Terceiro Tempo: Notícias positivas para equipes do Chelsea

Terceiro Tempo: Notícias positivas das equipes do Chelsea

Iniciamos o Terceiro Tempo relembrando que já são nove jogos sem derrotas na Premier League. 13 jogos sem derrotas desde a eliminação nos pênaltis contra o Tottenham. Além disso, se você contar exclusivamente o tempo regulamentar dos embates, são 16 jogos sem reveses no calendário 2020/21. Esses são os atuais números do Chelsea comandando por Frank Lampard. A equipe briga pela ponta da Premier League. Por outro lado, o plantel já assegurou o primeiro posto do Grupo E na UEFA Champions League. Um momento bom, de obtenção de resultados contra equipes difíceis – Sevilla e Leeds United, por exemplo. Ou seja, o time do Chelsea desfruta de um momento positivo e de respostas positivas dos próprios integrantes.

Primeiro Tempo: Lampard rodando o elenco

Frank Lampard deve testar novos integrantes na formação inicial do Chelsea. Por isso, Billy Gilmour entrará em campo contra Krasnodar.
Frank Lampard deve testar novos integrantes na formação inicial do Chelsea. Por isso, Billy Gilmour entrará em campo contra Krasnodar. (Chelsea FC / Site)

Assim sendo, a equipe segue para o último desafio na fase de grupos da UEFA Champions League. Um duelo em Stamford Bridge, contra o Krasnodar, pela sexta rodada da competição europeia. Sabemos que vale a atual invencibilidade em todas as competições. Por outro lado, o jogo ganha importância na questão das novas peças e rodagem do elenco. Frank Lampard confirmou o retorno de Billy Gilmour e Kepa para o compromisso de UEFA Champions League. Inclusive, coube ao jovem Gilmour expor suas considerações quanto ao jogo frente ao clube russo.

“Você pode ver que bons jogadores chegaram ao time em no sentido de ofensividade, estamos indo muito bem com os gols que estamos marcando. Por isso, estou ansioso para voltar ao time e jogar novamente. […] Há muita competição para as vagas do time. É difícil de conseguir entrar no plantel inicial e nós temos que ir para vencer nesse jogo. Chelsea é um grande time e todos conhecem essa situação. Temos um grande jogo amanhã e vamos com a mentalidade certa para esse jogo”, disse o atleta na entrevista coletiva.

Veja também: Lupa Tática sobre Mason Mount e Kai Havertz

Por fim, Chelsea e Krasnodar se enfrentam na terça-feira (8), às 17h (horário de Brasília), em Stamford Bridge. O jogo da 6ª rodada da competição europeia será transmitido pelo canal Space. Além disso, o Chelsea Brasil, através do Twitter, realizará o Tempo Real do embate na competição europeia. Por outro lado, o próximo embate na Premier Lague será contra o Everton, em Liverpool, no próximo dia 12 de dezembro.

Segundo Tempo: Chelsea vence West Ham na Women’s Super League

Sam Kerr marcou os três gols na vitória contra o West Ham. Por outro lado, o foco do Chelsea está na UWCL.
Sam Kerr marcou os três gols na vitória contra o West Ham. Por outro lado, o atual foco do Chelsea está na UWCL. (Chelsea FC / Site)

Muitos destaques no jogo do Chelsea. Primeiramente, a vitória por 3 a 2 no retorno gradual de público em Kingsmeadow. Posteriormente, vale destacar os três gols de Sam Kerr na partida. Por fim, a menção honrosa para Ji So-yun que chegou a importante marca de 100 jogos na Barclays FA WSL. A primeira atleta, nascida fora do Reino Unido, que atinge essa marca na competição nacional.

Além disso, Ji participou diretamente no primeiro gol do Chelsea. Ela foi a responsável pela recuperação de bola, no campo defensivo do West Ham. Por fim, a bola chegou em Fran Kirby que cruzou para Kerr, dentro da área, abrir o marcador. No terceiro gol, Ji participou de uma triangulação com Kirby e Kerr para o terceiro gol da atleta australiana.

