de clubes Europeia e não é aspirante ao título do maior campeonato do mundo.

Com a volta do time a UEFA Champions League, a manutenção do treinador e consequentemente identidade de equipe, o belga pode abraçar esse projeto que começou ainda nesse ano e ficar nos azuis de Londres, já que sua participação é de extrema importância, além de não haver hoje uma reposição à altura disponível no mercado.

Punição revertida e venda do jogador

Um outro cenário bastante provável nesse meio é que o Chelsea tenha a sua punição revertida e consequentemente venda o belga, já que vai poder correr atrás de uma reposição, que é a grande preocupação que rodeia a negociação da principal estrela dos Blues.

Com a punição revertida, é provável que tanto o clube, quanto o jogador se sintam confortáveis em seguir adiante com a negociação de venda, já que esse cenário não prejudica ambas as partes, além de aumentar ainda mais o assédio do Real, que pode tentar envolver jogadores nessa negociação, algo que pode não ser possível caso a proibição seja mantida.

Renovação de contrato e proibição revertida

Talvez o mais improvável e também aquele que o torcedor mais almeje, a renovação com a belga e a possibilidade de ser reforçar são o grande sonho do torcedor azul. Essa possibilidade faz com o que Chelsea possa tocar o seu projeto que começou com Sarri, ou ainda iniciar um novo caso o treinador deixe o clube. É claro que a preferência deva ser a manutenção do treinador e de seu projeto.

Com uma primeira temporada de altos e baixos mas com uma boa reta final até então, a permanência de Hazard e a chegada de peças pontuais para preencher as lacunas dos principais problemas dos Blues – que já deve ter sido identificado pelo treinador – podem colocar o Chelsea novamente num patamar acima do que se encontra hoje.

Isso pode fazer com que o belga abrace a ideia assine sua renovação, visto que o próprio Hazard já deixou claro que sente que poderia ter oferecido mais em suas participações na UCL pelos Blues e corra atrás de seu principal objetivo profissional além de satisfazer seu desejo de retribuir ao Chelsea toda a confiança depositada em seu futebol.

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Túlio Henrique