Com esse resultado, o Chelsea soma 17 pontos em sete jogos. Um jogo a menos que o líder Manchester United, que tem 20 pontos, e o Arsenal, que tem 19 pontos somados.  O próximo duelo da equipe de Londres será contra o Brighton & Hove Albion. O embate está agendado para dia 13 de dezembro, às 11h (Brasília), Broadfield Stadium, em Crawley.

Mas antes…

Chelsea e Benfica se enfrentam na UEFA Women’s Champions League 2020/21.O primeiro jogo será em Portugal e o segundo compromisso será na Inglaterra. Em terras lusitanas, as equipes se enfrentam no dia 9 de dezembro, ao meio-dia (horário de Brasília), no Caixa Futebol Campus, em Seixal. Por outro lado, o segundo jogo será realizado em Kingsmeadow, dia 16 de dezembro, às 16h (Brasília), em Londres.

Veja também: Chelsea vence West Ham na Women’s Super League.

“Sabemos que é uma incógnita e a equipe do Benfica tem uma grande história no futebol masculino. Por isso, há muito entusiasmo para esse duelo. Pelo que vimos até agora, é uma equipe bem organizada e boa no contra-ataque. Elas têm atletas muito técnicas e uma combinação do futebol português e brasileiro. Ou seja, elas permanecem bem com a bola. Acho que será diferente do que estamos habituadas a enfrentar semanalmente”, disse Emma Hayes.

Por fim, vamos relembrar um outro feito do Chelsea Women. Já são 28 jogos sem derrotas da Women’s Super League. 28 jogos consecutivos sem derrotas para a equipe de Emma Hayes. Entretanto, neste momento, o foco é na UEFA Women’s Champions League 2020/21.

Terceiro Tempo: Chelsea vence Leicester na base

Myles Peart-Harris fez um dos gols do Chelsea na vitória contra o Leicester. Assim sendo, o time de Londres continua a perseguição ao Manchester City.
Myles Peart-Harris fez um dos gols do Chelsea na vitória contra o Leicester. Assim sendo, o time de Londres continua a perseguição ao Manchester City. (Chelsea FC / SIte)

Enquanto isso, na Premier League 2, o Chelsea venceu o Leicester por 2 a 1. Os gols do Chelsea foram marcados por Myles Peart-Harris e Henry Lawrence. Por ouro lado, Admiral Muskwe descontou para os visitantes. Com o resultado, a equipe de Londres chega aos 16 pontos em nove duelos disputados. Um ponto a menos que o Manchester City, líder da Division One. O próximo duelo do Chelsea será contra o Tottenham, dia 14 de dezembro, às 16h (horário de Brasília), em Kingsmeadow.

Ficha técnica

Chelsea: Lucas Bergstrom; Dynel Simeu (c), Sam McClelland, Levi Colwill; Tino Livramento, Pierre Ekwah-Elimby (Thierno Ballo 74), Lewis Bate, Henry Lawrence; Tino Anjorin, Myles Peart-Harris; Charlie Brown (Bryan Fiabema 68)
Cartão amarelo: Sami Tlemcani, Dion Rankine, George Nunn
Gol: Peart-Harris 41, Lawrence 88

Leicester: Jakub Stolarcztk, Adam Leathers, Darragh O’Connor (Ah Reghba 84), Ben Nelson, Callum Wright (Jake Wakeling), Callum Hume, Khanya Leshabela, Layton Ndukwu (Kasey McAteer 65), Shane Flynn, Admiral Muskwe, Demari Gray
Reservas: Thanawat Suengchittawon, Chituru Odunze
Cartão amarelo: Hume 65
Gol: Muskwe 53

Em conclusão, veja outros textos do Terceiro Tempo, conteúdo especial de segunda-feira do Chelsea Brasil.

Category: Conteúdos Especiais

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.